Arquivo da tag: soraya abuchaim

(Conto) Pacto de Morte – Soraya Abuchaim

Olá Corujinhas. Continuando nosso especial de contos de terror para o Halloween, o eleito de hoje é para arrepiar até o último fio de cabelo. Em uma narrativa implacável, Soraya Abuchaim vai nos levar à questionar quem somos tanto em tempo presente como no passado.

WhatsApp Image 2018-02-25 at 17.47.17.jpeg

Lançado originalmente em 2017 na antologia irlandesa, Gruesome Grotesques Volume 2: Vampires, Werewolves and other Beautiful Monsters, o conto de Soraya Abuchaim nos apresenta a duas personagens marcantes. Deborah e Laila. Deborah acabou de se mudar para um casarão herdado do tio. Durante as noites, uma entidade toma seu corpo assumindo a forma de uma mulher sensual à fim de caçar homens e ter seus prazeres sanados. Deborah não faz ideia disto, pois não tem ideia nenhuma do que faz quando está possuída.

Abuchaim traz uma história traçada no comum, mas absorta de peculiaridades. Com elementos de possessão, assombração e entidades, a visão se torna única quando entendemos a entidade. O passado lhe deixou marcas profundas que não somente lhe acompanharam em outra vida, mas que desperta no leitor um tipo especial de empatia. Você consegue perceber o que está errado e ao mesmo tempo dá razão a entidade.

Deborah é uma personagem diferente do que podemos esperar. Pintora, não se trata de uma mulher solitária ou amarga. Mas uma pessoa comum capaz de sentir as necessidades da entidade, bem como as suas. Talvez o fato de ser uma artista lhe ajude nisso, pois se torna tão expressiva quanto os quadros que pinta.

Pacto de Morte é um conto horrorizador, que provoca o leitor a questionar os caminhos que a sociedade tomou e continua tomando. Vivemos em uma era onde nós mulheres somos rechaçadas pelas conquistas. Basta olhar em volta e perceber quem está no topo e os comentários relacionados à isso. Soraya Abuchaim ousou ao entregar a nós verdades que parecemos mutilados em tentar esconder.

 

(Conto) O Vizinho Suspeito – Soraya Abuchaim

Olá Corujinhas. Dando continuidade as nossas resenhas especiais de contos do terror, hoje vou sair da temática medo e entrar no fundo psicológico do suspense. Em O Vizinho do Suspense, Soraya Abuchaim apresenta a projeção no outro.

Título: O Vizinho Suspeito Autora: Soraya Abuchaim Páginas: 06 Ano: 2015 Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐

81PDqGlwSAL._SL1500_.jpgRoger vive com sua amada esposa e na casa ao lado mora um beato. Todos os dias, Roger sai para trabalhar e observa as atitudes do beato em os olhares que parece lançar à sua mulher. Cansado disso, Roger sente que cada vez mais pode chegar à atos inimagináveis com o vizinho. Mas será mesmo que o beato é isso tudo?

Da primeira vez que vi conto de Soraya Abuchaim, eu criei para ele uma história que na verdade não existe. Então vocês devem imaginar minha surpresa a cada virada de suas poucas páginas. Soraya escreveu um conto sem por-menores realizado dentro da psicologia.

Para os psicólogos, o homem coloca em outros o que não gosta em si mesmo. Quando comecei o Vizinho Suspeito, não fazia ideia de como iria acabar, mas agora tenho certeza que não poderia ter sido mais promissor. Soraya carrega sua narrativa de pequenos significados perceptíveis a luz do emocional. Somos doentes por amor, lesionados por inveja e incapacitados de piedade. Assim, a autora descarrega um mar de emoções criado para nos fazer pensar.

O Vizinho Suspeito é uma leitura única. Dotado de reflexões, ainda nos traz um suspense de tirar o fôlego sobre perceber a si mesmo ou acreditar nas mentiras contadas à nós.

 

(Conto) Bibliopegia Antropodérmica – Soraya Abuchaim.

Olá Corujinhas. Preparadas para o terror? Na continuidade dos posts de terror com contos da autora Soraya Abuchaim, trago-lhes um exemplar do medo e do terror nas paredes escuras do centro psiquiátrico, onde um homem se aproveita da fragilidade e inocência para cometer o mais terrível ato.

