Arquivo da tag: cinco

( Lista ) Os 05 Livros Mais Dramáticos De Todos Os Tempos

Oiii Corujinhas. Bom dia, tarde ou boa noite para todos vocês. Em mais uma lista em parceria com a Keth do blog Parabatai Books vamos apresentar os livros mais dramáticos de todos os tempos com bases em nossas leituras. Todos amamos um bom draminha — ou não — e todos choramos com as dificuldades dos nossos amados — ou não —, por isso a lista de hoje é para quem gosta de se descabelar com as histórias dos personagens.

Divide a lista em duas partes: primeiro vou apresentar alguns dramas bem fortes cheios de potencial que vocês deveriam ler com certeza pois são meus os meus favoritados, que apesar de não serem tantos, são existentes e depois duas personagens que eu quis dar na cara de tanto mi-mi-mi. Lembrando queridos que assim como todos os outros posts, esse é de cunho pessoal, okay? Relax.

Vamos começar?

Métrica - Colleen Hoover.PNG

 

1 – Métrica – Colleen Hoover

Quem conhece a autora Colleen Hoover sabe que não existe ninguém que escreva um bom drama como ela. Quando li Métrica, muitas vezes me peguei com pena dos personagens – tanto principais como secundários que sempre estavam passando por uma situação difícil. Mas ao contrário do que possa parecer, os livros de Collen tem dramas super bem colocados que apesar de serem exagerados, também são complexos e cheios de significado. Se você nunca leu CoHo, mas quer chorar com sua escrita, esta obra é perfeita.

sr-daniels

 

 2. Sr Daniels – Brittainy C. Cherry. 

Seguindo o mesmo estilo de Métrica, Sr Daniels também conta uma história de uma paixão proibida entre um professor e sua aluna. Mas no que diz respeito a drama, Cherry vai muito mais ao fundo que Hoover. Ash e Daniel enfrentam os segredos de seu passado, o medo do presente e a negação de um futuro juntos. Esse é um dos poucos livros que me fizeram chorar, pois a história secundária também é sobre aceitação de si mesmo e daqueles que nos cercam.

outros-54.png.png

 

3. A Lista Negra – Jennifer Brown. 

É impossível citar dramas sem citar essa obra magnifica de Jennifer Brown. Em todos os aspectos possíveis a autora conseguiu colocar sentimentos na obra. Esse é um dos livros que mais fico feliz que ter lido. Ele abriu meus olhos para duas vertentes do bullliyng tanto de quem pratica como de quem recebe. Também é um livro que me fez chorar, pela verdade que ele proporciona. Pesado e emocionante é uma obra para aqueles que precisam de um choque de realidade.

maldição_do_tigre.jpg

 

4. A Maldição do Tigre – Colleen Hoouck. 

Mudando um pouco a visão do tema e chegando as novelas mexicanas, não se engane pela fantasia, mas A Saga do Tigre é um livro super dramático. Isso se deve lindamente a sua protagonista, Kelsey que – por deuses – consegue ser a mais dramática do mundo. Diferente das obras anteriores, Kelsey  não me animou mas me fez odia-la a cada segundo. Sem sua existência a saga teria sido bem melhor, porque Ren e Kishan são tudo de bom, mas ela é um bleh.

unademagiaporfavor-kiera cass-the elite-the selection-novel-literature young adult-juvenil-romance-romantica_cover.jpg

5. A Elite – Kiera Cass. 

Que America Singer é um ser-humaninho muito dramático todos nós sabemos, mas em A Elite ela se supera. Se você nunca ouviu ou não entendeu a expressão dar uma de America é simplesmente alguém dizendo que você está sendo lindamente um porre de tão antipático, porque fala sério: o Maxon é super gente-fina e não merecia muitos dramas da America vulgo Maria do Bairro. Apesar de A Elite ser o livro mais bem evoluído da trilogia, vamos combinar, ela quase conseguiu estragar ele com tanto mi-mi-mi.

 

✯ ۩۞ ۩ ✯

 

Então amores, essa foi a lista de hoje, espero que tenham gostado porque eu amei escrever ela. Não se esqueçam de passar no blog da Keth também para ver a lista dela. Beijoooos.

Anúncios

| TAG | Cinco Tons Literários

Oii gente. Como vocês sabem esse mês estou em campanha de Novembro Azul para conscientização do câncer de próstata, mas também indo além e tentando informar que todo tipo de câncer deve ser diagnosticado o mais breve possível. Por isso a tag de hoje foi criada justamente para contemplar esse mês. A tag de hoje está sendo feita em parceria com a Vivi do blog O Senhor dos Livros, então não esqueçam de ver o dela depois.

Vamos lá?

