( Resenha ) Um Estranho Sonhador – Laini Taylor – 01

Lançado este ano, Um Estranho Sonhador é a segunda série de Laini Taylor à ser publicada no Brasil. Com um misto de fantasia e romance, Taylor conduz à uma jornada épica à uma cidade dos sonhos onde nada é o que parece.

Um Estranho SonhadorTítulo: Um Estranho Sonhador | Título Original: Stranger The Dreamer | Autora: Laini Taylor | Editora: Universo dos Livros | Ano: 2019 | Páginas:  544 | Avaliação: ⭐️⭐️⭐️⭐️ | Encontre: Skoob | Goodreads

 

Sinopse: O sonho escolhe o sonhador, e não o contrário – e Lazlo Estranho, órfão de guerra e bibliotecário júnior, sempre temeu que seu sonho tivesse escolhido mal. Desde os cinco anos, ele era obcecado pelos mistérios de Lamento, uma cidade mítica perdida. O que aconteceu lá duzentos anos atrás que a separou do restante do mundo? Que tipo de deuses existiam lá e foram mortos pelo Matador de Deuses? Essas respostas o aguardam em Lamento, mas também mais mistérios – incluindo a deusa de pele azul que aparece nos sonhos de Lazlo.
Neste romance de tirar o fôlego – indicado para sonhadores dispostos a se aventurar em mundos mágicos, repletos de personagens marcantes e seus conflitos emocionais –, a sombra do passado é tão real quanto os fantasmas que assombram a cidadela de divindades assassinadas.
Aventure-se em um mundo mítico de horror e maravilha, mariposas e pesadelos, amor e massacre.

Com uma narrativa singular, Laini Taylor constrói sonhos e pesadelos que se passam tanto nos meios reais quanto nos imaginados. Isto, porque a autora se preocupa em apresentar os dois lados de uma mesma moeda nunca se fixando em determinar culpados ou mocinhos, mas “criaturas e homens” que sofreram por forças maiores do que poderiam controlar e hoje precisam perdoar e serem perdoados.

“Só porque o passado foi moldado em sangue não significa que o futuro também tenha que ser.”

Ainda no que concebe a narrativa, podemos dizer que – de um modo geral – fantasias são caracterizadas por uma nova versão do mundo. Mais especificamente para as altas-fantasias seguem de forma para recriar todos os princípios fundamentais da sociedade aos quais chamamos de política, social e religiosidade (mesmo que supostamente a maior parte dos países seja laica). Partindo desse pressuposto, observa-se dentro da obra de Taylor toda essa fundamentação principalmente quando derivada da religião. Para mim, esta foi uma das partes mais expressivas da narrativa. 

Ao colocar como um dos principais focos da obra a relação dos homens com os deuses, estabelece a relação daqueles que são subservientes aos mais fortes. Questiona os limites autoritários, desmitifica as relações de poder e, por fim, dá aos homens uma escolha para liberdade. Uma escolha que claro, vem com inúmeras consequências.

E a partir dessas consequências que Taylor constrói a diversidade de seus personagens. A começar pelos protagonistas, Lazlo é moldado pelas escolhas dos outros ao construir através delas caminhos para si mesmo. Gentil, Lazlo é um órfão que entende sua posição no mundo, mas no fundo a rejeita nunca curvando-se totalmente as vontades alheias. Seus sonhos são seus maiores aliados e sua principal recompensa não é a glória, mas o conhecimento.

E assim como Lazlo tem parte de si dada pelas escolhas dos seus antepassados, o mesmo acontece com a mais importante figura feminina, Sarai. A Musa dos Pesadelos é um reflexo quase que imediato das condições criadas por aqueles que vieram antes dela. Mas se no início de sua vida Sarai carregava ódio pelos humanos, a medida que passa a entendê-los. Entende suas motivações, seus medos e de certa forma os perdoa e assim, Sarai se humaniza e ao fazer isso humaniza também os humanos e suas conquistas. 