Titulo: Bibliopegia Antropodérmica Autora: Soraya Abuchaim Paginas:  Ano: 2018 Avaliação: ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐

ap1.jpgAntes de mais nada, minha primeira sugestão é que você não procure o significado do título pois tirará um pouco da grande surpresa que envolve esse enredo. Por também não me alongarei muito com a descrição do conto que é pequeno e merece ser lido com todas suas surpresas.

O conto é ambientado em uma cidade pequena afastada das metrópoles. Lá funciona um hospital psiquiátrico. Em um a atmosfera já eleita para causar pânico, o Dr. Lamarca – médico responsável pelo sanátorio – é o foco central da narrativa ao deixar ultrapassar algumas barreiras morais e as regras de poder que envolvem sua profissão.

Não acredito que era o motivo principal da autora levantar questionamentos que saíam completamente da medicina e entrasse na práxis coletiva. Mas, até mesmo pelo momento atual do Brasil, resinifiquei seus questionamentos a política e aos posicionamentos do brasileiro como sociedade. Pois mesmo que ambas as coisas pareçam distantes, estas envolvem as mesmas coisas. Veja bem, são situações de poder que dão margem ao cometimento de crimes hediondos. Com o discurso de ódio que temos hoje e o poder democrático sendo cada dia mais ameaçado, eu li esse conto com o coração cheio de pesares. O medo está se tornando mais forte, o coletivo se acabando e as escolhas perdidas. Exatamente como é abordado nessas páginas.

Eu indico a leitura de Bibliopegia Antropodérmica, presente na antologia Insanidade, não somente pelo terror que envolve o livro, mas também e principalmente pelas questões que ele traz. Cada um de nós enxerga o mundo a sua maneira, mas não devemos colocar nossos preceitos individuais acima do bem da sociedade. No caso do conto, nossas experiências acima da vida.

a434516b0e00d0b2156319c80d58d3efSobre a antologia Insanidade:

A antologia INSANIDADE organizada pela Dark Queen Soraya Abuchaim e com prefácio de Cesar Bravo reúne inumeros contos assombrosos cheios de medo e sangue. As portas estão abertas, tem coragem de entrar em Santa Dimpna? Década de 1950. Em uma cidade esquecida no interior do Acre, norte do Brasil, há um sanatório centenário que trata pacientes portadores das mais diversas doenças mentais. Em meio à construção de pedras cinzentas e geladas, sob o sol inclemente de um verão quente e eterno, escondem-se segredos capazes de assombrar as noites mais tranquilas. Quartos transformados em celas, salas escondidas, laboratórios secretos, experimentos em humanos. O que acontece atrás daquelas paredes? Quem são os “doentes”? Quais suas histórias? Médicos impiedosos, enfermeiras maléficas, gritos que cortam a noite escura. Bem vindo ao sanatório Santa Dimpna.

( Contos ) Maligna – Soraya Abuchaim

Oii queridos. Claro que nesse mês de terror não poderíamos ficar de fora quando temos nada mais nada menos que a Rainha Dark Soraya Abuchaim como parceira. Por isso, a partir de hoje e durante as próximas quartas-feiras até o 31 de outubro, saíram para vocês resenhas dos contos selecionados desta tenebrosa escritora. O primeiro, não poderia ser mais assustador.

Título: Maligna Autora: Soraya Abuchaim Ano: 2018 Páginas: 10
Avaliação: ⭐⭐⭐⭐⭐

1-maligna-conto-de-soraya-abuchaim1Sinopse: Uma possessão, uma criança, o despertar do terror. Adélia ama sua filha Laura e faria de tudo para protege-la. Mas quando mortes estranhas começam a acontecer  em uma trilha de acasos que parece seguir Laura como uma sombra, Adélia começa a se perguntar porque os acidentes e mortes só acontecem quando a pequena está por perto. Em um enredo abrasador, Soraya Abuchaim coloca em cheque a perversidade escondida em uma criança e o que uma mãe é capaz de fazer para proteger seus segredos.

Quem me conhece sabe o quanto eu amo as histórias da Soraya Abuchaim. Muito embora terror não seja um dos meus gêneros favoritos, o suspense é e a autora sempre o coloca em suas páginas. Com uma narrativa fluída e densa como sangue, Soraya até mesmo nas menores histórias consegue nos deixar reflexivos e sedentos por muito mais.

