Arquivo da categoria: Fictisney

(Fictisney) As melhores músicas dos vilões.

Oi Corujinhas.

Em Fictisney passados havia listado algumas das minhas músicas favoritas da Disney. Mas notei que, em suma maioria, eram músicas de heróis. Dessa forma, o objetivo desse post é ovacionar as músicas cantadas pelos vilões. Como no post anterior, serão as músicas em português (porque sou do contra e amo as dublagens) para facilitar o entendimento tanto de que não fala o idioma quanto de quem pretende assistir com as crianças.

Vamos começar?

1. Sua mãe sabe mais – Mamãe Gothel – Enrolados.

 

 

 

 

 

2. Corações infelizes – Ursula – A Pequena de Sereia.

 

 

 

 

 

3. Não há igual a Gaston – LeFou – A Bela e a Fera.

4. Se Preparem – Scar – O Rei Leão.

 

 

5. No Escuro da Noite – Rasputtin – Anastasia.

 

 

 

7. Brilhe – Tamatoa – Moana.

 

8. Fogo no Inferno – Frollo –  O Corcunda de Notre Dame.

9. Amigos Ocultos – Homem de Sombras – A Princesa e o Sapo

 

 Menção honrosa: Sua Mãe Sabe Mais (Reprise) – Mamãe Gothel – Enrolados.

 

Espero que tenham gostado Corujinhas.
Beijos.

( Fictisney ) Pinóquio

Olá Corujinhas.

transferirNo Fictisney de hoje vamos desvendar os segredos da produção do filme Pinóquio lançado pela primeira vez 1940 pelo Walt Disney Animation. Participante da primeira era de ouro da Disney, o filme é considerado um clássico infantil, com várias lições ao longo do caminho.

O filme teve a direção chefiada por Hamilton Leske, responsável também por outras animações como Alice No País das Maravilhas. O orçamento para criação da película foi de 2,6 milhões de doláres, mas só conseguiu metade do dinheiro de volta com o lançamento devido a situação sombria que o mundo passava naquela época. Apesar disso, Pinóquio é considerado por Walt Disney como sua maior realização, bem como uma das maiores realizações no mundo da animação.

1.gifInicialmente, os grandes custos podem ser colocados pela grandeza do plano original em contraponto ao que realmente foi lançado. Vários personagens foram considerados, mas descartados em seguida pela insatisfação de Walt Disney. Apenas mais tarde, a história tomaria os moldes do que é hoje,principalmente ao personagem do Grilo Falante (a consciência) que teve a participação ampliada tornando-se o centro da história.

Albert Hurter fez o design inicial dos personagens e objetos que ficariam em destaque na obra. A marca do desenhista pode ser encontrada na oficina do Gepeto, em que todos os objetos foram criados para se assemalharem ao rosto de uma criatura vida. Entretanto, a proeminência do design pode ser vista quando voltada a arte de Gustaf Tenggren, em que a composição é feita por um efeito dinâmico chamado “lente olho de peixe”, onde a profundidade é enfatizada pelo exagero da perspectiva, e os valores e os edifícios são caracterizados por bordas afiadas e imaculadas.

cena-da-animacao-pinoquio-de-1940-original1

Em relação a trilha sonora do filme, as músicas foram compostas por Leigh Harline e as letras escritas por Ned Washington. A canção da Fada Azul é a mais conhecida principalmente por ser a canção usada pela Disney na apresentação de seu castelo. Em volta dela,existe uma pequena teoria em que a seria Fada Azul responsável por criar a Terra do Nunca de Peter Pan.

Quando você faz um desejo a uma estrela
Não faz diferença quem você é
Qualquer coisa que seu coração deseja
Virá até você
Se o seu coração está no seu sonho
Nenhum pedido é demasiado extremo
Quando você faz um desejo a uma estrela
Como sonhadores fazem.

Através da história, Pinóquio se tornou o filme mais aclamado da Disney de todos os tempos. Foi o primeiro filme de animação a ganhar em um Oscar em uma categoria competitiva, além de ser classificado pela American Film Instute como a 2ª animação mais importante da história do cinema. When A Wish Upon Star foi classificada em sétimo lugar como uma das músicas mais marcantes do cinema de todos os tempos.