1. Azul prussiano.
Um livro que se passe em um país exótico (fictício ou não).
image

Feita de Fumaça e Osso com certeza se passa em um lugar exótico que por sua causa eu fiquei com bastante vontade de conhecer. Contando a história da jovem Karou, o livro se passa a princípio na República Tcheca nos dando paisagens magníficas cheias de magia. Eu super recomendo esse livro pois é uma das melhores trilogias fantásticas que já li. Quem sabe ano que vem não resolvo fazer uma releitura?

2. Azul Royal.
Um livro que tenha realeza.
image

O livro Sombra E Ossos de Leigh Bardugo é envolvido em um mundo de reis e rainhas. Ele conta a história de Alina, que vive em um mundo dominado pelo medo. Eles lutam contra inimigos criados por uma fenda mística criados por uma misteriosa escuridão que também criou uma fenda onde esses monstro abitam. A história se desenrola a partir do poder que Alina descobre possuir e que é uma esperança de finalmente libertação para seu povo.

3. Azul Marinho.
Um livro que tenha passagens em alto-mar.
image

Engraçado como somente agora eu percebi que a maioria dos livros que li não possuem passagens em alto mar. Pode até envolver aviões, mas passagem em alto-mar é difícil de modo que só consigo pensar em um livro. A Fúria dos Reis de George R. R. Martin possui passagens em alto-mar quando narradas pelo ponto de vista do personagem Davos Seaworth que é capitão da frota de um dos candidatos a rei Staniss Baratheon. Além disso, por ser um livro que lida com dois continentes, durante o decorrer dos seguintes há uma grande quantidade de passagens que são feitas em alto-mar. Inclusive batalhas e viagens.

4. Azul Turquesa.
Um livro que seja precioso para você.
image

Um dos meus livros favoritos de toda vida (que eu cito sempre que surge uma oportunidade) é O Sol É Para Todos de Harper Lee. Ele conta a história de um advogado negro que esta à defender um homem negro acusado de estupro nos Estados Unidos em 1950 (época de apartheid). Contado através de sua filha, Scout a história se desenrola trazendo à tona várias situações preconceito racial ou não. É um livro que todos deveriam ler.

5. Azul Bebê.
Um livro que seja leve e divertido.
image

Ler Perdida da Carina Rissi foi uma experiência única. Eu gostei de mais do modo com o qual a autora trabalhou a história nos apresentando uma personagem que é engraçada na medida certa. Fazendo jus ao gênero comédia romântica, Carina Rissi criou um livro divertido ao extremo que nos faz rir, nos faz se apaixonar, e nos deixa pedindo mais.

°•°•°•°•°°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°

Então amores, essa foi a tag de hoje, espero que tenham gostado. Não esqueçam de passar no blog da Vivi para ver a tag que ela apresentou também. E não se esqueçam: contra o câncer, a prevenção é o melhor remédio. Beijos.

[L.I.S.T.A.] 05 Livros Para Chorar Litros

Oii gente. Aqui estou eu para segunda lista do blog. Estou fazendo essas listas junto com minha parceira e amiga Keth do blog Parabatai Books, não esqueçam de conferir a dela – que sai amanhã -, e para este mês escolhemos uma lista meio “bad”: 05 livros para chorar litros. Admito que foi bastante difícil já que é muito raro eu chorar em uma obra. Porém eu me lembro de algumas que chorei, e dessas eu selecionei cinco livros que foram mais emocionantes da minha carreira de leitora.

1. Uma Curva Na Estrada – Nicholas Sparks.

Esse foi o livro do qual eu derramei mais lágrimas. Não consigo dizer de maneira clara como esse livro me afetou apenas que teve aquele momento que a dor do personagem me atravassou e eu derramei rios de lágrimas. Posso dizer apenas que esse tipo de enredo, que envolve família é o que concerteza mais me emociona.

image

2. A Última Música – Nicholas Sparks.

E por falar em história emocionante sobre família, esse livro é minha segunda escolha pois sua história focada em relação de pai e filha principalmente me fizeram não só chorar mais ficar profundamente emocionada. Na época, eu estava passando por brigas de adolescente com meu pai, e ler esse livro foi tão importante porque ele modificou muita coisa do que eu achava que sabia. Eu amo esse livro por isso, por ele ter me mostrado que eu não sabia de tudo na época em que eu mais precisava.

image

3. A Redenção de Gabriel – Sylvain Reynard.

Esse livro, o terceiro da trilogia O Inferno de Gabriel, foi uma experiência única para mim. Eu lembro que quando estava lendo-o, muitas vezes eu me pegava emocionada com as palavras de Gabriel Emerson para sua esposa. É incrível como os livros normalmente apresentam aqueles finais de casamento incríveis e que a partir dali fica o sentimento de felizes para sempre. Embora esse não tenha sido o primeiro livro que eu li com uma temática da vida de casados, foi o livro que mais me trouxe para perto da realidade por ser tão simples e ao mesmo tempo tão complexo. Eu enxerguei realidade nele e acredito que as lágrimas que eu soltei de felicidade com a conclusão da história podem sim ser inseridas como chorar litros.