O grande trunfo de Maligna são os personagens. Pois, muito embora o enredo não seja do mais originais (se você já viu a Orfã ou leu Menina Má pode notar certo grau de intertextualidade), as personagens principais dão o charme a mais que narrativa pede ao exemplificarem dois conceitos cruciais na sociedade mas completamente intocáveis, no sentido de serem reais mais impensáveis como verdades.

Adélia representa a mãe cega que não consegue enxergar a verdade sobre a filha. Ela é carismática e tem um discurso convincente de amor acima de qualquer suspeita. O que toda mãe deve fazer, mas claro sem tapar o sol com a peneira e sim repreender e entender as consequências dos atos de quem estamos criando para o mundo. Já Laura é a representação pura do lobo em pele de cordeiro. Somos trajados a acreditar nela, mesmo que tudo nos diga ao contrário. Através de Laura, Soraya nos mostra a perversidade que se esconde na doçura  e na inocência. O perigo de confiar nas aparências.

Maligna é uma história curta que tem muito a dizer. Se fosse elencar todas as possibilidades de discussão que esse conto tem a oferecer. Apenas posso dizer que para nosso mês das trevas, é uma dica sensacional para quem precisa enxergar além do que as aparências podem nos mostrar.

(Especial) Playlist para os Personagens

Oii Corujinhas. Na parte dois do especial musical sobre os livros da Soraya Abuchaim hoje vou relacionar diferentes composições com os perfis dos personagens que marcam os livros Até Eu Te Possuir e A Vila dos Pecados. Escolhi músicas entre nacionais e internacionais que acredito que mais batem com as personalidades. Espero que cada uma inspire vocês a lerem mais e mais da nossa amada Dark Queen.

Vamos começar??

╔═══════ ≪ °❈° ≫ ═══════╗
Até Eu Te Possuir
╚═══════ ≪ °❈° ≫ ═══════╝

ate eu te possuirAté Eu Te Possuir  conta a história de Johanna Dorne, uma mulher solitária, confusa e inclinada a autocomiseração, que não consegue manter contato com ninguém. Até conhecer Michel Brum, um homem charmoso e misterioso que a resgata de sua vida patética, devolvendo-lhe a felicidade há tanto perdida, mas com um preço que Johanna não sabe se esta disposta a pagar.

1. Johanna Dorne: Til It Happens To You – Lady Gaga.

Você me diz para manter a cabeça erguida
Levante a cabeça e seja forte
Depois que você cai, você deve se reerguer
Você deve se reerguer e seguir em frente
Diga-me como diabos você poderia falar, como você poderia falar?
Não até você estar onde estive
Isso não é brincadeira

2. Michel Brum: Love The Way You Lie – Eminen ft Rhianna

“Eu vou apontar meu punho
Pra parede
Da próxima vez
Não haverá próxima vez
Peço desculpas
Embora eu saiba que é mentira
Estou cansado dos jogos
Eu só quero ela de volta
Eu sei que sou um mentiroso
Mas, porra, se ela tentar ir embora de novo
Eu vou amarrá-la na cama
E tocar fogo na casa”

╔═══════ ≪ °❈° ≫ ═══════╗
A Vila dos Pecados
╚═══════ ≪ °❈° ≫ ═══════╝

a vila dos pecadosJá o livro A Vila dos Pecados conta a história de uma vila inóspita, que vive à margem da civilização e que tem as suas próprias e estranhas leis. Quando o padre Alfonso Anes, um exemplo vivo de amor e resignação, chega à vila para substituir o seu antecessor, depara-se com segredos que o farão duvidar da própria sanidade, e uma onda de mortes trará o caos para aquele lugar ermo.

3. Padre AlfonsoFé Inabalável – Cacife Clandestino.

Eu já não temo a noite escura
Minha força vem do trono do eterno
Poder e luz bênção e curas
Em seu nome eu tenho e não me desespero.

