Arquivo da categoria: listas

( Lista ) 05 Livros Para Ler No Ônibus

Oii amores. Nessa vida de leitor temos que nos adaptar as situações porque o tempo fica cada vez mais inflexível. Por esse motivo, a lista de hoje é para todos que querem aumentar o tempo de leituras com livros que não exigem tanta atenção e por isso são mais facéis de ler. Essa lista, como sempre é uma parceria entre nós e o blog Parabatai Books, onde a Keth programou a mesma mas com conteúdo diferente. Confiram a dela também.

Vamos começar?

◆══════════●★●═══════════◆

as formaturas infernais1. Formaturas InfernaisColetanea.

Eu já disse umas mil vezes por aí que não sou fã de contos, mas isso não significa que não curta nenhuma dessas belezinhas. Uma de minhas coletaneas favoritas é a das Formtaturas Infernais que, apesar do nome sugestivo, varia entre terror e suspense de conto para conto. Apesar de não curtir o livro em totalidade, muitos desses contos valem super a pena pela maneira com o qual o autor trabalho o tema da sobrenaturalidade. Eu indico esse livro e se você gostar muito, saiba que alguns desses contos geraram livros e que existem uma segunda obra com o tema Amores Infernais.

 

download

2. Para Todos os Garotos que Já AmeiJhenny Han

Lara Jean é uma febre entre todos por ser um livro bem amorzinho que conta a história desta menina sem exageros e na medida certa. Como uma grande fã da escrita de Jhennty Han sou obrigada a concordar com isso. No gênero Young Adult, poucos autores me agradam pelo exagero das situações  e pela criação de uma história mirabolante que por natureza deveria ser simples. Jenny Han não tem esses apelos e por isso eu diria que é uma das melhores. Ela assumiu a simplicidade da obra e à partir disso criou uma história extraordinária. Eu simplesmente amei esse livro e espero em breve ler os próximos.

 

Julieta - Annie Fortier

3. JulietaAnnie Fortier

Acho que muita gente ouviu falar, mas poucas pessoas realmente chegaram a ler. Na época em que li era um dos lançamentos da Arqueiro sendo meu primeiro contato com releituras. Eu amei esse livro e através desse que surgiu um interesse básico de conhecer a obra original de William Shakespeare. Em comparação as duas, uma é bem diferente da outra e eu diria que a de WS foi apenas o ponto de partida para o livro de Fortier. Julieta tem um enredo relativamente básico que envolve mistério e romance. Se fosse um desenho, corações saíriam dos meus olhos só por pensar na obra.

123217066sz-1.jpg4. Segredos de Uma Noite de VerãoLisa Kleypas

Eu amo livros que sejam romance de época e meu primeiro contato com obras do gênero foi este de Lisa Kleypas. Acho que mencionei em uma tag no instagram o quanto esse livro me marcou pela forma com o qual a autora desenrolou essa história. Lisa tem uma escrita cadenciada que nos permite penetrar com exatidão na mente dos seus personagens. É genial ver como a autora invoca paixões e sentimentos sem nunca nos bombardear de emoções. Quem deseja começar neste estilo tendo sua “origens românticas” em livros mais pesados eu super indico essa obra.

a-rebelde-do-deserto-hamilton-2.png5. A Rebelde do DesertoAlwyn Hamilton

Realizei essa leitura ano passado e apesar de não ser uma das mnhas favoritas eu gostei bastante. Sou nascida da fantasia (praticamente uma bruxa)  e como tal histórias dessa natureza me empolgam bastante. A Rebelde do Deserto foi uma leitura bastante interessante e inovadora, mas que não existe muito do leitor mesmo se tratando de uma alta-fantasia. É um livro simples, mas não simplório que envolve de maneira concreta o leitor. Eu sugiro bastante essa leitura, ainda mais porque boas opiniões me informa que a continuação é espetacular.

◆══════════●★●═══════════◆

Então amores, essa foi a lista de hoje. Espero que vocês tenham gostado da lista dessa semana. A próposito, tem alguma sugestão para nossa lista mensal? Comente aqui, quando puder faremos. Beijoooosss.

Anúncios

( Lista ) Os 05 Livros Mais Dramáticos De Todos Os Tempos

Oiii Corujinhas. Bom dia, tarde ou boa noite para todos vocês. Em mais uma lista em parceria com a Keth do blog Parabatai Books vamos apresentar os livros mais dramáticos de todos os tempos com bases em nossas leituras. Todos amamos um bom draminha — ou não — e todos choramos com as dificuldades dos nossos amados — ou não —, por isso a lista de hoje é para quem gosta de se descabelar com as histórias dos personagens.

Divide a lista em duas partes: primeiro vou apresentar alguns dramas bem fortes cheios de potencial que vocês deveriam ler com certeza pois são meus os meus favoritados, que apesar de não serem tantos, são existentes e depois duas personagens que eu quis dar na cara de tanto mi-mi-mi. Lembrando queridos que assim como todos os outros posts, esse é de cunho pessoal, okay? Relax.

Vamos começar?