image

4. Garotas de Vidro – Laurie Halse Anderson.

Um dos poucos livros que eu chorei abertamente nessa vida, foi este. A questão da bulímia e da anorexia é muito forte. E embora eu nunca tenha conhecido alguém que passasse por tais situações foi muito impactante a maneira com o qual a autora deste livro abordou o tema. Este livro é forte! E é impossível não se emocionar com ele.

image

5. Para Sempre Alice – Lisa Genova.

A melhor parte de fazer essa lista eu percebi que muita das coisas que me fazem chorar ou me emocionam de modo bastante claro são em suma situações que eu vi de perto. Para Sempre Alice esta dentre os livros que me fizeram chorar porque vi de pertinho uma pessoa que eu amava ter a doença de Alzheimer e aos poucos sucumbir a ela. E foi através desse livro que entendi porque era tão difícil. Não o que sinto como espectadora da doença, mas saber o que aquela pessoa lá estava passando ao perceber que todas as suas memórias e sentimentos ficavam iriam desaparecer. É triste. E é incrível o modo como Lisa Gênova descreveu está emoção.

image

Continuar lendo [L.I.S.T.A.] 05 Livros Para Chorar Litros

{L.I.S.T.A} 05 Livros Para Se Apaixonar

Oii gente! Eu e minha parceira Keth do blog Parabatai Books estamos fazendo com carinho pequenas listas pra vocês com temas escolhidos a dedos que começaram a sair nos blogs (meu e dela) todo dia 20 dos mês. Espero que vocês gostem.

A primeira lista que escolhemos é sobre livros de romance pois são realmente maravilhosos e não há como não ama-los. Para isso escolhi alguns temas sobre livros desse tipo porque ficaria mais fácil escolher entre os amorzinhos.

Comédia Romântica.

Comédia Romântica abrange também os famosos Chick Lit e dentro desses eu tenho minha autora favorita que é a Carina Rissi. Sou apaixonada pelas obras dela pois todas envolvem esse ar de problemas pessoais associados aos romances de arrancar suspiros. E o livro que escolhi dela foi Procura-Se Um Marido que vai contar a história de Alícia e Max onde a moça para recuperar a herança arranja um marido falso pelo qual não esperava nutrir sentimentos no fim das contas.

image

Romance Dramático.

Eu não tenho muita tendência a ler esses tipos romance pois eu sou não sou do tipo que gosta de chorar bastante durante a leitura. Porém, alguns foram sendo absorvidos ao longo do caminho e um que me fez rir e chorar e ainda por cima querer mais da história foi o livro Uma Curva Na Estrada do Nicholas Sparks. É um livro que me dá um sentimento que eu não sei explicar de onde vem e o que é, mas sei que é de uma maneira boa.

image

Romance de Época.

Romance de Época é sem dúvida o meu tipo de romance favorito. Talvez seja o mundo passado que me encante ou a forma como as pessoas vivem mas eu sou apaixonada por essas histórias e sei que muita gente assim como eu também. Foi bem difícil escolher um livro de época só porém eu tinha que fazer né? O livro eleito foi O Príncipe do Canalhas de Loretta Chase. Tem uma resenha dele aqui no blog e eu lá eu conto todo meu amor por essa obra.

image

Romance Adolescente

Romance adolescente também não é um tipo de livro eu ame porém quando encontro um bom não tem como não me apaixonar por ele. Para um livro nesse estilo escolhi um que é 8 ou 80 para nós leitores. Ou amamos de mais o livro ou odiamos. O Teorema Katherine de John foi uma obra que eu não tive como não pois ele é super bem humorado e conta uma história com um caráter verdadeiro e apaixonante. Eu não entendo como algumas pessoas não curtem esse livro, mas como gosto não se discute…

image

Saga Romântica.

Por ultimo, uma saga romântica daquelas de suspiros eternos são bem comuns na literatura e para quem gosta do estilo uma boa pedida para se emendar numa longa série com personagens que ao longo do tempo vão se tornando nossos amigos.  A saga que escolhi foi uma fantástica da Lisa Kleypas chamada Quatro Estações do Amor que pouca gente conhece, mas que tem fãs alucinados. Eu sou uma dessas fãs e todos os livros desse quarteto são incríveis.

image

Bem pessoal espero que tenham gostou.
Se sim, deixa sua opnião e diz se já leu ou pretende ler uma dessas belezinhas.

Até o próximo post 🌟💙