4. Padre Bento: The Next Day – David Bowie

Ignorando a dor de suas doenças específicas
Eles perseguem-no pelas ruas, perseguem seus passos
Eles arrastam-no pelo lodo e cantam pela sua morte
E arrastam-no para os pés do padre de cabeça roxa

5. Dr. Pina: Liar – Megadeth.

Crie suas estórias, já que a verdade é tao difícil de ser dita
Seu cérebro está entorpecido e sua língua obviamente irá cavar sua sepultura
Sua mente está doente pela doença de Alzheimer
E sua decadência e seu deboche destruiram suas memórias

6. Marta: Angels  – Robbie Williams

“E através disso tudo ela me oferece proteção
Muito amor e afeição
Esteja eu certo ou errado
E debaixo da cachoeira
Onde quer que isso possa me levar
Eu sei que a vida não me arruinará
Quando eu vier chamar
}Ela não me abandonará
Estou amando anjos em vez disso

7. Mirtes: Secret – One Republic

“Preciso de outra história
Algo que saia do meu peito
Minha vida está entediante
Preciso de algo que eu possa confessar”

8. Gertrudes: Web Of Lies – Arch Enemy.

Nunca serão os mesmos
Nós fomos muito distantes deste tempo
Nosso templo de falsos sonhos
Vem batendo abaixo…
Uma concha apodrecendo de agonizante confiança
Nós compartilhamos este inferno a qualquer preço.”

9. Teresa: Carmen – Lana Del Rey

Querida, querida
Não há problema
Mentindo para si mesma
Porque seu licor é de primeira
É alarmante, honestamente
O quão encantadora ela pode ser
Enganando a todos
Dizendo que está se divertindo.”

10. Gustavo: Loosing My Religion – REM

“Aquele sou eu no canto
Aquele sou eu no centro das atenções
Perdendo minha religião
Tentando me manter com você
E eu não sei se eu consigo fazer isso
Oh, não, eu falei demais
Eu não disse o suficiente”

═══════ ≪ °❈° ≫ ═══════

Então é isso Corujinhas, espero que tenham gostado da minha seleção de músicas e se desejarem, indiquem músicas para mim também. Vou amar saber o gosto de vocês.

Beijos.

(Especial) Músicas Indicadas Por Soraya Abuchaim

Oii amores. Esse é o primeiro de dois especiais que vão rolar hoje aqui no blog com indicações de músicas para vocês ouvirem enquanto leem os livros da maravilhosíssima Soraya Abuchaim. Para tanto, as escolhidas pela autora são suas queridinhas e devo admitir que fiquei impressionada pelo bom gosto da autora. São músicas cheias de nuances que alternam entre o mais grave e o mais deixando o clima tenso. Foram dez eleitas e espero que gostem das escolhidas.

1. Would – Alice in Chains

2. I am mine – Pearl Jam 

3. Black – Pearl Jam 

4. The sound of silence – Disturbed

5. Toxicity – System of a Down

6. The Kill – Thirty Seconds to Mars

7. Paradise – Within Temptation 

8. The eagles flies alone – Arch Enemy

9. Tainted Love – Softcell

10. Zombies – Lacuna Coil

 

 

Então é isso amores, sei que o post de hoje foi curtinho, mas ele está bem mais para inspiracional. Inspirem em cada uma dessas músicas para escrever ou para ler. Semana que vem vou indicar músicas baseadas nas personalidades dos personagens da Soraya Abuchaim. Espero que tenham curtido.

Beijos.

| ANATOMIA LITERÁRIA | Capa e curiosidades sobre A Vila dos Pecados.

Oii gente. Tudo bom com vocês? Hoje é dia de mais um Anatomia Literária e se você quiser ver os posts anteriores basta clicar na aba de mesmo nome procurando aqui ao lado na categoria “Bloguices”. Como é mês de Halloween e estou nessas postagens mais trevosas, nada mais justo que fazer um post relacionado a autora brasileira, Soraya Abuchaim, mais conhecida como Dark Queen que têm ganhado leitores com suas histórias sombrias e de muito mistério. Como também sou apaixonada pelas capas de suas obras, o Anatomia Literária de hoje será sobre A Vila dos Pecados, lançamento 2017 da editora coerência.

Vamos começar??

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••
A CAPA
•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••
image

A capa de A Vila dos Pecados é uma das mais bonitas que tenho na estante. Além de bela por ser bem feita e planejada, a capa possui elementos simbólicos que trazem a tona alguns artifícios do livro em um primeiro momento. Como não falei com o capista, não tenho certeza se entendi os elementos da forma que deveria, mas como uma boa leitora ao a namorar a capa fiquei imaginando respostas sobre tudo que estava ali presente.

