( Livrosofia ) Avaliando livros por estrelas.

Recentemente, nas minhas andanças pelos blogs e afins, participei de uma discussão  interessante sobre avaliação de livros por estrelas. Uma moda lançada pelo Goodreads, a avaliação por estrelas é uma maneira de pontuar as leituras. Apesar de ser bem pessoal, o mundo literário parece ter uma concepção em que sempre um livro cinco estrelas são a excelência do mundo literário, ao passo que os com duas ou três devem ser ignorados. O que não nem sempre condiz com a verdade. Basta entrar no Goodreads ou no Skoob que podemos notar como até mesmo as obras mais bem avaliadas tem algumas notas desanimadoras em seu meio. Isso, porque assim como a literatura tem suas hibridizações nem sempre um gosto vai se equiparar ao outro.

Pensando nisso, o post de hoje é para falar um pouco das minhas impressões pessoais sobre os livros que eu leio e como faço a avaliação de estrelas, até porque tenho minhas peculiaridades.

A Primeira Estrela
═════⭐═════

Em primeiro plano, sempre faço duas avaliações. A primeira é no momento em que acabo um livro e a segunda depois de resenhar. Na maior parte das vezes a nota inicial permanece inalterada, mas pode haver uma variação singela. Isto, porque quanto mais racionalizo uma determinada obra, mais eu posso ver suas falhas ou seus acertos. 

Entretanto, se tem uma coisa que permanece inalterada é a primeira estrela. Nunca cheguei a dar zero para um livro. Isto porque só avalio livros que li completamente – desconsiderando abandonos Assim, a primeira estrela está relacionada a qualidade da escrita de determinado autor e se ela foi boa o suficiente para me manter ativa na leitura. 

A Segunda Estrela
═════⭐⭐═════

As seguir sempre tenho uma preocupação a entender a motivação da trama. Todo livro, independente do gênero, têm um motivo para ser escrito. É o mote inicial que conduz os outros questionamentos e que precisa fazer sentido ao contexto. Podemos dizer que toda jornada precisa de um contexto, por mais bobo que seja. E assim como a escrita, o mote inicial também é um critério que uso para definir se continuo lendo um livro não. Ora, se a vida é curta de mais para ler livros ruins, se não ficar interessada na busca do personagem, a leitura não faz sentido.

As Estrelas Restantes
═════⭐⭐⭐⭐⭐═════

As últimas três estrelas costuma ser fatores independentes. Estando relacionadas à respostas, surpresas e personagens, não as considero como pontuação sucessiva mas simultânea. Isto porque nem sempre um livro com bons personagens é um livro surpreendente ou um livro com péssimos personagens é um livro sem boas respostas. Na minha cabeça essas coisas não estão relacionadas estritamente, mas fazem de um conjunto. Assim sendo, o que considero são suas particularidades que definem o conjunto final da obra. 

Em favor das respostas, com o tempo, fiquei bem mais suscetível à finais não tão fechados. Apesar de sempre esperar uma solução ao mote inicial, não espero mais que tudo – absolutamente tudo – tenha uma explicação. Certas perguntas não precisam ser respondidas e acho bacana quando um autor nos deixa imaginar o que poderia ter acontecido.

De certo modo, isso se relaciona as surpresas que não se ligam mais necessariamente ao plot e plot-twist, e sim a condução da trama, as respostas as perguntas, mas principalmente às morais levantadas pelo autor. Em quaisquer gêneros que podemos pensar, todo livro tem seu ensinamento por mais simples que seja. Assim, quanto mais impactante for determinado livro, mais forte considero sua surpresa.

Por fim, o ponto principal que considero ao avaliar uma obra são os personagens. De certo modo, são eles que constituem minhas melhores experiências literárias. Tramas bem elaboradas com personagens rasos não me fazem amar livros, ao passo que personagens bem trabalhos mesmo em obras mais rasas tornam leituras simples em inesquecíveis. Por esse motivo que, por exemplo, gosto de romances de época; pois mesmo sabendo que há um clichê à caminho, os personagens podem transformá-lo em um livro favorito. 

O Favorito
═════
═════

Livros favoritos são os mais difíceis de marcação. Normalmente são derivados de um trabalho em conjunto dos outros temas, que por algum motivo à mais tornam-se essenciais na minha vida. Entretanto, favoritar ou não um livro não depende totalmente de alcançar a nota máxima. Existem diversas obras – como O Jardim das Borboletas – que favoritei mesmo com falhas.

O que torna um livro favorito é o alcance dele em minha vida ou em minhas observações acerca do mundo. Como ser humano, sinto necessidade de conexão com outras pessoas para gerar empatia, amor, amizade. E apenas livros que conseguem sobreviver em minha mente por terem gerado sentimentos bons ou ruins são considerados favoritados.

═════════

E vocês Corujinhas? Usam algum critério especial na hora de avaliar um livro?
Beijos. 