Pinóquio teve cerca de cinco relançamentos. Ainda hoje, suas mensagens são usadas nas escolas para incentivar os alunos a respeitarem os pais, irem para a aula e não confiarem em estranhos. Mas mais do que isso, sua mensagem principal é de acreditar em sonhos, por mais impossíveis que estes possam parecer.

 

(Fictisney) Branca de Neve e Os Sete Anões

Oi Corujinhas lindas. Finalmente vamos entrar na parte que eu mais esperava no Fictisney que é falar um pouco mais das animações produzidas pelo estúdio e seus afiliados. Muito embora saiba que a Disney tem grandes produções de séries e filmes, vou focar primeiramente nas animações que são responsáveis pela minha grande paixão pela produtora. Vou tentar ir na ordem cronológica e esses posts serão diferentes do Algo à Ver. Em vez de resenhar as películas, vou dar uma opinião breve, falar sobre as músicas e curiosidades envolvendo os filmes e as produções.

Espero que gostem.

╔═══════ ≪ ∘°❉°∘ ≫ ═══════╗
O Filme
╚═══════ ≪ °∘❉∘° ≫ ═══════╝

Branca de Neve e os Sete Anões foi a primeira animação à ser lançada em formato de longa-metragem pelo estúdio Walt Disney, sendo baseada no conto clássico “Branca de Neve” dos Irmãos Grymm. Ainda hoje é um dos maiores sucessos do estúdio, principalmente por conta dos musicais.

kisspng-seven-dwarfs-snow-white-mickey-mouse-winnie-the-po-snow-white-and-the-seven-dwarfs-5ac57c55ced363.8998201415228918618472.jpg

O filme iniciou sua pré-produção em 1934. O script inicial possuía vinte e uma páginas roteirizadas pela equipe de Richard Creedon, que desejava que as situações fossem engraçadas não havendo a obscuridade do conto original. Foi Walt Disney quem sugeriu que os anões – seus personagens favoritos no projeto – tivessem nomes e personalidades idênticos. Os nomes dos foram selecionados a partir de um grupo de cerca de cinquenta nomes dos quais foram eleitos os que conhecemos hoje: Mestre, Zangado, Atim, Soneca, Dengoso, Feliz e Dunga, que foi o último a ser escolhido mas se tornou o mais popular dos anões.

Dalva de Oliveira
Dalva de Oliveira

Os desenhos que compunham as animações, foram de responsabilidade do artista conceitual Albert Hurter. As canções foram compostas por Frank Churchill e Larry Morey. As mais famosas são Eu Vou, cantada pelos anões e Sonhando Assim, dueto cantado pelos protagonistas. No Brasil, a canção foi interpretada por Dalva de Oliveira.

No que diz à respeito da construção do enredo, Walt Disney queria que a história focasse bem mais nos anões, mas ficou decidido que se trataria da relação entre a Rainha Má e Branca de Neve. O foco na doce princesa fez bastante sucesso com o público, de modo que ainda nos tempos de hoje, Branca de Neve está no hall dos maiores sucessos da Disney.

Apesar disso, Snow Winter não é uma das minhas princesas favoritas, assim como seu filme não foi algo marcante para mim. Sempre gostei de personagens mais fortes ou pelo mais engraçadas. De modo que a sobriedade da princesa nunca me chamou tanta atenção. Mas claro que devemos ressaltar que o filme é reflexo da sociedade americana de 1937 quando foi lançado. Por ser dono de uma produtora recente, Walt Disney necessitava agradar o público à espera de uma donzela subserviente. Entretanto, apesar dessas ressalvas não posso deixar de observar os louros do filme que tem uma grande relevância não somente em favor da sua produção inovadora aos parâmetros tecnológicos da época, como também no caminho que abriu para a chegada das novas animações.