O livro possuí uma cor esverdeada mais morta que traz uma sensação de mistério maior à quem à vê. Além disso, o verde escolhido foi uma cor fria e juntamente com as folhagens representam uma floresta que envolve a vila dando a perspectiva de isolamento tão característica de Ponta Poente. O caminho que leva a vila, por sua vez, não é definido por uma estrada remontando a sensação de que é proibido. O caminho esta manchado de sangue que cresce gradualmente a medida que vai se aproximando do leitor, dando a impressão de que cada vez que você se aproxima de Ponta Poente à descobre e seus pecados se tornam mais evidentes. E por fim, mas não menos importante, a vila no centro é pequena, mas de certa forma inexpugnável. Tanto pela aparência de uma cidade rústica de pedras (que eu diria também ser uma alusão ao século XX que se passa a história) como também a forma comm que as casas estão posicionadas bem coladas dando uma aparência de muralha e reforçando assim, a ideia dos segredos e das alianças contra o padre Alfonso (e ao leitor) que existem dentro da vila.

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••
CURIOSIDADES.
•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••

🔸 A ideia inteira do livro surgiu porque Soraya Abuchaim queria escrever sobre uma vila, ambiente ao qual ela gosta bastante.

🔸 O processo de criação do livro começou com a ideia geral da obra e então partindo para uma esquematização dos capítulos. Mas a autora mudou no meio do caminho de ideia e brinca afirmando que ao finaliza-lo ele jánão tinha mais nada haver com a proposta original.

🔸 A autora colocou no livro alguns elementos relacionados ao clima pois acredita que ele compõe bem a história. Em A Vila dos Pecados sempre que o clima fica mais tenso, mais pesado o clima fica.

🔸 Os elementos importantes na trama são os segredos. Abuchaim disse que gosta de aprofundar sobre o que as pessoas escondem pois isso mexe com ela já que acredita que os seres humanos não são tudo que contam.

🔸 Nesse sentido, Soraya também acredita que o ponto central de seu livro não é o assassino mas sim os fatos que os levaram até ali e suas motivações.

🔸 Soraya Abuchaim disse em uma entrevista (a este blog hehe), que o pecado é relativo. O que pode ser pecado para um, não necessariamente será para outro. De certa forma, cada um sabe o que é ou não proibido.

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••

Bem gente, esse foi o Anatomia Literária de hoje e eu espero que tenham gostado. Em breve sairão novos posts especialmente para vocês. Beijos.

| NOTÍCIAS | Nova Antologia de Contos da Soraya Abuchaim.

Oii genteee. Bom dia, tarde ou noite. Seja a hora que for que você esteja lendo essa postagem. Tenho uma super novidade para vocês e acredito que os escritores principalmente vão amar: A Soraya Abuchaim está coordenando uma antologia de terror chamada INSANIDADE em parceria com a Editora Skull.

image

SINOPSE: “Década de 1950. Em uma cidade esquecida no interior do Acre, norte do Brasil, há um sanatório centenário que trata pacientes portadores das mais diversas doenças mentais.
Em meio à construção de pedras cinzentas e geladas, sob o sol inclemente de um verão quente e eterno, escondem-se segredos capazes de assombrar as noites mais tranquilas.
Quartos transformados em celas, salas escondidas, laboratórios secretos, experimentos em humanos.
O que acontece atrás daquelas paredes? Quem são os “doentes”? Quais suas histórias?
Médicos impiedosos, enfermeiras maléficas, gritos que cortam a noite escura. Bem vindo ao sanatório Santa Dimpna.”

───※ ·❆· ※───

Os contos a serem publicados devem seguir o gênero suspense e terror. Serão 20 contos escolhidos onde estes devem ser feitos sob a perspectiva de um médico ou de um paciente dentro do sanatório: mas o autor pode usar dos elementos que quiser para dar vida a história como tempo e locações (salas, quartos). Cada conto deve ter no máximo DEZ MIL CARACTERE e deverão ser encaminhados ao email skulleditora@gmail.com da Editora Skull com uma cópia para o email da autora organizadora soraya.abuchaim@gmail.com, Soraya Abuchaim. Ainda teremos a brilhante participação de dois nomes da nova literatura de terror nacional Glau Kemp e Jhefferson Passos.

───※ ·❆· ※───

DETALHES DE PRAZO E PUBLICAÇÃO.

