Arquivo da tag: jogos vorazes

( TAG ) Little Mix Booktag

Oii Corujinhas. Hoje é dia de tag aqui no blog e esta eu vi no blog Leitura Por Excelência. Para quem não sabe, Little Mix é uma banda de quatro meninas e essa tag reuniu suas musicas para fazer desafios para o leitores. Como eu conheci a banda por agora (~le atrasada como sempre), achei bem legal responder a tag para vocês. Espero que gostem.

❦────── ❖ ── ✦ ── ❖ ────── ❦

O Rei Demonio01. Black Magic: Cite um livro que envolva magia, criaturas ou demais elementos sobrenaturais.

Minha leitura atual, O Rei Demônio de Cinda Williams Chima envolve bastante elementos sobrenaturais. O livro gira em torno de dois jovens, a Princesa Raisa e o ladrão Han. Em um mundo de clãs, reinos e seres misticos tudo sofre uma colisão quando o mundo desses dois se encontram. Enquanto Han vai descobrir os segredos ocultos de seu passado, Raisa vai tentar provar que é muito mais que um objeto em um jogo de astúcia e poder. Até o momento tenho gostado bastante da leitura desse livro que é o primeiro de uma série composta por 04 obras.

a hospedeira02. Shout Out to My Ex: Cite um livro que constrói perfeitamente a evolução de um personagem.

Em A Hospedeira, Stephenie Meyer constrói uma personagem fabulosa a sua própria maneira. Porquê apesar de Peregrina ter uma personalidade forte, o ponto de partida para esta é o fato de Peg não ser desse planeta. Desse modo, a autora constrói um livro que auxilia Peg a entender-se como parte de uma comunidade humana e perceber os diferentes sentimentos que a rodeiam. Esse é sem dúvida meu livro favorito de Meyer, apesar de não gostar tanto da maior parte dos personagens. Mas é uma leitura que vale super à pena.

Os homens que não amavam as mulheres03. Salute: Cite um livro em que a protagonista seja empoderada.

Em meio a tantas obras que vivo mencionando nesse blog, existem aquelas que por algum motivo eu amo mas quase não falo. A trilogia Millennium é uma destas obras que eu amo com todo meu coração, mas raramente falo. Com o próposito de relatar as injustiças que ocorrem com as mulheres suecas (e de todo mundo por escala), Stieg Larsson conduz uma personagem que tem todos os artificios do empoderamento desde seu corpo até mesmo sua mente. Lisbeth Salander é uma de minhas personagens favoritas e se você não conhece essa obra, sugiro que a leia, pois são livros de tirar o folêgo.

entre a culpa e o desejo04. Nobody Like You: Cite um personagem que você simplesmente não supera.

Ah eu com certeza ainda não superei minha Pippa Marlbury. Se você não a conhece, não sabe a moça incônica que esta perdendo. Pippa é bonita do seu jeito, inteligente e muito a frente do seu tempo. Seu romance  é um charme a parte que nos faz realmente crer no poder do amor e na força feminina. Eu poderia dizer que não supero a maioria das personagens de MacLean porque todas são a exaltação das mulheres do mundo. Leiam Sarah MacLean pessoas, só leiam!

a maldição do tigre05. The End: Cite um livro que você amava antigamente e hoje não entende o porquê.

Vou mudar um pouco o teor dessa pergunta, porque não existe um livro que eu me arrependa de ter lido ou tenha vergonha dele, pois cada leitura me ajudou a crescer mentalmente. Mas existem aqueles livros que você para e pensa: Se eu lesse hoje, talvez não gostasse tanto. A Maldição do Tigre, a saga em realidade foi uma das primeiras que li na vida. Me lembro com bastante carinho dos dias que passei lendo, mas sei que não gostaria tanto se fosse por agora. Eu ando bem chata com obras em geral e o triângulo amoroso de Kelsey, Ren e Kishan me irritaria profundamente além da obviedade de toda a história em si.

peça-me06. F.U.: Cite um livro que não atendeu às suas expectativas.