Métrica - Colleen Hoover.PNG

 

1 – Métrica – Colleen Hoover

Quem conhece a autora Colleen Hoover sabe que não existe ninguém que escreva um bom drama como ela. Quando li Métrica, muitas vezes me peguei com pena dos personagens – tanto principais como secundários que sempre estavam passando por uma situação difícil. Mas ao contrário do que possa parecer, os livros de Collen tem dramas super bem colocados que apesar de serem exagerados, também são complexos e cheios de significado. Se você nunca leu CoHo, mas quer chorar com sua escrita, esta obra é perfeita.

sr-daniels

 

 2. Sr Daniels – Brittainy C. Cherry. 

Seguindo o mesmo estilo de Métrica, Sr Daniels também conta uma história de uma paixão proibida entre um professor e sua aluna. Mas no que diz respeito a drama, Cherry vai muito mais ao fundo que Hoover. Ash e Daniel enfrentam os segredos de seu passado, o medo do presente e a negação de um futuro juntos. Esse é um dos poucos livros que me fizeram chorar, pois a história secundária também é sobre aceitação de si mesmo e daqueles que nos cercam.

outros-54.png.png

 

3. A Lista Negra – Jennifer Brown. 

É impossível citar dramas sem citar essa obra magnifica de Jennifer Brown. Em todos os aspectos possíveis a autora conseguiu colocar sentimentos na obra. Esse é um dos livros que mais fico feliz que ter lido. Ele abriu meus olhos para duas vertentes do bullliyng tanto de quem pratica como de quem recebe. Também é um livro que me fez chorar, pela verdade que ele proporciona. Pesado e emocionante é uma obra para aqueles que precisam de um choque de realidade.

maldição_do_tigre.jpg

 

4. A Maldição do Tigre – Colleen Hoouck. 

Mudando um pouco a visão do tema e chegando as novelas mexicanas, não se engane pela fantasia, mas A Saga do Tigre é um livro super dramático. Isso se deve lindamente a sua protagonista, Kelsey que – por deuses – consegue ser a mais dramática do mundo. Diferente das obras anteriores, Kelsey  não me animou mas me fez odia-la a cada segundo. Sem sua existência a saga teria sido bem melhor, porque Ren e Kishan são tudo de bom, mas ela é um bleh.

unademagiaporfavor-kiera cass-the elite-the selection-novel-literature young adult-juvenil-romance-romantica_cover.jpg

5. A Elite – Kiera Cass. 

Que America Singer é um ser-humaninho muito dramático todos nós sabemos, mas em A Elite ela se supera. Se você nunca ouviu ou não entendeu a expressão dar uma de America é simplesmente alguém dizendo que você está sendo lindamente um porre de tão antipático, porque fala sério: o Maxon é super gente-fina e não merecia muitos dramas da America vulgo Maria do Bairro. Apesar de A Elite ser o livro mais bem evoluído da trilogia, vamos combinar, ela quase conseguiu estragar ele com tanto mi-mi-mi.

 

✯ ۩۞ ۩ ✯

 

Então amores, essa foi a lista de hoje, espero que tenham gostado porque eu amei escrever ela. Não se esqueçam de passar no blog da Keth também para ver a lista dela. Beijoooos.

( Lista ) Minhas Animações Favoritas

Oii minhas Corujinhas lindas. Para quem não sabe sou apaixonada por animações e normalmente as prefiro em relação aos filmes. Pensando nisso, e como nunca falo delas por aqui resolvi fazer uma lista com as minhas animações favoritas. Frisei o minhas porque sei que muitas pessoas gostam de outras animações, mas quero que saibam que esse post não é um TOP das melhores animações do mundo, e sim um post de caráter pessoal.

Antes de escrever esse post pensei em colocar apenas os filmes da Disney e Pixar, contudo existem outros estúdios de animação como a DreamWorks que ganharam meu coração. Por isso, vou falar também delas — afinal de conta, coração de mãe não tem preferência certo?

Vamos começar?

anastasia

Anastácia: Foi uma das primeiras animações que tive o prazer de assistir na época da TV Globinho. Era uma animação dos tempos que eram animados e não digital. A história de Anastácia sempre foi uma das minhas favoritas desde as músicas até o enredo principal. Em breve, agora que a Disney comprou a Fox quem sabe não rola um live-action.

bela-e-a-fera

A Bela e a Fera: Faz parte da minha infância desde sempre sendo a Bela uma das minhas princesas favoritas da Disney. Tenho a playlist completa no meu celular e sempre que posso assisto ao filme. É uma história que conta o melhor tipo de amor: o construído em que você se apaixona por quem uma pessoa é e não por sua aparência.

filme_10604.jpg

 

A Nova Onda Do Imperador: “Bem vindos à Cuzcotopia”. Nem todas as pessoas gostam desse filme em questão, mas ele também faz parte dos que marcaram minha infância. Diferente de muitas animações, este filme traz uma história sobre poder ensinando as crianças à entender que o mundo pertence à todos não somente à um ou outro.

A Origem Dos Guardiões DVDA Origem dos Guardiões: Uma das mais novas e brilhantes animações que tive o prazer de assistir nos últimos anos foi esta. Sou apaixonada por releituras e não tem como não ver este como uma dos principais. Apesar de tê-lo assistido já adolescente, o filme me fez querer voltar a ser criança para acreditar ainda mais firmemente na magia do natal.