• O prazo de inscrição é de 18/07/2017 até 15/08/2017.
• Serão aceitos contos de maiores de 18 anos.
• Para as despesas de publicação, o autor selecionado terá um custo de R$ 120,00, e terá direito a cinco exemplares + brinde da editora.
• A publicação dos livros esta prevista para setembro ou outubro.

image

Então gente, todos vocês que sonham em ter obras publicadas e que querem que o Brasil conheça seu trabalho não perca essa oportunidade. Vai ser uma antologia e tanto. Vocês poderiam explorar desde o mais profundo pensamento humano até a realidade das coisas. A natureza está às suas mãos. Não perca.

PARA MAIS INFORMAÇÕES: EDITORA SKULL

| RESENHA | A Vila dos Pecados – Soraya Abuchaim.

Olá pessoa que esta lendo esta matéria, como vai? Hoje é dia de resenha aqui no blog do livro maravilhoso da Soraya Abuchaim que foi lançado ontem e que fez o maior sucesso. E gentilmente ela cedeu um desses exemplares ao blog e eu li no início dessa semana.

Título: A Vila dos Pecados.
Autora: Soraya Abuchaim
Editora: Coerência.
Ano: 2017
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟
Onde comprar: Site da Autora

image

SINOPSE: Final do século XIX. Enquanto o mundo passa por transformações importantes, existe uma vila inóspita, que vive à margem da civilização e que tem as suas próprias e estranhas leis. Lendas escuras a rondam e histórias macabras sobre Ponta Poente povoam o imaginário popular. Quando o padre Alfonso Anes, um exemplo vivo de amor e resignação, chega à vila para substituir o seu antecessor, depara-se com segredos que o farão duvidar da própria sanidade, e uma onda de mortes trará o caos para aquele lugar ermo. Quem estará a salvo? Serão estes segredos o fim de quem os esconde? O que esse universo tenebroso revelará para o mundo?

A Vila dos Pecados foi uma leitura cheia de emoções e que me deixou praricamente abobalhada com a natureza humana. Soraya Abuchaim conseguiu fazer com que meus sentimentos partissem da revolta e da paixão em diversos momentos, pois as características apresentadas por seus personagens durante o livro iam das mais odiosas as mais esperançosas. A psiquê humana foi incrivelmente bem detalhada, de modo que ficou verossímel as atitudes daquelas pessoas nas determinadas situações. E eu diria que um dos pontos que mais me impressionaram durante a leitura, foi o modo com o qual essas pessoas se desenvolveram durante o livro. Soraya demonstra em A Vila dos Pecados que nem todo mal é realmente feito apenas de coisas ruins. Assim como até as mais puras almas não são feitas apenas de bondade. Dentro da mente e do coração de cada ser humano existe a bondade e a maldade lutando entre si, e o que define quem nós somos é para qual lado vamos dar a medalha de campeão.

“Tudo se desenrola na escuridão, quando os justos e os honestos dormem. Ninguém é santo, não. Quem mais venerava o falecido era quem mais temia que seus segredos fossem descobertos.”

Em uma pequena comparação com o livro anterior Até Eu Te Possuir este teve uma evolução no quesito escrita, o que eu admito que fiquei absmada pois não achava possível. Mas na questão do detalhamento das emoções e das atitudes dos personagens, mesmo possuindo a plena consciência que são dois universos com histórias completamente diferentes, eu pude notar que as situações propostas pela autora saíram bastante do comum para a proposta da obra. No livro Ate Eu Te Possuir a situação comum de ciúmes e namoros foi um modo de enfatizar aquilo que Abuchaim proprunha no livro. Afinal de contas eram situações presentes naquele tipo de relação. Mas em A Vila dos Pecados houve uma exploração maior do extremo, onde cada situação criada, era um ápice dos sentimentos como se estes fossem elevados à milésima potência. Isso elevou o livro à um nova plataforma, onde o mistério se desenrolou com o drama e os sentimentos de medo, angústia, desejo e cumplicidade ganharam destaque.

“Ninguém chora as escondidas e lamenta o que passou se não viveu intensamente; mas tambem ninguém se recusa a comentar o passado se não tem algo à esconder.”