30 Respostas para “( Livrosofia ) Avaliando livros por estrelas.

  1. Oi, Jess! Também acompanhei uma discussão interessante e um tanto polêmica no twitter a respeito disso, rs. A avaliação é muito pessoal, por isso levo muito em consideração a sinopse e as resenhas do livro quando estou interessada nele, e não apenas a nota que ele possui. No meu caso, concordo plenamente com você a respeito dos personagens. Eles são o meu principal elo com a história, então me conectar com eles é essencial para uma boa experiência de leitura. Fora isso, em primeiro lugar levo em consideração a minha experiência de forma geral, os sentimentos que o livro me proporcionou e etc, mas confesso que também avalio alguns termos técnicos, mesmo não sendo uma crítica profissional, como a estrutura do enredo, qualidade da escrita, desenvolvimento dos personagens e por aí vai. Há um bom tempo parei de me importar tanto com as notas e avaliar mais os demais elementos, afinal, como disse, ela é muito pessoal, e cada leitor tem uma experiência singular com o livro. Adorei o post!!! Bjs.

    http://abducaoliteraria.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Gih.
      Mesmo que não sejamos profissionais no assunto, diria que nossa experiência conta para avaliarmos termos mais técnicos. Quanto mais lemos mais percebendo certa pluralidade de coisas boas e erros na narrativa.
      Obrigado.
      Beijos.

      Curtir

  2. Ei, Jess! Tudo bem?

    Não gostava de dar notas, mas percebi que essa é uma maneira interessante de ver um livro. Gostei de saber um pouquinho de como você usa suas notas, as minhas são bem práticas. Eu dou 1 ponto se o livro me deixar com vontade de ler até mesmo quando eu não tenho tempo, isso junta com a minha emoção e empolgação; os outros 4 são pontos que o autor conquista.

    Beijos!
    http://www.365coresdouniverso.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  3. Geralmente as estrelas das resenhas não motivam diretamente minha compra por que as notas são dadas com base na experiência da pessoa que escrevei a resenha. Por exemplo, há romances que podem ser avaliados com um coração, mas pra mim isso não quer dizer muita coisa, já que eu não sou fã de romances.
    É bem legal você fazer essa listagem com seus critérios de avaliação, dessa forma nós já sabemos o que há por trás das estrelas que você dá aos livros.
    Não sei se já visitou alguma resenha no meu blog em que eu avaliei, mas minha forma de avaliação tbm é muito peculiar, hahahaha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá, Jessica.
    Eu nunca compro livros baseados em estrelas, até porque se for comparar as do Goodreads e as do skoob tem bastante diferença entre os dois. E acredito que a nota varia muito de leitor para leitor, por isso leio a resenha para saber sobre o livro. Eu particularmente dou a minha nota por gosto pessoal mesmo.

    Prefácio

    Curtir

  5. Oi, Jéssica

    Essa classificação data de mais tempo. O Goodreads tem uns 10 anos e na minha adolescência, nos áureos tempos do Orkut, esse sistema de estrelas já era utilizado nas comunidades de leitura. Sim, sou velha. Hahahah
    Eu acho bacana o fato de cada um ter suas particularidades na hora da classificação, mas há quem não tenha nenhum critério. Eu, assim como você, avalio muito os pormenores da história na hora das minhas avaliações e também acontece de eu mudar a nota depois de digerir mais o livro.

    Beijos
    – Tami
    https://www.meuepilogo.com

    Curtido por 1 pessoa

    • Oii Tamires.
      Puxa! Não me lembro do Orkut com resenhas (mas eu era viciada em Mini Fazenda quiçá entrava em blogs). Vou procurar saber mais sobre isso.

      Ah quanto mais eu penso sobre um livro, mais minha opinião muda sobre ele.
      Beijos

      Curtir

  6. Oi Jéssica!
    Eu no começo do blog avaliava os livros com estrelas, mas dps mudei para números, achei melhor…
    Eu tbm sou assim, n foi pq avaliei um livro com 5 q ele será necessariamente favorito, e muitos q levaram 4 se tornaram. Essa questão de favoritar é muito pessoal, personagens e a mensagem q o livro me passa são pontos muito importantes pra mim.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

  7. Oi
    meu criterio que leve para avaliar é o quanto eu gostei da obra, por exemplo tem livro que li uma vez e dei cinco estrelas, mas ao reler ele caiu para 3.
    Os livros que coloco como favoritos são aqueles que as vezes termino com uma sensação boa, outros que me impactaram de uma forma intensa e positiva.
    Gostei do seu poste , diferente.
    http://momentocrivelli.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

  8. Oi, Jess!

    Gostei de saber como você avalia os livros e dá as estrelas pra eles, eu honestamente tenho muito problema em dar nota baixa pra algum livro, tenho que detestar muito pra dar nota 1 ou 2, se acho fraquinho dou nota 3 mas lá no fundo daria menos haha realmente, nem sempre gostamos de tudo quando damos nota 5 pra um livro, só favoritando pra ser algo que realmente nos tocou

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

  9. Oie, adorei seu texto e principalmente como disse abaixo:

    “Por esse motivo que, por exemplo, gosto de romances de época; pois mesmo sabendo que há um clichê à caminho, os personagens podem transformá-lo em um livro favorito. ”

    Vc tem toda razão, eu tb adoro romance de época, mesmo com os clichês, que a gente sabe que irá encontrar, na verdade, quase todo livro tem um clichê né, às vezes torcemos o nariz por eles dependendo da obra, e às vezes isso não incomoda tanto!

    Beijos Mila

    Curtir

Deixe um comentário. Ele será sempre bem vindo e respondido. Caso tenha um blog, deixe o link que assim que der eu irei visitar ;-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.