 

216020140608-uau-posters-filmes-infantis-animacao-como-treinar-o-seu-dragao-how-to-train-your-dragon--3.jpg

Como Treinar O Seu Dragão: Baseado em uma obra que pretendo contemplar em algum dia, esta animação me tocou desde o primeiro momento. É um filme sobre amizade, um amizade que nasce nos locais mais inesperados. Amizade entre duas criaturas diferentes pois esta não vêem cara, apenas coração.

capa

 

Divertida Mente: De todas as minhas escolhidas, esta é a mais recente de todas. O filme retrata a mente humana e suas nuances. Mas principalmente retrata sentimentos de forma bastante simbólica tanto em cores como em formas de ser. Mostra-nos que cada um é importante, mesmo a tristeza que une as pessoas.

19962790.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Enrolados: “Eu tenho sim, um sonho sim…” Minhas principais considerações aos criadores de uma das melhores animações de todos os tempos. Sou apaixonada por Enrolados e sinceramente nem sei o porquê. A história é simples, mas incrível. Fala sobre liberdade, mas principalmente sobre sonhos e o porque sempre devemos tê-los.

51vgOCNPn3L._AC_UL320_SR214,320_

 

Frozen — Uma Aventura Congelante: Frozen é o primeiro filme da Disney que realmente foca no amor entre irmãs (eu sei o que você esta pensando e vou falar sobre Lilo & Stich jaja). É lindo ver como a relação de Anna e Elsa se desenrola apesar do tempo e dificuldades. Como se o verdadeiro, o mais puro amor jamais pudesse ser extinto.

download

 

Irmão Urso: É um dos únicos filmes que já me fizeram chorar. Como quase todo filme da Disney, retrata o amor. Mas também retrata a maturidade. O que nos faz adultos. A beleza do universo ao nosso redor. É amizade que surge no lugar do ódio mesmo quando existe um véu de ignorância sob os nossos olhos.

Kungfupanda

 

Kong Fu Panda: É um dos filmes, trilogias mais complexos da DreamWorks. No decorrer dos filmes somos apresentados à diferentes fases do Po. Primeiro ele precisa de autoconfiança, depois de autodescobrimento para enfim atingir a plenitude máxima do seu ser. É brilhante a maneira com o qual ele se constrói com o passar da obra.

open-uri20150422-12561-1dajwj_23920e88.jpeg

 

Lilo & Stich: É um filme que foca em relações. Apesar de ter como uma das histórias base Lilo e sua irmã Nane, o filme é muito mais sobre amizade real. Daquelas que você não sabe como acontece, mas uma pessoa tão diferente de você se torna tão especial. A verdade deste desenho é que não precisamos ser algo para conquistar alguém, apenas nós mesmos.

open-uri20150422-12561-cbntla_d945f607.jpeg

 

Monstros S. A: Foi um filme que marcou minha infância e mais tarde minha adolescência com sua continuação. A lição deste filme não poderia ser mais nítida: o amor floresce e supera barreiras quando convivemos, confiamos e descobrimos a verdade sobre as pessoas.

 

filmes_3399_Mulan

 

Mulan: É minha princesa favorita da Disney. Forte, determinada e altruísta Mulan quebra as barreiras de uma sociedade machista para salvar quem ama. Sou completamente apaixonada por todo seu universo pois a garota nos mostra que com uma pitada de coragem e uma gota de empenho podemos alcançar as mais improváveis coisas.

open-uri20150422-12561-7926cj_87f7f686.jpeg

 

Os Incríveis: Todo ama superheróis. Como não amar uma família deles? Mais uma história de família e amor, Os Incríveis mostra que em família tudo fica mais fácil. Só precisamos confiar uns nos outros e nos apoiar sempre.

544752.jpg-c_215_290_x-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

 

Procurando Dory: Também é um dos mais recentes que assisti e um dos mais emocionantes. Apesar de não o primeiro filme da duologia. Este segundo me conquistou por algum motivo inexplicável. Foi um filme doce e fantástico.

open-uri20150422-20810-m8zzyx_5670999f

 

 

Toy Story: É um mundo que todos sonhamos quando somos crianças. Imaginar que nossos brinquedos tão amados tem vida. Que eles nos protegem quando mais precisamos dele. Chorei com Toy Story, mas também me lembro sempre como esses filmes me fazem perder o limite do que é imaginação e realidade.

Up-Movie

 

 

UP — Altas Aventuras: Em Up mais uma vez a Disney me levou a lugares inacreditáveis. O tema continua ser o amor, mas também é sobre saber dizer adeus e guardar conosco as boas lembranças. Somos todos

 

ratatouille.jpg

 

Ratatouille: De todos dessa lista, este é meu favorito. Sou uma pessoa sonhadora e muitos dos meus sonhos parecem impossíveis. Mas este filme mostra que o impossível é uma palavra pequena quando se tem talento e acreditamos que podemos. “Grandes artistas podem vir de qualquer lugar”.

Shrek_Poster (1).jpg

 

 

Shrek: Sendo clássica, a lição de Shrek é uma das mais bonitas. Somos todos levados à crer que um conto de fadas deve ter uma fórmula de príncipe + princesa = final feliz. Mas Shrek vem para provar o contrário: somos destinados ao amor apesar de nossas aparências.

MV5BMjExMTg5OTU0NF5BMl5BanBnXkFtZTcwMjMxMzMzMw@@._V1_UX182_CR0,0,182,268_AL_.jpg

 

 

WALL – E: Assisti pela primeira vez esse filme na escola como parte de um  projeto sobre o meio ambiente. Desde então, sou completamente apaixonada pelo filme desse robozinho que roubou meu coração. Tanto pelo romance, como pela lição que fica dele.

