Arquivo da tag: estrelas além do tempo

(Algo À Ver) Estrelas Além do Tempo – Theodore Melfi

Assistir filmes que retratam períodos históricos marcantes quase sempre me demonstra certo comodismo pela falta da busca de sair do esteriótipo das cargas dramáticas. Filmes como estes chegam aos montes e logo são esquecidos seja pela falta de talento dos diretores e roteiristas seja pela simploriedade das atuações. A questão que alcança barreiras e ultrapassa o esquecimento  para o cinema e para qualquer história nunca foram os sobreviventes, mas sim os guerreiros incapazes de abaixar a cabeça. Por esse motivo, é certo afirmar que Estrelas Além do Tempo é um filme que consegue se tornar maior do que uma mera crítica pois não somente a realiza, como cria pontes para que nós como pessoas, independente do sexo ou cor, possamos ter a coragem de lutar por aquilo que queremos e acreditamos. 

estrelas além do tempo

Titulo: Estrelas Além do Tempo
Titulo Original: Hidden Figures
Diretor: Theodore Melfi
Elenco: Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe
Distribuição: Fox Filme do Brasil
Duração:
167m
Ano: 2017
Avaliação: 🎬 🎬 🎬 🎬 🎬

 

Sra. Mitchel: Sabe Dorothy… ao contrário do que possa pensar eu não tenho nada contra vocês.
Dorothy: Eu sei… que você provavelmente acredita nisto. 

Ambientados nos anos 1961, Estrelas Além do Tempo baseado no livro homônimo de Margot  Lee Shetterly, e narra a história de três mulheres brilhantes que trabalharam na NASA durante o período da Guerra Fria e a corrida espacial. Em termos narrativos, a produção realizada por Melfi é excelente e consegue transmitir os aspectos principais da trama. A fotografia aliada a trilha sonora, que mesmo em silêncio consegue transmitir grandes emoções, transformam a simplicidade de cores e efeitos em algo extraordinário. Chega ser até estranho perceber como tão poucos efeitos ainda conseguem se sobressair a um mundo cinematográfico dominado por explosões e magia sobre-humana. Mas com sua simplicidade carismática e som impecável, o filme se manisfesta para dar destaque ao principal normalmente esquecido pelas grandes produções: a história.

cms-image-000538694Apesar do claro foco em Katherine Goble (Henson) e sua luta para ser reconhecida em um terrenos de homens brancos (no sentido mais pejorativo da expressão), o filme é feliz em conciliar a história de três mulheres em sua grande trajetória pelo destaque naquilo que são naturalmente boas e capazes. Mary (Monaé) quer se tornar engenheira mas para isso precisa estudar em uma escola apenas para brancos. Já Dorothy (Spencer) deseja apenas ser afirmada no cargo que já trabalha, pois mesmo fazendo o ofício de um supervisor o departamento não consegue perceber isso e nem acreditar no potencial da mulher. Mesmo seguindo uma linha de raciocínio óbvia que converge para maneira mais correta de contar determinada história, Melfi ao não introduzir nada realmente novo no filme deixa a cargo de suas três protagonistas a leva do filme à algo mais. Com atuações impecáveis, a força e a inteligência dessas três mulheres é mostrada para que os espectadores absorvam não somente as críticas como a coragem que elas apresentam.

estrelas-alc3a9m-do-tempo-2.jpgO grande trunfo do filme são as atuações que por todo o elenco arrecadaram momento inesquecíveis. Taraji P. Henson é extraordinária em criar uma personagem forte ao mesmo tempo que precisa se submeter aos desmandos da sociedade. De forma nem um pouco caricata de piedismos ou arrogância, Henson demonstra uma Katherine forte e precisa com trejeitos que expressam sua coragem em todos os lugares. Janelle Monaé foi uma grande surpresa para mim, pois mesmo nunca tendo atuado antes (a mulher fez nome como cantora) apresentou um bom domínio de suas emoções ao dar vida a Mary. Já Octavia Spencer que é uma das minhas queridinhas desde seu papel como Minnie em Histórias Cruzadas, mais uma vez conseguiu ser resplandecente. De todas as personagens, Dorothy foi sem dúvida a minha favorita e muito se deve a atuação de Spencer e seu olhar penetrante que conseguiu ultrapassar a quarta parece e tocar meu coração.