Pessoas boas fazem todas as coisas que pessoas más fazem, Lazlo. Só que quando elas fazem, chamam de justiça.

Entretanto, apesar de todo meu encanto com o universo e os personagens criados, senti uma espécie de déjà vú no decorrer da narrativa. Muito embora seja perfeitamente plausível as semelhanças que os autores têm ao construir suas narrativas, para Um Estranho Sonhador fiquei incomodada com a quantidade de pontos convergentes à Feita de Fumaça de Osso que não me permitiu saborear completamente a leitura. Desde a ideia de um mundo escondido, anjos e demônios, a paixão proibida e até mesmo os personagens tornam os dois livros muito próximos. E posso dizer que foi isso que me fez demorar tanto a conclusão e a falta de surpresa para com o final. 

Mesmo assim, ainda pretendo dar continuidade a duologia que teve um belo ínicio. Um Estranho Sonhador é – como o nome sugere – uma obra para elevar sonhadores aos mais recônditos mundos. Um misto de fantasia, amor e perdão que demonstra toda sagacidade criativa de Laini Taylor.

34 comentários sobre “( Resenha ) Um Estranho Sonhador – Laini Taylor – 01

  1. Fiquei encantada com essa sinopse e com certeza leria esse livro só por essa sinopse. Esse enredo está bem convidativo , nunca li nada igual e essa capa tá um espetáculo, vou coloca_lo na minha lista, bjs.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Estou me aventurando mais no gênero e algumas resenhas me deixaram curiosa com esse livro.
    A única coisa são esses pontos convergentes com Feita de Fumaça e Osso, isso com certeza seria algo que me incomodaria.
    Mas gostei de saber sua opinião e não descarto a leitura.

    bjs

    Curtido por 1 pessoa

  3. Já falei que o layout tá bacana rsrs ficou clean!

    Sobre o livro, nem sabia que tinha outro volume e tb não li feita de fumaça, logo, creio que aproveitaria melhor essa leitura 🙂
    Por enquanto eu to mais inclinada a ler Tolkien, mas logo volto a outros autores de fantasia!

    osenhordoslivrosblog.wordpress,com

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oi Jess,

    Amei saber suas impressões sobre este livro. Já estava com ele na minha lista de leituras, sua premissa me chamou atenção e tenho interesse de conhecer a escrita da autora. Quando nos deparamos com um trama muito semelhante a outra podemos nos incomodar mesmo. Fiquei assim com A Rainha Vermelha, achei muito o mesmo do mesmo, apesar de não ter sido o aspecto que mais me incomodou na obra. Ainda não li Feito de Fumaça e Osso, mas é outra obra que está na minha meta de leituras.

    Amei a resenha!
    Bjokas!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Jess,

    Eu amei esse livro, mas também senti em partes um pouco de pontos parecidos com Feita de Fumaça e Osso.
    Mais estou curiossima para ler a sequencia que promete ser impactante!

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi Jéssica!

    Não conhecia o livro, mas lendo a sua resenha percebi que ele possui todos os ingredientes que adoro em livros do estilo. Amo quando os autores conseguem mesclar com sucesso romance e fantasia.

    Uma pena que você tenha sentido aquela sensação: “Acho que já vi isso antes.”, no decorrer da leitura. Infelizmente isso às vezes acontece.

    Mas o importante é que no geral a leitura foi agradável e envolvente.

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Eu li algumas resenhas desse livro e fiquei bem curiosa por conta da sua trama, é um pouco diferente do que estou acostumada e admito que sempre imaginei algo diferente do que realmente é para essa história. Eu li Feita de Fumaça e Osso e não achei essa coisa toda portanto agora não sei se iria gostar tanto da leitura.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário. Ele será sempre bem vindo e respondido. Caso tenha um blog, deixe o link que assim que der eu irei visitar ;-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.