 

✯ ۩۞ ۩ ✯

Então Corujinhas, espero que vocês tenham gostado dessa lista, pois nela estão meus filmes favoritos. Sério, sou do tipo que prefere animações a filmes mesmo. Cada um desses filmes faz parte de um período da minha vida. Beijossss. Até a próxima.

| LISTA | 05 livros que retratam o câncer.

Oii amores, tudo bom com vocês? Hoje é dia de mais uma lista em parceria com a Keth (Parabatai Books). Normalmente, há muitas campanhas para a prevenção dos mais variados tipos de câncer. Esse mês é  o Novembro Azul que fala sobre prevenção do câncer de próstata. Mas como o azul é uma cor que evoca esperança, esse mês mostrar livros que falem do câncer em geral pois é sempre bom bater na tecla da prevenção. Então, apesar da cor predominante dos posts, esse mês vai ser pontuado por — entre outras coisas — um manifesto a favor de quem luta contra e para a prevenção do câncer.

Na lista de hoje, escolhi cinco livros que falam sobre o câncer com personagens que me pareceram fortes para lutar contra a doença. Mas são personagens que acima de tudo se mostraram altruísta e sonhadores mesmo com todas as dificuldades que enfrentaram.

Vamos lá?

1. Antes De Partir – Colleen Oakley.

image

Sinopse: Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

O primeiro livro tem uma história clássica de amor ao próximo e altruísta. A personagem principal, Daisy, me parece porem estar fragilizada pois embora queira estar no controle da situação de seu marido, ela parece perder um pouco de si ao se recusar a olhar para os dois e ver que talvez ele queira ficar perto dela sem se preocupar com o depois. Fico curiosa com o desenrolar de tudo.

2. A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar – Esther Earl, Lori e Wayne Earl.

image

Sinopse: Diagnosticada com câncer da tireoide aos doze anos, Esther Grace Earl era uma adolescente talentosa e cheia de vida. Fazendo jus ao nome, que em persa significa “estrela”, ela marcou todos em seu caminho com sua generosidade, esperança e altruísmo enquanto enfrentava com graciosidade o desgaste físico e mental causado pela doença. Filha, irmã e amiga divertida, alto-astral e inspiradora, Esther faleceu em 2010, logo após completar dezesseis anos, mas não sem antes servir de inspiração para milhares de pessoas por meio de seu vlog e dos diversos grupos on-line de que fazia parte. A estrela que nunca vai se apagar é uma biografia única, que reúne trechos de diários, textos de ficção, cartas e desenhos de Esther. Fotografias e relatos da família e de amigos ajudam a contar a história dessa menina inteligente, astuta e encantadora cujos carisma e força inspiraram o aclamado autor John Green a dedicar a ela sua obra best-seller A culpa é das estrelas.

Apesar de não ser a maior fã de A Culpa É Das Estrelas, tenho que admitir de que mesmo apenas lendo a sinopse da biografia garota que inspirou o livro me deixa emocionada. A história de Esther é inspiradora e mesmo não curtindo o gênero, quero sim dar uma chance ao livro e conhecer um pouco dessa garota maravilhosa.

3. Como Viver Eternamente – Sally Nicholls

image

Sinopse: Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.

Acho que esse deve ser o livro mas fofo da lista. Por se tratar de um livro sobre uma criança, não deve conter apelos de romance romântico o que me deixa encantada com a premissa do livro. A abordagem da autora é a utilização de problemas comuns à idade do jovem Sam. O que representa o quão normal uma criança pode ser condições.

4. A Mais Pura Verdade -Dan Gemeinhart.

image

Sinopse: A Mais Pura Verdade – Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça. A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Também narrado em segunda pessoa, a mais pura verdade me tocaria mas por outro motivo. O livro não parece ser leve e sim pautado de emoções mais pesadas como raiva e sofrimento. Mas também é um livro que fala de autoconhecimento onde um garoto utrapassa as barreiras que a sociedade criou para ele.

5. Um Amor Para Recordar – Nicholas Sparks.

image

Sinopse: Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.

Um Amor Para Recordar é um dos meus livros favoritos. Ler esse livro foi uma experiência única que somente Nicholas Sparks poderia nos proporcionar.  O autor nos apresenta dois personagens que vão além do simplório mesmo que tenham uma relação cliché de badboy + garota tímida. Mas nesse livro o que esta em jogo é o crescimento que todos os personagens possuem durante esta trajetória.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Bom amores, essa foi a lista de hoje espero que tenham gostado. Não se esqueçam de ver a lista da Keth também.  E caso tenham alguma sugestão de quais listas queira ver aqui no blog fique à vontade para deixar nos comentários. Beijos.

| LISTA | 05 livros de terror.

Oii amores, tudo bem com vocês? Hoje é dia de mais uma lista aqui no blog em parceria com a Keth (Parabatai Books). Não deixem de conferir a lista dela também. Como, hoje é dois de outubro, início do mês de Halloween, a lista é sobre livros de terror. Vou adicionar alguns que pretendo ler este mês. Espero que vocês gostem.

