( Resenha) Vozes de Chernobyl: A História Oral do Desastre Nuclear – Svetlana Alesiévitch

As vozes literárias que nos conduz à uma determinada leitura são – de certo modo -, um princípio narrativo de uma mesma comunhão: a necessidade que temos de conhecer e enxergar os conceitos abrangentes aos acontecimentos do nosso tempo. Essa perspectiva, me conduziu a leitura de Vozes de Chernobyl no começo do ano. E o que deveria ter sido uma leitura de algumas semanas, tornou-se de meses. Pois muito embora possamos imaginar a dureza dos relatos, confrontá-los cara a cara desenvolve-se como uma atividade dolorosa que precisa se sentida à cada frase, à cada expressão dos horrores vividos pelos habitantes de Tchernobyl.

Vozes de ChernobylTítulo: Vozes de Chernobyl | Autor: Svetlana Alexievich | Editora: Companhia das Letras | Páginas: 384 | Ano: 2016 | Avaliação: ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ❤ | Encontre: Skoob | Goodreads | Amazon

Sinopse: A 26 de abril de 1986, Chernobyl foi palco do pior desastre nuclear de sempre. As autoridades soviéticas esconderam a gravidade dos factos da população e da comunidade internacional, e tentaram controlar os danos enviando milhares de homens mal equipados e impreparados para o vórtice radioativo em que se transformara a região. O acidente acabou por contaminar quase três quartos da Europa. Numa prosa pungente e desarmante, Svetlana Alexievich da voz a centenas de pessoas que viveram a tragédia: desde cidadãos comuns, bombeiros e médicos, que sentiram na pele as violentas consequências do desastre, até as forças do regime soviético que tentaram esconder o ocorrido. Os testemunhos, resultantes de mais de 500 entrevistas realizadas pela autora, são apresentados através de monólogos tecidos entre si com notável sensibilidade, apesar da disparidade e dos fortes contrastes que separam estas vozes.

Os fatos que sucedem o caminho das passagens humanas pela terra, costumam ser doravante à lembranças. Supostamente, o homem deveria olhar para trás a fim de não repetir os mesmos erros no futuro. Mas dentro da realidade, a verdade é que estamos sempre caminhando para o desastre nunca realmente entendendo como as nossas escolhas podem afetar tantas pessoas.

Vozes de Tchernóbil é um relato colhido por dez anos por Svletana Alexievich de centenas de vozes que se recordam do preço das escolhas de outros. Um livro que reflete a crise social de um povo que perdeu tudo para uma grande tragédia.

Este livro não é sobre Tchernóbil, mas sobre o mundo de Tchernóbil. Sobre o evento propriamente, já foram escritos milhares de páginas e filmadas centenas de milhares de metros de película. Quanto a mim, eu me dedico ao que chamaria de história omitida. Aos rastros imperceptíveis da nossa passagem pela terra e pelo tempo. Escrevo relatos de cotidianidade dos sentimentos, dos pensamentos e das palavras. Tento captar a vida cotidiana da alma. A vida ordinária de pessoas. 

É difícil discorrer sobre está obra que choca, aprisiona e cria um nó na garganta a cada relato. Svletana não nos dá sua visão pessoal, mas de maneira expressiva expõe o significado do acidente nuclear para tantas pessoas. Cidades cheias de sonhos que se tornaram vazias; personagens que protagonizaram a maior catástrofe, mas que haviam tido seus nomes e suas palavras enterradas pela Guerra Fria e o comunismo autoritário da União Soviética. Teias de mentiras foram conduzidas para esconder erros resultando que em humanos que perderam sua humanidade desde os primeiros momentos de exclusão.

Não posso dizer que em algum momento esse livro terá leitura fácil – para além dos fatos históricos. Não existe fluidez apesar da simplicidade. É um livro marcado pela dor de pessoas comuns que queriam nada mais além de viver sua vida; de mulheres que perderam seus maridos para a radiação; de homens que perderam suas virtudes ao sacrificarem animais inocentes. É um livro que revolta pela postura do governo em relação ao seu próprio povo. Um governo que decidiu de longe o que fazer, mas que não ofereceu assistência, mas propagou medo de levantar a voz. 