╔═══════ ≪ ∘°❉°∘ ≫ ═══════╗
Curiosidades
╚═══════ ≪ °∘❉∘° ≫ ═══════╝

❉ Branca de Neve e os Sete Anões foi relançado oito vezes nos anos de 1944, 1952, 1958, 1967, 1975, 1983, 1987 e 1993.
❉ No seu quinquagésimo aniversário em 1987, a Disney lançou um romance oficial da história, escrito pela autora infantil Suzanne Weyn.
❉ Em 1993, tornou-se o primeiro filme a ser totalmente digitalizado para arquivos digitais, alterado e gravado de volta ao filme.
Regina-the-evil-queen-regina-mills-35300006-2355-3143.jpg❉ O filme teve um arrecadamento total de US$ 418.200.000 milhões no seu lançamento original e relançamentos sendo uma das dez maiores bilheterias de todos os tempos.
❉ No Brasil, filme foi exibido na televisão aberta apenas uma vez na Sessão de Sábado, da Rede Globo no dia 25 de dezembro de 2010, cerca de 72 anos depois de sua estreia nos cinemas brasileiros.
❉ Houve um total de 106 performances na Broadway com a produção musical da Disney, Snow White and the Seven Dwarfs, (também conhecido como Snow White Live!)
❉ Os personagens de Branca de Neve ganharam vida na série americana Once Upon a Time, tendo Ginnifer Goodwin no papel de Branca de NeveJosh Dallas como Príncipe Encantado e Lana Parrilla como a Rainha Má.
❉ Em 2016, o estúdio anunciou um novo filme sob seu título de desenvolvimento, Rose Red, um spin-off em live-action que será contado sob o ponto de vista da irmã de Branca de Neve, Red Rose.

Espero que tenham gostado meus amores.
Beijos.

 

 

(Fictisney) Mickey Mouse

yHtAWRPQUqK3uWHhdgX56j8NwcIMickey Mouse é um personagem de desenho animado  lançado em em 1928  que se tornou o símbolo da The Walt Disney Company. Criado por Walt Disney e pelo ilustrador Ub Iwerks, muito embora não tenha sido planejado para ser um rato primeiramente. O personagem chamava-se Oswald e era um coelho, mas por conta dos direitos autorais, Disney teve que mudar sua aparência para a de um rato. Inicialmente batizado como Mortimer, mas teve o nome alterado por sugestão da esposa de Disney que considerava-o nome sério de mais para o personagem.

Mickey tinha a estreia prevista o curta Plany Crazy. Mas esta aconteceu somente desenho Steamboat Willie, o primeiro desenho animado sonoro, apresentado no Colony Theatre e, Nova Iorque, em 18 de novembro de 1928, para uma enorme plateia. Naquela época, seus olhos eram dois pontos pretos, suas orelhas eram longas, seu nariz  arrebitado e sua pele, esbranquiçada. No começo de suas aparações, Mickey era um personagem malandro. Ele bebia e fumava, sendo mulherengo e até mesmo roubando beijos. Mas com sua popularidade que surgiu logo depois de sua primeira aparição, Mickey assumiu uma personalidade politicamente correta por volta de 1930.

wayne-allwine-and-russi-taylor.jpgSua dublagem foi desempenhada pelo próprio Walt Disney nos primeiros anos. Depois e por James G. MacDonald que assumiu a vocalização do Mickey até meados de 1977, quando Wayne Allwine assumiu dublando o personagem até 2009. Atualmente, Mickey é dublado por Bret IwanUm fato curioso, é que Wayne Allwine a dubladora da Minie, Russi Taylor, se conheceram durante as dublagens e casaram-se vivendo longo anos juntos.

maxresdefault.jpgDisney considerava Mickey seu amuleto da sorte, pois foi através do personagem que o autor saiu da miséria. Rechaçou diversos comentários sobre “matar” e costumava brincar que amava Mickey Mouse mais do que qualquer mulher. Apesar do grande sucesso de Mickey, sua primeira aparição na televisão foi no especial de natal chamado “One Hour in Wonderland”.

Mickey foi o primeiro personagem de desenhos animados que foi amplamente licenciado para ter produtos já em 1930. sendo os primeiros um livro e um relógio, em 1933. De lá para cá, o rosto de Mickey é visto em diversos lugares, seja em materiais escolares, roupas infantis (e até de adultos) e muito mais.

imagesAlém do personagem original, sua trupe atual é composta por seus melhores amigos que apareceram em seus curtas ao longo das eras, sendo os principais Pluto e Pateta. Em certas histórias, Mickey costumava andar com o Pato Donald – e Margarida – e o grupo mora na mesma cidade, Patópolis.  Sua esposa Minnie aparece em quase todos os seus curtos e outro fato curioso, é que Disney afirmou que Mickey e Minnie são casados em segredo, de acordo por esse motivo algum de seus desenhos animados são de Mickey tentando reconquistá-la após ter feito uma burrada.