1. O Bazar dos Sonhos Ruins — Stephen King.

image

Esse livro pretendo ler juntamente com a Keth esse mês e é uma coletânea de contos de terror. Como amei ler o livro It – A Coisa nesse semestre, espera gostar da leitura do livro também.

2. Fantasmas do Seculo XX — Joe Hill.

image

Esse livro de Joe Hill está na minha lista à alguns anos e finalmente espero conseguir ler ele. Parece ser maravilhoso e cheio de terror. Vamos ver se ele consegue me assustar pois até agora nenhum livro que li conseguiu essa façanha.

3. Frankstein – Mary Shelley

image

Para a TBR de livros que pretendo ler no Desafio Literário Cultura, este é o dessa semana para completar o ítem “Um livro que foi proibido de ser lançado”.

4. O Verão Das Bonecas Mortas — Toni Hill.

image

Quando eu vi esse livro pela primeira vez fiquei maluca por ele apesar da capa ser bem feia. Mas o título e a premissa (Praticamente Chuck ataca novamente) me chamaram bastante a atenção. Espero gostar bastante dele.

5. O Manuscrito — Chris Pavone.

image

Por fim, O Manuscrito eu descobri pelo acaso e embora não tenha certeza se ele é de terror ou suspense quero ler esse mês. Afinal de contas todos os detalhes de capa e me chamam bastante a atenção de que seja esse o gênero.

 

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

 

Então gente, essa foi a lista desse mês. Espero que vocês tenham gostado. Não se esqueçam de ver a lista da Keth também. Beijos.

| LISTA | 05 Livros esquecidos mas maravilhosos.

Ooi amores. Hoje a lista em parceria com a Keth (Parabatai Books) traz uma temática diferente. Sabe quando você amou bastante um livro, mas a medida que outros do gênero foram chegando ele acabou ficando “esquecido” na estante e na sua memória? Na lista de hoje vou resgatar os meus amadinhos esquecidos e não esqueçam de verem também a lista da Keth. E a propósito, como o blog é feito para termos um bom bate-papo sobre livros e o mundo mágico deles, em todos os posts, sintam-se mais que à vontade para deixar sugestões. Ou se prefirem entre em contato pelo email.

 Vamos começar??

01. Percy Jackson e O Ladrão de Raios de Rick Riordan.

image

Por algum motivo, eu nunca falo de Percy Jackson aqui no blog ou no instagram ou em qualquer rede social. Mas na época que li a série, e até hoje, Percy e seus amigos se tornaram um dos meus favoritos no gênero e fora dele. No primeiro livro, chamado de O Ladrão de Raios, Percy Jackson descobre ser um semideus filho de Poseidon. Para salvar não só sua mãe, mas também o mundo do colapso, Percy, a filha da deusa da sabedoria Annabeth e o sátiro Grover partem em uma jornada onde os monstros são apenas o começo dos seus perigos. O livro vai do humor a ação de modo que a história é leve e ao mesmo tempo impactante. 

02. O Cão de Baskervilles de Sir Arthur Conan Doyle.

image

Sherlock Holmes é Sherlock Holmes. Dentre os meus livros favoritos de todo o sempre, o detetive mais brilhante do mundo logicamente está incluso. O engraçado é que o próprio Conan Doyle não gostava do personagem, considerando-o como um personagem corriqueiro que ironicamente foi seu maior sucesso. Outra boa curiosidade também é que Doyle nunca escreveu a frase Isto é elementar meu caro Watson tão comumente atribuída ao detetive. Em realidade, essa fala vem das peças que foram feitas com o personagem. Na obra O Cão dos Baskervilles, Holmes se depara com um caso sobrenatural. Um cão de aparência demoníaca vem matando pessoas da região. Mas nosso detetiva não se deixa abater, e mesmo lidando com o místico, utilizando a lógica Holmes fará de tudo para desvendar o mistério.

03. Reiniciados de Terry Teri.

image

A série Reiniciados de Terry Teri é fantástica. A uns anos atrás vocês devem se lembrar que estávamos na onda da distopia. Depois do lançamento de Jogos Vorazes de Suzanne Collins, surgiram pelo menos algumas dezenas de trilogias que envolviam um mundo distópico. Mais ou menos nesse época, eu me pus a ler várias dessas distopias, e além da trilogia citada, Reiniciados me marcou bastante. Terry desenvolve um mundo onde não apenas a ação está envolvida, mas também os mistérios e o nosso psicológico. Assim como Kyla, me senti perdida no livro pois todas pessoas pareciam suspeitas. Não dá pra confiar em niguém.

04. Feita de Fumaça e Osso de Laini Taylor.

image

De todos os livros ficção romântica que já li, Feita de Fumaça e Osso é meu favorito. A trilogia criada por Laini Taylor não só modificou tudo que eu achava que sabia sobre ficção, como também criou um mundo repleto de significados e história. O livro irá contar a história de Karou, uma garota de cabelos azuis que de dia é uma simples estudante de arte e a noite tem a secreta missão de conseguir dentes para as quimeras com quem mora. Até que um dia, ela conhece o serafim Akiva. Inimigo do povo das quimeras, Akiva esconde em seu passado uma história tão sombria sobre amor e morte que mudará a vida de Karou para sempre.