005 Kirsten Dunst as Vivian MitchellAlém das três protagonistas, Kevin Costner e Kristen Dunst merecem destaque por seus papeis, principalmente nossa eterna Mary Jane. Antes, já havia tido contato com Costner personificando homens de terno, inteligentes e impactantes, mas perceber Kristen usar a máscara de dureza e preconceito da sra. Mitchel foi bastante interessante, pois mesmo tendo consciência do seu potencial como atriz, nada que tenha feito antes demonstrou isso. Posso dizer que Dunst conseguiu se sobressair encontrando uma ponte para mostrar que pode ser muito mais que uma mocinha indefesa.

Estrelas Alem do Tempo é uma obra emocionante sobre força, luta e feminismo. Não digo que é o melhor filme com tema central sobre racismo que eu assisto, mas sim que é um filme que não deve ser ignorado. Com um bom roteiro e atuações excepcionais, essa obra nos leva a refletir quais são os maiores desafios de nossa vida e o quanto nos estamos dispostos a arriscar para enfrentá-los. 

hf-gallery-04-gallery-image.jpg

 

 

( TAG ) Little Mix Booktag

Oii Corujinhas. Hoje é dia de tag aqui no blog e esta eu vi no blog Leitura Por Excelência. Para quem não sabe, Little Mix é uma banda de quatro meninas e essa tag reuniu suas musicas para fazer desafios para o leitores. Como eu conheci a banda por agora (~le atrasada como sempre), achei bem legal responder a tag para vocês. Espero que gostem.

❦────── ❖ ── ✦ ── ❖ ────── ❦

O Rei Demonio01. Black Magic: Cite um livro que envolva magia, criaturas ou demais elementos sobrenaturais.

Minha leitura atual, O Rei Demônio de Cinda Williams Chima envolve bastante elementos sobrenaturais. O livro gira em torno de dois jovens, a Princesa Raisa e o ladrão Han. Em um mundo de clãs, reinos e seres misticos tudo sofre uma colisão quando o mundo desses dois se encontram. Enquanto Han vai descobrir os segredos ocultos de seu passado, Raisa vai tentar provar que é muito mais que um objeto em um jogo de astúcia e poder. Até o momento tenho gostado bastante da leitura desse livro que é o primeiro de uma série composta por 04 obras.

a hospedeira02. Shout Out to My Ex: Cite um livro que constrói perfeitamente a evolução de um personagem.

Em A Hospedeira, Stephenie Meyer constrói uma personagem fabulosa a sua própria maneira. Porquê apesar de Peregrina ter uma personalidade forte, o ponto de partida para esta é o fato de Peg não ser desse planeta. Desse modo, a autora constrói um livro que auxilia Peg a entender-se como parte de uma comunidade humana e perceber os diferentes sentimentos que a rodeiam. Esse é sem dúvida meu livro favorito de Meyer, apesar de não gostar tanto da maior parte dos personagens. Mas é uma leitura que vale super à pena.

Os homens que não amavam as mulheres03. Salute: Cite um livro em que a protagonista seja empoderada.

Em meio a tantas obras que vivo mencionando nesse blog, existem aquelas que por algum motivo eu amo mas quase não falo. A trilogia Millennium é uma destas obras que eu amo com todo meu coração, mas raramente falo. Com o próposito de relatar as injustiças que ocorrem com as mulheres suecas (e de todo mundo por escala), Stieg Larsson conduz uma personagem que tem todos os artificios do empoderamento desde seu corpo até mesmo sua mente. Lisbeth Salander é uma de minhas personagens favoritas e se você não conhece essa obra, sugiro que a leia, pois são livros de tirar o folêgo.

entre a culpa e o desejo04. Nobody Like You: Cite um personagem que você simplesmente não supera.

Ah eu com certeza ainda não superei minha Pippa Marlbury. Se você não a conhece, não sabe a moça incônica que esta perdendo. Pippa é bonita do seu jeito, inteligente e muito a frente do seu tempo. Seu romance  é um charme a parte que nos faz realmente crer no poder do amor e na força feminina. Eu poderia dizer que não supero a maioria das personagens de MacLean porque todas são a exaltação das mulheres do mundo. Leiam Sarah MacLean pessoas, só leiam!

a maldição do tigre05. The End: Cite um livro que você amava antigamente e hoje não entende o porquê.