Mickey-Mouse-2.jpgTipicamente, Mickey aparece em calções vermelhos e sapatos amarelos, uma homenagem que seu criador fez à Ordem DeMolay, da qual era membro. Mas existem outras vestes famosas, como a do filme Fantasia em que Mickey aparece vestido como mágico.

A marca do Mickey é uma das mais lucrativas, sendo que existem milhares de bonecos, cadernos, roupas e produtos em seu nome. Além disso, Mickey também é o único personagem em desenho animado que possui uma estrela na calçada da fama de Los Angeles.


 

Espero que tenham gostado desse post.
Beijos.

(Fictisney) O que esperar do Disney+? 

Oi Corujinhas. O começo do ano sempre traz grandes novidades para todos nós. Uma delas, será o lançamento da plataforma de streaming da Disney que tem tudo para ser uma das melhores no meio. Claro que todos nós, DisneyLovers,estamos animados para essa novidade. Na verdade, acho que eu estava esperando esse lançamento, muito antes de saber que viria.

maxresdefault-vert.jpgDizer que a Disney é atualmente a maior produtora de Hollywood seria um eufemismo. Seja pelos muitos fatores de inovação, qualidade ou franquias a distribuidora se mantém em um status imperialista. Cada vez mais a Disney adquiri outras produtoras, de modo que não somente pela sua marca oficial (Walt Disney Pictures) apresente bons filmes, como também pelas associados que adquiriu pelo caminho. Associados estes que incluem películas da Marvel (que tem lançado as maiores bilheterias do cinema mundial) Pixar (e sua incansavél forma de surpreender em animações) e a Fox (responsável por muitas franquias de sucesso como X-Men).

Além de contar com a Lucas Filmes responsável pela produção de uma das maiores franquias de sucesso do cinema, Star Wars. Além disso, o Disney Channel elaborou grandes projetos ao longo dos anos, que marcaram a vida de muitos adolescentes: High School Musical, Hannah Montana, Sumny entre as estrelas e Os Feiticeiros de Waverly Place são nomes que nos fazem ter aquela pitadinha gostosa de nostalgia ao citar.

Dessa forma, o streaming da Disney deve se tornar um grande sucesso não somente pelas produções já conhecidas como também das que vão ser exclusivas. As apostas dizem que a plataforma deve competir direto com a Netflix (atualmente a maior na categoria) que têm lutado para manter séries e filmes em seu catálogo.

A plataforma deve ser lançada no segundo semestre de 2019 nos Estados Unidos, mas não duvida-se que ela deve chegar ao resto do mundo ainda neste ano. Estão sendo produzidas novidades que envolvem de tudo um pouco, inclusive a nostalgia tão associada a Disney ultimamente. As franquias adquiridas devem ser o carro-chefe da plataforma nos primeiros meses. Não obstante, já foi confirmada a primeira série live-action de Star Wars, chamada de The Mandalorian. Já através d’Os Vingadores podemos esperar uma série derivada dos deuses nórdicos, em que Loki (irmão do Thor e interpretado pelo Tom Hiddleston) será a peça central.

maxresdefault (2).jpg

Mas, sem deixar de lado os princípios de sua fundação, Monstro S. A. e High School Musical devem ganhar novos filmes e séries, musicais e animados, que fizeram do Disney Channel tão famoso. Além disso, live actions da Branca de Neve e Lilo & Stich forma confirmados como futuras produções]

Entretanto, nem tudo devem ser louros enquanto do Disney+ for lançado. Como ressaltado, a Netflix deve sofrer com a perda do conteúdo proposto pela concorrente e com isso estima-se também a desfiliação de parte dos usuários que não devem pagar por duas plataformas simultâneas. Além disso, o cinema pode perder seu brilho, pois enquanto na plataforma não há decréscimos dos lucos da produção, o cinema retém cerca de quarenta por cento do lucro das bilheterias tornando assim o lançamento de filmes direto no streaming mais viável que nas telonas.