05. Ex-Heróis de Peter Clines.

image

As primeira vista a história elaborada por Peter Clines parece ser bem boba. Em um mundo de zumbis, os super heróis tentam manter a paz e as pessoas. Na descrição da capa o livro, realmente podemos ter uma explicação muito concreta: Os vingadores encontram the walking dead para uma batalha épica. Mas o livro se trata de muito mais que isso. Tem realmente uma história ali. Uma história que vai além de apenas mortos vivos caminhando e pessoas o matando. A história é super bem elaborada e cada página o autor muda o mundo que conhecemos sobre os zumbis e super-herois.

Essa foi a lista dessa semana amores, espero que tenham gostado. Mil beijos. Até a próxima.

| LISTA | 05 Livros Para Ler No Verão

Oii gente. Eu e a Keth (Parabatai Books) estamos de volta com as listas para vocês depois desse longo mês de recesso. Agora ao invés de sair nos dias 30 de cada mês, para ficar mais organizado decidimos deixa-las na segunda sexta feira de cada mês. Nesse mês, vamos fazer listas opostas. A Keth vai trazer no post dela livros para ler no inverno e eu no verão, já que estamos nesse chove/calor. Espero que gostem.

Vamos começar?

01 👑 O Teorema Katherine

image

Muitas pessoas não gostam desse livro, mas eu o considero um dos melhores livros de romance levinhos do Young Adult para se ler. É uma história simples e bem contada sobre nada mais nada menos que o término de um namoro. Além do fato que Colin, Hassan e Lindsay são hilários.

02 👑 Nove Regras A Ignorar Antes de Se Apaixonar

image

Mais ou menos há dois meses eu li o primeiro livro da série da Os Números Do Amor da Sarah MacLean e fiquei absolutamente encantada por ele. Foi o melhor da trilogia e além de ser um livro leve e divertido é também quente combinando perfeitamente com esta época do ano.

03 👑 Simon Vs A Agenda do Homo Sapiens

image

O livro de Becky Albertalli conta a história de um garoto gay que ainda não conseguiu contar as pessoas sobre isso, mas que um dia o ser chantageado com este segredo Simon começa a pensar em se libertar das amarras. Este livro foi de certa forma, uma grata surpresa. Já havia lido um livro com o tema de homossexualismo antes e o achado bem estereotipado. Mas Simon Vs A Agenda do Homo Sapiens foi interessante e promissor.

04 👑 A Noiva Devota

image

Acho que em quase todas as listas que dê margem a romance ou comédia eu vou acabar por citar um livro da Mari Scotti. É uma das minhas autoras favoritas e o livro de Rosalina está no top cinco dos meus favoritos da autora. Leve e apaixonante, foi bem diferente perceber como a autora desenvolveu a história de modo nenhum pouco convencional.

05 👑 O Diário da Princesa

image

Todo mundo já assistiu Anne Hathaway como Mia e ficou apaixonado pela princesa de Genóvia. Imagine ler o diário da princesa e entrar em sua cabeça? Esse livro foi maravilhoso e de certa forma surpreendente. Muita coisa das telonas é bem diferente da obra, mas nem por isso os livros são inferiores. Com uma narrativa simples, Meg Cabot encanta.

⁝⁞⁝⁞⁝⁞⁝⁝⁝⁞⁝⁞⁝⁞⁝⁝⁝⁞⁝⁞⁝⁞⁝

Então é isso. Espero que tenha gostado da lista e sentido vontade de ler uma dessas obras. Até a próxima. Beijos.

| LISTA | Dez Livros Nacionais.

Ooi gente. Tudo bom com vocês? Mês passado teve um comentário super especial de uma leitora do blog, que está em projeto de leitura nacional, pedindo uma lista de livros com o tema. Como o pedido de vocês é uma ordem, eu a Keth do Parabatai Books vamos indicar Dez Livros Nacionais com livros diferentes nos nossos blogs. Então não esqueçam de ver a dela.

Para minha lista, como normalmente não leio nacionais e como também nem sempre os que leio acho indicaveis para todos os gostos, escolhi cinco livros que eu já li e mais cinco que eu pretendo ler até o final desse ano. Espero que gostem.

Vamos começar?

01. Até Eu Te Possuir – Soraya Abuchaim.

image

Li este livro ano passado e mais um da Soraya que foi o A Vila dos Pecados este ano. Mas meu queridinho é o primeiro livro dela que me deixou em estado de choque. Se você esta procurando um suspense; este é o livro.

02. O Cobiçado – Mari Scotti.

image

De todos os livros que tive a oportunidade de ler da Mari Scotti (Série Sonhos e Os Hallisons) esse livro é simplesmente o meu favorito. Amei o modo como a Mari conduziu a história, havendo não só amor, mas todos os tipos de sentimentos misturados com músicas, deixando assim a leitura maravilhosa.

03. Procura-Se Um Marido – Carina Rissi.

image

Se não contar o Quando A Noite Cai que foi o último livro lançado pela autora, a Carina Rissi figura entre as que eu mais li e das minhas mais queridas. Sempre que estou querendo algo mais leve e perfeito recorro a ela. O livro que eu mais gosto da autora é Procura-se Um Marido. É um livro que fez muita diferença na minha fase inicial de leitora voraz e que eu carrego com muito amor no coração.

