(Anatomia Literária) Trilogia A Maldição do Vencedor – Marie Rutkoski

Oi Corujinhas, tudo bom com vocês? Hoje é dia de mais um Anatomia Literária, que acabou se tornando uma das categorias favoritas aqui no blog. Eu fico muito feliz com o retorno que estou recebendo, porque não esperava as menções perguntas que recebo de tanta gente. Fico ainda mais animada por saber que é algo que vocês apoiam e gostam de ver aqui  no blog.

Sem mais delongas, o anatomia de hoje é voltado para a trilogia A Maldição do Vencedor da Marie Rutkoski que terminou por se tornar uma das minhas melhores leituras do ano passado, ao qual recomendo muito para vocês.

Vamos começar?

┌──────── ∘°❉°∘ ────────┐
Capas
└──────── °∘❉∘° ────────┘

a maldiçao do vencedorA primeira capa, assim como as outras duas, apresenta a personagem principal, Kestrel, com referências claras não somente ao seu povo – características físicas – assim como pelas suas roupas, que por sua vez fazem referência ao seu status social definido como financeiro. A adaga na mão da protagonista é uma alusão a sua pouca participação na política, como se Kestrel não possuísse relevância para esse contexto. Além disso, nota-se a mão por cima do rosto e a boca entreaberta que revelam sinais de aflição podendo ser associada à duas coisas; o medo que Kestrel tem de ser subjugada às vontade de seu pai que almeja que a filha seja uma donzela (significado reforçado pela cor rosa que significa pureza, delicadeza e feminilidade); e a paixão que Kestrel passa a nutrir por Arin.

o crime do vencedorA segunda capa possui os mesmos elementos, muito embora sejam dotados de significados diferentes. Aqui o vestido de Kestrel passa a ser azul, sinônimo de depressão e frieza que representa os novos desafios da protagonista tem e a tristeza que sente em estar longe de seus amigos e familiares, e claro, do mal entendido com Arin. Em ambas as mãos, Kestrel traja uma espada, que simboliza sua participação maior (que uma adaga) e mais ativa (as duas mãos) nos jogos políticos. Sua expressão é de determinação, afinal se tornou alguém que agora sabe exatamente o que planeja fazer.

O Beijo Do VencedorPor fim, a última capa também apresenta os mesmos elementos da anterior mas com uma simbologia oposta. Kestrel não segura mais a espada pois observa o jogo político ao longe. Nessa obra, ela está muito mais voltada a usar suas habilidades mentais, de modo que não precisa mais tentar aparentar força pela luta corporal. O vestido tem um tom verde associado a renovação e plenitude, algo que Kestrel alcança verdadeiramente nessa obra, muito embora aqui esteja em dúvidas sobre os caminhos que lhe levaram a vitória, como pode ser visto em seu rosto.

┌──────── ∘°❉°∘ ────────┐
Curiosidades
└──────── °∘❉∘° ────────┘

❉ Para escrever sua personagem, Marie Rutkoski disse em entrevista que ela nunca sabia exatamente como Kestrel pensava, de modo que gostava da ideia de deixar a cargo à cargo do leitor suas interpretações.
❉ As cenas favoritas da autora eram do jogo Morder e Picar

 

Espero que tenham gostado. Beijos.

24 comentários sobre “(Anatomia Literária) Trilogia A Maldição do Vencedor – Marie Rutkoski

  1. Oi,tudo bem?

    Socorro que esse post foi um tapa na minha cara, já que a tempos quero ler essa trilogia e ando adiando muito. Quero muito ler pois gostei não somente da proposta da trilogia em si como também de cada livro nela. Saber que ela foi uma das melhores leituras do seu ano passado, só meu deixou com mais vontade e curiosidade sobre a obra. Uma ótima indicação de leituras, sem dúvidas.

    Curtir

  2. Nossa, eu simplesmente AMEI conhecer essa trilogia por esse formato “anatômico”. Que ideia genial essa sua, viu? Sua análise da capa em comparativo com a história é tão detalhada e interessante que me deixou muito curiosa e me inspirou a refletir também sobre a trilogia que to lendo: A saga da conquistadora. Acho que dá pra tirar boas conclusões pelas capas também! Só não me sinto capaz de detalhar tanto quanto você, rsr. Essa saga você já leu ou pretende ler? Ia amar ver uma análise dela por você nesse formato. ^^

    Beijos,
    Isa
    taglibraryisa.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ei, Jess! Tudo bem?

    Eu gosto muito, demais, essa sua postagem porque ela me dá uma imensa vontade de ler os livros da qual ela fala. Não sei a história das obras, mas a protagonista e sua descrição já me convenceram! Os detalhes da adaga são incríveis!

    Beijos!

    Curtir

  4. Oi, jess!

    Essa coluna é ótima mesmo, eu adoro acompanhar seus posts por aqui!

    Adorei ter essa interpretação mais profunda(se assim podemos definir) sobre as capas do livro, ainda não li nenhum dos livros, mas fiquei bastante curiosa.

    Beijos,
    Blog Diversamente

    Curtir

Deixe uma resposta para Alice Lacerda Montiel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.