Existem vários livros que não atenderam minhas expectativas, mas se vocês querem saber aquele que quando penso fico revoltada por ter perdido meu tempo lendo aquela bagaça é com toda certeza do mundo foi Peça-me O Que Quizer da Megan Maxwell. Sabe, eu não tenho nada contra livros com teor erótico, na verdade gosto bastante deles, mas esse livro em questão foi tão pornográfico que me deu certa repulsa. Na época que li, tinha tanta gente falando bem que corri para obra e sinceramente foi uma decepção pelo fato da personagem principal não ter nem o mínimo do chamado amor próprio.

o ladrao de raios07. Hair: Cite um livro que tenha um grupo de amigos(as) que você ama.

Pra provar que existe como não citar Harry Potter (apenas um comentário tá?) meu brotop do coração vem de uma saga maravilhosa que se você se acha fã por assistido o filme sugiro que se retire. Percy Jackson. Annabeth Chase e Grover Underwood são os melhores amigos mais engraçados e fofos do mundo. Em todo o caminho percorrido nessa saga, os três provaram ser amigos mesmo quando tudo estava contra eles. E quando digo tudo, quero dizer tudo mesmo. Até os Deuses do Olimpo.

Estrelas Além do Tempo08. Power: Cite um livro cuja história seja inspiradora.

Com um filme homonimo lançado em 2017, Estrelas Além do Tempo é um livro inspirador sobre a luta feminina por igualdade em um mundo dominado por homens. Foi uma das primeiras biografias que me dediquei, pois o livro é baseado em fatos reais e conta como era vida das mulheres que trabalharam na NASA durante o período da Guerra Fria. Chega a ser revoltante ver como as pessoas as tratavam, com aquele desgosto evidente em seus rostos mesmo elas sendo a uma das principais responsáveis do homem ter chegado à lua.

Jogos vorazes09. Secret Love Song: Cite um personagem que você admira em segredo porque ninguém gosta dele.

Admiro em segredo o Presidente Snow de Jogos Vorazes. Ninguém gosta deste homem no sentido de admirar o que ele fez e como ele chegou ao poder. Mas superando as maldades, consigo ver muita lógica em suas atitudes e suas palavras. Os seres humanos sempre acabam por achar um jeito de acabar com a paz trazendo guerra à todos nós por conta de suas memórias fracas. Por isso, apesar do horror que foram os Jogos Vorazes, o motivo foi bastante convincente: manter todos com medo do que se passou e do que poderia vir.

as vantagens de ser invisivel 10. Love Me or Leave Me: Cite um livro que você demorou para terminar de ler.

Demorei quase duas semanas para terminar de ler As Vantagens de Ser Invisivel muito embora o livro não possua mais que 200 páginas. A verdade, é que na época que eu li estava numa fase de ressaca literária e acabei empurrando com a barriga. Mas o engraçado é que eu acabei amando o livro pela pureza de uma história sobre adolecência e auto conhecimento. Acredito que me indentifiquei bastante com Charle, com sua timidez, com sua facilidade em enxergar a vida e com todos os ensinamentos sobre ser feliz que conseguiu passar.

❦────── ❖ ── ✦ ── ❖ ────── ❦

Então amores, essa foi a tag de hoje, espero que vocês tenham gostado. Beijoss.

| ANATOMIA LITERÁRIA | Capas e curiosidades sobre a trilogia Jogos Vorazes.

Oii gente. Tudo bom com vocês? Hoje é dia de mais um anatomia literária e espero que vocês estejam gostando dessas novas abas do blog. Caso queiram dar uma sugestão sobre livros que poderiam falados, deixem nos comentários que os farei com todo carinho. No post de hoje, como na semana retrasada eu falei sobre livros esquecidos mas divinamente maravilhosos, fiquei inspirada e resolvi fazer o anatomia literária de hoje sobre a trilogia Jogos Vorazes que por algum motivo nunca falei aqui no blog. Mas essa trilogia tem um lugar muito especial no meu coração porquê além de ter sido um dos primeiros livros que li antes de ver os filmes, foi que me iniciou no universo das distopias ao quais eu devo ter lido umas sete ou outro trilogias do tipo.