04. Bento – André Vianco.

image

A trilogia Bento de André Vianco me tirou o fôlego. O engraçado é que eu nem esperava tanto do livro, pois como se trata de uma série de vampiros, podia jurar que seria uma porcaria (afinal, eu possui experiências bem ruins com tais livros). Mas o livro me surpreendeu três vezes seguidas. Quando pensava que nada maia poderia acontecer, o livro me pegava de jeito.

05. Terras Metálicas – Renato C. Nonato.

image

Muitas pessoas nunca leram este livro e sinceramente não entendo o porquê. Terras Metálicas é um dos melhores livros nacionais que tive a oportunidade de ler. É uma distopia que mistura ficção científica com bastante ação. Achei o livro surpreendente de várias formas.

06. Confissões de Uma Garota Excluida, Mal-Amada E (Um Pouco) Dramática – Thalita Rebouças.

image

Eu nunca li nada da Rebouças. Nem um conto, nem nada. Já pensei em começar com a série Fala Sério contudo nunca realmente peguei o livro pra ler. Esse Confissões… eu descobri através do canal Nuvem Literária assim como seu sucessor. Espero lê-lo em breve.

07. O Garoto Dos Olhos Azuis – Raiza Varella.

image

A Raiza Varella é uma queridinha do instagram e tem certo tempo que venho namorando as capas da trilogia Encantados pelas fotos postadas. Além da capa maravilhosa, o livro parece ser emocionante.

08. Marcada À Fogo – Josy Stoque.

image

Assim como Thalita Rebouças eu nunca li nada da Josy Stoque embora tenha algumas obras no Kindle. A autora escreve livros com pegadas eróticas. Gosto bastante de livros desse gênero, mas tem um tempo que nenhuma obra assim tem me agradado. Espero reverter isso com a série Os Quatro Elementos.

09. Jantar Secreto – Raphael Montes.

image

Eu sou uma fã incurável de suspense e desde que descobri Jantar Secreto não consigo tirar ele de minha cabeça. Estou louca para comprar e fazer a leitura desse livro que parece divino.

10. Sábado À Noite – Babi Dewet.

image

Esse livro está na minha lista há vários anos. Mas dessa vez eu irei lê-lo. Apesar de ser um pouco clichê, o livro de Babi Dewet me chama atenção. Acho que porque música em obras me faz sonhar um pouco mais e me sentir mais próxima da personagem.

°°*•*•*•*°°

Então gente essa foi minha lista de livros nacionais. Espero que tenham gostado, pois eu amei escrevê-la. Não se esqueçam de ver a lista da Keth e de ficarem de olho nas nossas novidades.

Beijos.

| L.I.S.T.A. | 05 Livros Para Ler Este Ano

Oi gente! Como vão? Vou finalmente retornar as listas com cinco livros para ler esse ano. Aqueles livros que temos necessidade de ler seja porque vai no cinema ou mesmpo que desejamos muito contemplar a leitura. Essa lista tem muita cara de janeiro, mas como eu sou universitária meu ano literário começa nas férias e por isso vou aproveitar para ler bastante.

Confira as respostas abaixo.

1. Corte de Espinho e Rosas da Sarah J. Maas.

Esse é um livro que tenho enrolado para ler porque queria ler ele físico. Porém deste ano não passa! Preciso ser ele e consequentemente seu sucessor Névoa e Fúria.

image

Sinopse: Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

2. The Kiss Of Deception de Mary E. Pearson.

Outro livro que tenho bastante vontade de ler e que está na lista desse ano é este da série As Crônicas de Amor e Ódio que me parece ser um ótimo livro, ainda mais agora que descobri que o livro não é tão romântico quanto aparenta.

image

Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro.

3. Loney de Andrew Michael Hurley.

Esse livro eu descobri no blog da Cris (Platarforma 9¾) e desde então me pego querendo ler ele. Finalmente, esse ano, vou realizar essa leitura que deve ser incrível.

image

Sinopse: Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era criança e visitou o lugar. À época, a mãe de Smith arrastou a família para aquela região numa peregrinação de Páscoa com o padre Bernard, cujo antecessor, Wilfred, morrera pouco tempo antes. Cabia ao jovem sacerdote liderar a comunidade até um antigo santuário, onde a obstinada sra. Smith crê que irá encontrar a cura para o filho mais velho, um garoto mudo e com problemas de aprendizagem. O grupo se instala na Moorings, uma casa fria e antiga, repleta de segredos. O clima é hostil, os moradores do lugar, ameaçadores, e uma aura de mistério cerca os desconhecidos ocupantes de Coldbarrow, uma faixa de terra pouco acessível, diariamente alagada na alta da maré. A vida dos irmãos acaba se entrelaçando à dos excêntricos vizinhos com intensidade e complexidade tão imperativas quanto a fé que os levou ao Loney, e o que acontece a partir daí se torna um fardo que Smith carrega pelo resto da vida, a verdade que ele vai sustentar a qualquer preço.

4. O Silêncio dos Inocentes de Thomas Harris.

Meu gênero favorito é o suspense. A maioria dos meus livros são de suspense. E mesmo assim, eu nunca li esse livro. Dá para acreditar? Esse ano eu mudo isso.

image

Sinopse: Cinco mulheres são brutalmente assassinadas em diferentes localidades dos Estados Unidos. Para chegar até o sanguinário assassino, uma jovem treinada pelo FBI entrevista o Dr. Hannibal Lecter, um brilhante psiquiatra, cuja mente está perigosamente voltada para o crime. Ao seguir as pistas apontadas por Lecter, a jovem se vê envolvida numa teia mortífera e surpreendente.