Vou mudar um pouco o teor dessa pergunta, porque não existe um livro que eu me arrependa de ter lido ou tenha vergonha dele, pois cada leitura me ajudou a crescer mentalmente. Mas existem aqueles livros que você para e pensa: Se eu lesse hoje, talvez não gostasse tanto. A Maldição do Tigre, a saga em realidade foi uma das primeiras que li na vida. Me lembro com bastante carinho dos dias que passei lendo, mas sei que não gostaria tanto se fosse por agora. Eu ando bem chata com obras em geral e o triângulo amoroso de Kelsey, Ren e Kishan me irritaria profundamente além da obviedade de toda a história em si.

peça-me06. F.U.: Cite um livro que não atendeu às suas expectativas.

Existem vários livros que não atenderam minhas expectativas, mas se vocês querem saber aquele que quando penso fico revoltada por ter perdido meu tempo lendo aquela bagaça é com toda certeza do mundo foi Peça-me O Que Quizer da Megan Maxwell. Sabe, eu não tenho nada contra livros com teor erótico, na verdade gosto bastante deles, mas esse livro em questão foi tão pornográfico que me deu certa repulsa. Na época que li, tinha tanta gente falando bem que corri para obra e sinceramente foi uma decepção pelo fato da personagem principal não ter nem o mínimo do chamado amor próprio.

o ladrao de raios07. Hair: Cite um livro que tenha um grupo de amigos(as) que você ama.

Pra provar que existe como não citar Harry Potter (apenas um comentário tá?) meu brotop do coração vem de uma saga maravilhosa que se você se acha fã por assistido o filme sugiro que se retire. Percy Jackson. Annabeth Chase e Grover Underwood são os melhores amigos mais engraçados e fofos do mundo. Em todo o caminho percorrido nessa saga, os três provaram ser amigos mesmo quando tudo estava contra eles. E quando digo tudo, quero dizer tudo mesmo. Até os Deuses do Olimpo.

Estrelas Além do Tempo08. Power: Cite um livro cuja história seja inspiradora.

Com um filme homonimo lançado em 2017, Estrelas Além do Tempo é um livro inspirador sobre a luta feminina por igualdade em um mundo dominado por homens. Foi uma das primeiras biografias que me dediquei, pois o livro é baseado em fatos reais e conta como era vida das mulheres que trabalharam na NASA durante o período da Guerra Fria. Chega a ser revoltante ver como as pessoas as tratavam, com aquele desgosto evidente em seus rostos mesmo elas sendo a uma das principais responsáveis do homem ter chegado à lua.

Jogos vorazes09. Secret Love Song: Cite um personagem que você admira em segredo porque ninguém gosta dele.

Admiro em segredo o Presidente Snow de Jogos Vorazes. Ninguém gosta deste homem no sentido de admirar o que ele fez e como ele chegou ao poder. Mas superando as maldades, consigo ver muita lógica em suas atitudes e suas palavras. Os seres humanos sempre acabam por achar um jeito de acabar com a paz trazendo guerra à todos nós por conta de suas memórias fracas. Por isso, apesar do horror que foram os Jogos Vorazes, o motivo foi bastante convincente: manter todos com medo do que se passou e do que poderia vir.

as vantagens de ser invisivel 10. Love Me or Leave Me: Cite um livro que você demorou para terminar de ler.

Demorei quase duas semanas para terminar de ler As Vantagens de Ser Invisivel muito embora o livro não possua mais que 200 páginas. A verdade, é que na época que eu li estava numa fase de ressaca literária e acabei empurrando com a barriga. Mas o engraçado é que eu acabei amando o livro pela pureza de uma história sobre adolecência e auto conhecimento. Acredito que me indentifiquei bastante com Charle, com sua timidez, com sua facilidade em enxergar a vida e com todos os ensinamentos sobre ser feliz que conseguiu passar.

❦────── ❖ ── ✦ ── ❖ ────── ❦

Então amores, essa foi a tag de hoje, espero que vocês tenham gostado. Beijoss.