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••
AS CAPAS
•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••

image

As capas têm um significado bem claro para quem já fez leitura dos livros ou assistiu aos filmes que são muito fiéis. Mas antes de falar sobre as capas diretamente vamos falar um pouco sobre o tordo, porque ele é o elemento central de todas elas. Antes de existirem os Jogos Vorazes, houve uma guerra entre os distritos contra o poderio do Capitol. Estes criaram pássaros mutantes, bestantes chamados Jabberjays que poderiam gravar qualquer conversa e as reproduzi-las. Mas quando os Distritos descobriram pássaros, começaram a falar coisas sem sentido quando os pássaros estavam presentes. Quando o Capitol viu que os bestantes estavam ficando sem valor, os abandonou nas florestas, pensando que não conseguiriam sobreviver, mas os machos cruzaram com fêmeas da espécie Mockingbird, dando origem a uma nova raça que foi batizada como Mockingjays que apesar de não reproduzirem palavras, repetia-as em forma de melodia.

Dessa maneira, ao ver a representação Katniss como tordo nas capas de Jogos Vorazes, também podemos aludir que há aqui uma representação de coragem e esperança que permeia todos os livros e que vão sendo transformados a medida que a história evolui. Na primeira capa, o tordo é um broche como se fosse apenas uma ideia e não ago real. Suas asas estão pressas e ele parece aprisionado pelos círculos que representam a submissão dos distritos e o poder da Capitol sobre todos. Já na capa de Em Chamas, o tordo está se tornando real. O ouro que lhe cobria, deu lugar à um pássaro entalhado no bronze que faz força para se livrar da pressão e do domínio do Capitol. Nesse livro Katniss percebe que o Capitol não é tão poderoso assim se rebelando de vez contra suas regras. Por esse motivo, no terceiro livro além do azul da esperança, o pássaro já é verdadeiro despido de qualquer artificio. Suas asas estão completamente abertas e o poder que o Capitol tinha foi quebrado, onde os círculos aparecerem despedaçados.

As capas de Jogos Vorazes são umas das mais bem conceituadas que já vi. Todos os elementos condizem com os livros, não acabando apenas na visualização, mas também do sentimento empírico que elas trazem. Cada capa, mostra como Katniss evoluiu durante os livros deixando de lado suas inseguranças para se tornar o rosto se uma revolução, nos mostrando que a esperança é sim mais forte do que o medo.

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••
CURIOSIDADES.
•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••

🔸 O pássaro Mockingbird que cruza com o Jabberjay é um pássaro de verdade que conhecemos pelo nome de rouxinol.

🔸  Quando Suzanne Collins era pequena, ela era fanática por mitologia grega e sua inspiração original para Jogos Vorazes foi o mito de Teseu e o Minotauro, que ela morria de medo quando era criança.

🔸 A flor da qual Katniss ganhou o seu nome também é conhecida como “ponta de flecha” e seu sobrenome, Everdeen, Everdene, do livro Longe Desse Insensato Mundo, de Thomas Hardy. Collins diz que “ambas as mulheres são muito diferentes, mas as duas lutam com o coração”.

🔸 Suzanne Collins não tinha a intenção de que Jogos Vorazes virasse uma trilogia. Mas quando ela chegou ao fim do primeiro livro, soube que tinha que haver uma sequência porque percebeu que Katniss seria punida por quase comer as amoras-cadeado.

🔸 Collins disse que as partes mais difíceis de escrever nos livros foram as mortes e a violência entre os personagens tão jovens.

🔸 A autora espera que as pessoas que leem os livros ou assistem aos filmes perguntem a si mesmas questões sobre elementos da história que podem ser relevantes para as suas próprias vidas, como dar valor a todas as suas refeições e ter consciência política.

🔸 Collins leu vários livros sobre sobrevivência e usou os conhecimentos do seu pai sobre caçada quando escreveu a trilogia. Seu pai cresceu durante a Grande Depressão e a sua família dependia principalmente de caça para sobreviver.

•••°•°°••°°°••°°••°•••°°°•••°•°°••°°°••°°••°•••

Esse foi o Anatomia Literária. Espero que vocês tenham gostado. Em breve sairá um novo post dessa série. Beijos.

PS: Minha amiga, parceira e praticamente irmã Keth topou quando eu a convidei para fazer também suas anatomias. Vejam também a postagem dela clicando aqui.