A única coisa que me deixou realmente apagada no decorrer da leitura, foi o fato de que o final, muito antes o meio do livro se tornou óbvio para mim. Eu sempre leio bastante livros de suspense. Além da ficção, esse é um dos meus gêneros favoritos. De modo, que quando você lê muitos livros de um mesmo gênero você acaba descobrindo certas lógicas que vão guiar ele. Na verdade é basicamente o esqueleto de um livro que irá definir o livro como pertencente de um gênero tal. Em A Vila do Pecados eu sabia que se tratava de um suspense e dessa maneira fui criando minhas suposições – todo mundo dá uma Sherlock Holmes nesse tipo de obra – com base no pré-determinado. E em dado momento, a sucessão de acontecimentos foram brotando quase como uma prova de que eu estava certa. Assim diminuiu o o ritmo da coisa e admito que fiquei com uma pontade de decepção quando fechei o livro e a teoria foi confirmada. Eu esperava um choque que infelizmente não veio. E vocês sabem meus amigo, suspenses precisam de um choque.

“É muito mais fácil ser conivente com o mal do que lutar contra ele.”

Contudo, livros para mim são somatório de coisas boas. E o livro da Soraya me deixou mais instigada que outra coisa. É uma leitura que realmente vale muito a pena. A autora nos convida a refletir sobre o que é realmente pecado, o que é errado, o que é certo, quais segredos nós escondemos e o que estamos dispostos para mantê-los assim. A Vila dos Pecados pergunta a cada um de nós se somos fiéis a nós mesmos ou reféns as situações e pessoas que nos cercam.

| SEMANAS ESPECIAIS | Livros da Maravilhosa Soraya Abuchaim

image

Oii gente. No penúltimo dia das divulgações do livro novo da Soraya Abuchaim vamos ver a lista de obras sensacionais da autora. Vou deixar o link da compra para vocês também.

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Livro: Até Eu Te Possuir – 2016
image

Johanna Dorne é uma mulher que perdeu todas as pessoas que amou. As tragédias de sua vida começaram com um acontecimento marcante quando ela tinha 13 anos.
Três décadas depois, ela se transformou em uma mulher solitária, confusa e inclinada à autocomiseração, que não consegue manter contato social com ninguém. Até conhecer Michel Brum, um homem charmoso e misterioso que a resgata de sua vida patética, devolvendo-lhe a felicidade há tanto tempo perdida. Só que Michel acaba mostrando que não é tão perfeito assim, e um segredo mortal jogará Johanna novamente em um abismo.

AMAZON

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Livro: A Vila dos Pecados – 2017.
image

Final do século XIX. Enquanto o mundo passa por transformações importantes, existe uma vila inóspita, que vive à margem da civilização e que tem as suas próprias e estranhas leis. Lendas escuras a rondam e histórias macabras sobre Ponta Poente povoam o imaginário popular. Quando o padre Alfonso Anes, um exemplo vivo de amor e resignação, chega à vila para substituir o seu antecessor, depara-se com segredos que o farão duvidar da própria sanidade, e uma onda de mortes trará o caos para aquele lugar ermo. Quem estará a salvo? Serão estes segredos o fim de quem os esconde? O que esse universo tenebroso revelará para o mundo?

EM BREVE

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Conto: Madrugada Macabra.
image

Marcondes leva uma vidinha pacata, cuidando de seu pequeno negócio, um chaveiro com atendimento 24hs. Em uma noite qualquer, seu sono é interrompido e ele é chamado para um atendimento emergencial. O que Marcondes não sabia é que estava prestes a viver uma madrugada macabra, que mudaria definitivamente o curso da sua vida.

AMAZON

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Conto: O Vizinho Suspeito
image

Quando se tem um vizinho com comportamento estranho, a vida nunca é tranquila. Qual segredo aquele beato carrega consigo? Seria ele capaz de acabar com a felicidade de Roger e sua esposa?

AMAZON

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Conto: Cotidiano

image

Karen levava uma vida normal e monótona. No fundo, ela só queria que seus dias fossem diferentes. Mas os desejos podem vir da pior forma possível.

AMAZON

—————~ஜ۩۞۩ஜ~—————

Conto: O Forasteiro

image

Quando uma mulher decide abrir a porta do seu mundo para um forasteiro, deve estar preparada para o que ele lhe oferecer – ou quiser levar embora.

AMAZON

ஜ۩۞۩ஜ ۩۞۩ ஜ۩۞۩ஜ

Em breve os detalhes do lançamento do novo livro da Soraya Abuchaim estará disponível aqui no blog. Não percam.

Beijos. Até.