Pensar no Disney+ causa incerteza sobre os caminhos do cinema mundial que são – sem sombras de dúvidas – parte fundamental no lazer de grande parte da população. Mas se retirarmos esse contra e analisarmos os prós, podemos esperar que as produções da Disney ganhem uma qualidade maior para se equiparar ao bom serviço oferecido pela concorrente vermelha. Só podemos esperar que seja uma competição saudável e que o espectador ganhe em qualidade na sua diversão.

(Ficstney) A história de um grande criador

 

Oi Corujinhas. Dando continuidade à nossa série de posts sobre a Disney, hoje vamos falar um pouco da história inspiradora do criador desse mundo maravilhoso que tanto amamos.

Walt_Disney_2Em 5 de dezembro de 1901, nascia Walt Disney em Chicago. Nos primeiros momentos da infância, Walt passava a maior parte do tempo na fazenda de seus pais em Marceline no Missouri. Por ser filho de um homem muito severo e depois de descobrir que não possuía certidão de nascimento, cresceu acreditando que era filho adotivo o que influenciou suas escolhas e suas produções no futuro. Aos 16 anos, Walt começou a estudar arte 1917 e participou da Ordem Demolay (uma sociedade discreta criada por Frank Sherman Land a partir princípios filosóficos, fraternais, iniciáticos e filantrópicos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos incompletos). Tentou alistar-se no exército, mas foi recusado por não ter idade suficiente e acabou alistando-se na Cruz Vermelha, aonde trabalhou como motorista de ambulância durante a Primeira Guerra Mundial na França. Ao retornar aos Estados Unidos, matriculou-se na Kansas City Arts School e em seguida trabalhou em agências publicitárias. Seu primeiro passo na carreira cinematográfica, foi entrar para uma companhia do qual ajudava a criar as propagandas de divulgação.

1180w-600h_walt-first-fairy-tales-780x440Em 1921, com o irmão Roy e um amigo criou uma pequena produtora chamada Laugh-O-Gram que animava contos de fadas, exibidos em cinemas locais antes dos filmes. Exatamente como na atualidade em que os curtas produzidos pela Disney, aparecem antes do filme principal. Em 1923, a companhia mudou-se para Hollywood e foi rebatizada se tornando a Disney Brothers Cartoon. Walt Disney contatou a distribuidora de filmes M. J. Wrinkler, que não somente aceitou a oferta de compra de suas animações, como também pagou mil e quinhentos dólares por cada filme.

09fb22ac718f4ea12900742395dc75df
Oswald, O Coelho Sortudo

A partir desse fundo, Walt Disney começou a fazer desenhos em série como Alice e Oswald, O Coelho Sortudo que posteriormente se transformaria no personagem Mickey. Acontece que o patrão de Walt percebeu o sucesso dos desenhos então se apropriou das duas ideias de séries de Disney, que, a partir dos esboços de Oswald criou o personagem que mudaria a história dos estúdios para sempre.

bh2T5Sd
Mickey Mouse, originalmente

Como forma de superar a fase difícil, Walt em 1928 criou Mickey Mouse, como forma também de competir com outro desenho da época: Gato Félix. Mickey criado a partir de três circulos logo ganhou espaço e se tornou carro-chefe da indústria. A produtora passou a ser mais bem organizada e em 1927 alavancaram-se. Ja se havia inventado o filme sonoro. Poucos anos depois, inventou-se o filme colorido. Disney e seus assistentes utilizaram as novas técnicas com muita imaginação.

400x300_519ec510d2a66
Flores e Árvores

Entre os anos de 1929 à 1939, Disney produziu uma série de desenhos chamada Silly Symphonies (Sinfonias Tolas), a primeira colorida ao qual Mickey estrelava. O desenho Flores e Árvores, dessa série, recebeu o Oscar de melhor curta-metragem de animação no ano de 1932.

entertainment-2016-03-snow-white-disney-main.jpgMas foi em 1936 que tudo mudou pela primeira vez. Walt Disney que pretendia fazer um longa metragem de animação, lançou Branca de Neve e Os Sete Anões, que demorou três anos para ser concluído. O sucesso do desenho foi extraordinário e com os fundos, um novo estúdio foi comprado e novas longas foram criados. Mas o sucesso foi interrompido pela Segunda Guerra Mundial que causou a falência da empresa. Com a entrada dos Estados Unidos na guerra, Disney — convidado pelas Forças Armadas —, fazia filmes quais utilizava seus personagens mais conhecidos. Devido às suas atividades contra o comunismo, em 1949 o governo soviético proibiu a exibição de filmes dos Estúdios Disney no país, causando uma derrocada na entrada do capital financeiro. As animações eram mais caras do que se podiam pagar.