Então, para que as pessoas recordam? Para restabelecer a verdade? A justiça? Para se libertar e esquecer? Ou porque compreendem que participaram de um evento grandioso? Porque buscam no passado alguma proteção? E, além disso, a recordação é uma coisa frágil, efêmera, não é um conhecimento exato, é uma suposição do homem sobre si mesmo. Isso ainda não é conhecimento, é apenas sentimento.

Também não posso dizer que Vozes de Chérnobil é um livro para chocar, mas para  resgatar e afirmar as vozes de pessoas. Não deixar que o aconteceu com elas seja esquecido. Mas principalmente, um livro duro que nos faz refletir sobre as consequências de nossas escolhas. 

31 comentários sobre “( Resenha) Vozes de Chernobyl: A História Oral do Desastre Nuclear – Svetlana Alesiévitch

  1. Eu queria muito ler esse livro sabia? Mas ao mesmo tempo tenho medo. Quando meu pai estava na faculdade ele fez um trabalho sobre Chernobyl e as coisas que ele pesquisou… enfim, aprendeu sobre os efeitos da radiação nas pessoas e sobre os traumas da vítimas mexeu muito comigo. É um desses assuntos que eu acho que todo mundo deve ter o domínio, mas que é muito delicado!

    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

  2. “dor de pessoas comuns que nada mais queriam além de viver sua vida”, parece que lendo essa frase do seu post eu passei por um Dejavú, pois essa semana eu disse a mesma coisa ao meu marido enquanto conversávamos sobre um documentário da Segunda Guerra Mundial que assistimos. É como você diz, as escolhas que fazemos afetam outras pessoas, e desastres desse tipo acarreta muita destruição.
    Não me parece mesmo que esse livro choca por que é sensacionalista, mas o choque é simplesmente uma consequência natural ao dar voz a quem sofreu.
    Esse livro me lembrou outro título chamado “Todo Dia A Mesma Noite”.
    Enfim, gostei muito da sua resenha, sou fã do seu jeito de escrever.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥ | Instagram – Vem interagir no Insta tbm!

    Curtir

  3. É triste perceber que apesar de tudo o que aconteceu, a humanidade não está trilhando um caminho diferente para evitar que novos desastres aconteçam. Gosto desse tipo de leitura, porém ando lendo tanta coisa mais pesada que provavelmente também levaria meses para ler e me afetaria bastante. Dói ler algo real, ver e entender a dor das pessoas e perceber sobre o quão negligenciadas elas foram. Parece um livro bem necessário.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá, Jessica.
    Eu vi muita gente falando super bem da série, mas não sabia que tinha o livro. Eu ia assistir mas agora me interessei em ler antes. Acho que leituras assim são sempre difíceis. Eu sempre leio histórias que se passam na Segunda Guerra e é muito doloroso.

    Prefácio

    Curtido por 1 pessoa

  5. Estou há tempos querendo este livro! É realmente essencial dar voz aos sobreviventes e testemunhas de eventos históricos como esta catástrofe. Como nasci em 1984, cresci ouvindo muito sobre o caso, mas vejo que é importantíssimo após um tempo resgatar acontecimentos para que jamais caiam no esquecimento. Adorei seu blog. Leitora Viciada

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi, Jess!

    Livros que retratam a dura realidade, como por exemplo os de guerra, são sempre difíceis de serem digeridos né? Imagino que Vozes de Chernobyl seja mesmo uma leitura densa, é cruel encarar tudo o que viveram e as consequências que tiveram com o acidente desastroso, mas de fato também deve ser uma leitura ótima para compreender melhor os acontecimentos. Vi a série da HBO e achei a produção excelente, esse livro também deve ser!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário. Ele será sempre bem vindo e respondido. Caso tenha um blog, deixe o link que assim que der eu irei visitar ;-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.