5. Brooklyn de Cólm Tóibín.

Esse livro possuí um filme que nunca assisti. Mas através de um trailer presente no meu DVD de Jogos Vorazes – A Esperança – Parte Dois, eu conheci o livro que dizia que tinha base no filme homônimo. Desde então tenho muita vontade de ler a obra.

image

Sinopse: No início dos anos 1950, a Irlanda não oferece futuro para jovens como Eilis Lacey. Sem encontrar emprego, ela vive na pequena Enniscorthy com a mãe viúva e a irmã Rose. Mas eis que o padre Flood lhe faz uma oferta de trabalho e moradia no Brooklyn, Estados Unidos. De início apavorada com a ideia de sair do ninho familiar, ela acaba partindo rumo à América. Triste e solitária em seu novo mundo, a tímida Eilis acaba por estabelecer uma rotina de trabalho diurno e estudo noturno na faculdade de contabilidade. No baile semanal da paróquia, conhece um jovem de origem italiana que aos poucos entra em sua vida. Mas quando começa a se sentir mais livre e segura, Eilis é obrigada a voltar, por algumas semanas, para Enniscorthy. E ali ela se vê, mais uma vez, diante de uma escolha que poderá modificar sua vida.

︻︼︻︼︻ ︻︼︻︼︻ ︻︼︻︼︻

Gostaram?

Não vou marcar nenhum blog para fazer, mas adoraria ver as respostas de vocês caso façam. Então se for fazer deixa um comentário. Mil beijos.

[L.I.S.T.A] 05 Livros Com Finais Desastrosos. 

Oii gente. Boa noite. Como vão? Espero que estejam tendo ótimas leituras e que todos os dias sejam como ganhar livros novos. Hoje estou aqui para mais uma lista em parceira com a Ket (Blog: Parabatai Books) e dessa vez é pra falar sobre livros com finais desastrosos. Desastrosos é uma palavra abrangente, mas eu escolhi o significado mais literal da palavra relacionados a livros que foram bons em suma, mas que o final de alguma forma foi ruim.

1. Estilhaça-me – Tahereh Mafi.

image

Apesar de ter gostado bastante do enredo da o primeiro livro da serie homônima de Mafi, eu não gostei muito do final porque o achei bem forçado para dizer a verdade. Mais ou menos o último capítulo da história que me remeteu a uma coisa meio X-Men e que, puxa a vida, foi bem ridículo. Acho que esse é o principal motivo de eu não ter tido interesse para ler as continuações dos livros (além do spoiler que eu recebi), embora volta e meia eu tento meio que me forçar a dar continuidade a história par desvendar se vou até o fim com ela ou não.

2. A Cura Mortal – James Dashner.

image

Este livro é daquele tipo 8 ou 800. Ou você gosta muito ou vai detesta-lo. No meu caso foi a segunda opção que me ocorreu. Isto porque o final (entre aspas) de Maze Runner foi – na falta de palavra melhor – “broxante”. Eu esperava muito mais da série e nada me tira da cabeça que o autor simplesmente não fazia a menor ideia de como terminar os livros, pois as perguntas que deviam ter sido respondidas nesse desfecho da história do Thomas não foram – e nem no livro seguinte para falar a verdade – e isto torna o final do livro desastroso.

3. A Escolha – Kiera Cass.

image

Outro livro que eu gostei bastante do enredo e da história em si, só que assim como Maze Runner foi mal acabada. Eu parto do princípio que o autor tem um pacto com o leitor e que os finais podem ser abertos em determinadas situações que seriam de certa forma compreensíveis – como é o caso de Caixa de Pássaros que é óbvio que tinha que ser daquela maneira -, mas quando se trata de uma questão levantada pelo autor aí seria outros quinhentos. E foi por isso que achei desastroso, porque embora a parte romântica do livro tenha sido abordada e terminada com bastante “classe” pela autora, não é possível dizer a mesma coisa sobre o ambiente político que foi resumido a praticamente ⅓ de página pela autora e eu não gostei em nada disso.

4. Extraordinário – R. J. Palácio.

image

Esse, me julguem, mas eu não gostei. Achei muito clichê pro meu gosto. Apesar do final não ter sido ruim ou sem noção, eu fiquei decepcionada com ele porque eu esperava muito mais da história porque todos me diziam que o livro fazia juz ao seu nome sendo surpreendente. Mas sério, eu não vi nada realmente diferente nele. Apenas um punhado de uma história que eu já vi em vários lugares: um garoto com “deficiência” que é meio que odiado por ela mas que no fim das contas se prova mais do que isso, em outras palavras: Clichê.

5. A Ira dos Anjos – Sidney Sheldon.

image

Um dos meus autores favoritos de todos os tempos é o Sidney Sheldon que sempre soube conduzir ótimas e histórias e por esse motivo sempre me fez esperar bastante dele. No livro A Ira dos Anjos, o problema foi o livro quase todo, mas especialmente o final que eu achei um tanto fora da casinha. E por isso, este livro acabou entrando aqui nesta lista, como um livro de final desastroso pois eu realmente não consegui gostar do final dado pelo autor a este livro.

Então gente esses foram os livros que eu escolhi. Epero que tenham gostado. Beijos.