tumblr_ms7i8bhbxt1rpcpwho1_500.gifEm 1945, depois da guerra, Walt Disney estava com sua empresa arruinada. Era hora de tomar uma difícil decisão. Poderia vender as ações de sua empresa e sair dela com alguma renda, ou arriscar tudo e produzir mais um filme na esperança de gerar um sucesso. Claro que Walt escolheu a segunda opção e em 1947 lançou Cinderella que fez um sucesso tão grande, que possibilitou a compra de um novo estúdio. Essa é chamada de Segunda Era da Renascença Disney.

mary-poppins-julie-andrewsWalt Disney a partir daqui não ficou mais apenas com desenhos animados, produzindo longa metragens com atores. O primeiro foi A Ilha do Tesouro em 1951. Treze anos mais tarde produziu a Mary Poppins que levou cinco óscares, incluindo o de melhor atriz.

Em 1955 obteve um grande êxito em ao inaugurar um sonho em forma de parque. A Disneylândia na Califórnia. Em 1971 foi inaugurado um parque semelhante em Orlando, que se tornou o mais famoso: o Walt Disney World. Quase todos os brinquedos, desfiles e espetáculos desses dois parques baseiam-se nos personagens dos filmes de Disney.

Parque

Disney morreu em 15 de dezembro de 1966 em decorrência de um avançado câncer de pulmão. Seu corpo foi cremado dois dias depois, e suas cinzas foram enterradas Forest Lawn Memorial Park, em Glendale, Califórnia. Walt Disney transformou-se numa lenda, tendo criado, com a ajuda da sua equipe, todo um universo de referências no imaginário infantil e sucessivas gerações. Além disso, Walt Disney é a pessoa que mais ganhou prêmios Oscar em todos os tempos.

Em sua homenagem, em todos os desenhos de animações produzidos pela Walt Disney Cartoons, a cena de Mickey Mouse assobiando em Plane Crazy aparece.

(Fictisney) As melhores músicas da Disney Animation

Oi queridos. Semana passada eu resolvi me dar férias. Sabe quando você olha para o seu colchão, ele para você e existe um caso de amor a vista? Unindo isso ao meu cansaço, a minha folga da universidade e um nível supremo de estresse, decidi dar um tempo de tudo e dormi para caramba. Mas para a alegria geral da nação (ah! que presunção!) estou de volta com novidades.

Eu estou tentando fazer uma série de post especiais sobre a Disney, que é na mais nada menos que minha produtora de filmes e animações favorita. Desde que eu era muito jovem, consumi muita coisa sobre a Disney e acho que podemos sim ter posts bem legais surgindo por aqui. Afinal, a Disney é um arraso.

No primeiro post da série Fictisney (obrigado a todo mundo que me ajudou na escolha do nome), vou listar minas músicas favoritas das animações antigas. Na era em que o filme era desenho-animado e não 3D. Acho que todo mundo, todo mundo mesmo, deveria ter uma playlist Disney-Lovers. Sério, vocês não sabem como isso ajuda na hora de desestressar e claro, as letras são maravilhosas.

Eu vou escolher apenas músicas em português por dois motivos: o primeiro, é pela proximidade conosco e o segundo, porque quem tiver filhos, fica mais legal ouvir músicas com as crianças.

E aqui estão.

1. Pocahontas: Cores do Vento.

2. A Pequena Sereia: Parte do Seu Mundo.

3. O Rei Leão: O Ciclo Sem Fim.

4. A Bela e A Fera: Sentimentos São.

5. Mulan: Homen Ser.

6. Irmão Urso: Bem-Vindo

7. A Princesa E O Sapo

8. Tarzan: Estranhos Como Eu

9. Hércules: De Zero A Herói

10.  O Corcunda de Notre Dame

 

Eu escolhi músicas que fizeram minha infância e que suponho, fizeram as de vocês. Acreditem. que foi bem difícil escolher cada uma até porque, estava com uma meta de uma por filme. Espero que vocês tenham gostado.

Beijos.