(Conto) Bibliopegia Antropodérmica – Soraya Abuchaim.

Olá Corujinhas. Preparadas para o terror? Na continuidade dos posts de terror com contos da autora Soraya Abuchaim, trago-lhes um exemplar do medo e do terror nas paredes escuras do centro psiquiátrico, onde um homem se aproveita da fragilidade e inocência para cometer o mais terrível ato.

Titulo: Bibliopegia Antropodérmica Autora: Soraya Abuchaim Paginas:  Ano: 2018 Avaliação: ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐

ap1.jpgAntes de mais nada, minha primeira sugestão é que você não procure o significado do título pois tirará um pouco da grande surpresa que envolve esse enredo. Por também não me alongarei muito com a descrição do conto que é pequeno e merece ser lido com todas suas surpresas.

O conto é ambientado em uma cidade pequena afastada das metrópoles. Lá funciona um hospital psiquiátrico. Em um a atmosfera já eleita para causar pânico, o Dr. Lamarca – médico responsável pelo sanátorio – é o foco central da narrativa ao deixar ultrapassar algumas barreiras morais e as regras de poder que envolvem sua profissão.

Não acredito que era o motivo principal da autora levantar questionamentos que saíam completamente da medicina e entrasse na práxis coletiva. Mas, até mesmo pelo momento atual do Brasil, resinifiquei seus questionamentos a política e aos posicionamentos do brasileiro como sociedade. Pois mesmo que ambas as coisas pareçam distantes, estas envolvem as mesmas coisas. Veja bem, são situações de poder que dão margem ao cometimento de crimes hediondos. Com o discurso de ódio que temos hoje e o poder democrático sendo cada dia mais ameaçado, eu li esse conto com o coração cheio de pesares. O medo está se tornando mais forte, o coletivo se acabando e as escolhas perdidas. Exatamente como é abordado nessas páginas.

Eu indico a leitura de Bibliopegia Antropodérmica, presente na antologia Insanidade, não somente pelo terror que envolve o livro, mas também e principalmente pelas questões que ele traz. Cada um de nós enxerga o mundo a sua maneira, mas não devemos colocar nossos preceitos individuais acima do bem da sociedade. No caso do conto, nossas experiências acima da vida.

a434516b0e00d0b2156319c80d58d3efSobre a antologia Insanidade:

A antologia INSANIDADE organizada pela Dark Queen Soraya Abuchaim e com prefácio de Cesar Bravo reúne inumeros contos assombrosos cheios de medo e sangue. As portas estão abertas, tem coragem de entrar em Santa Dimpna? Década de 1950. Em uma cidade esquecida no interior do Acre, norte do Brasil, há um sanatório centenário que trata pacientes portadores das mais diversas doenças mentais. Em meio à construção de pedras cinzentas e geladas, sob o sol inclemente de um verão quente e eterno, escondem-se segredos capazes de assombrar as noites mais tranquilas. Quartos transformados em celas, salas escondidas, laboratórios secretos, experimentos em humanos. O que acontece atrás daquelas paredes? Quem são os “doentes”? Quais suas histórias? Médicos impiedosos, enfermeiras maléficas, gritos que cortam a noite escura. Bem vindo ao sanatório Santa Dimpna.

Anúncios

3 comentários em “(Conto) Bibliopegia Antropodérmica – Soraya Abuchaim.”

  1. Acho que eu não quero entrar não…
    Menina que #medo
    Acho que é impossível não associar muitas coisas ao momento do país e entendo o que quis passar. Bom seria que muito mais gente se informasse assim pra desenvolver senso crítico, a leitura é uma das melhores formas!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário. Ele será sempre bem vindo e respondido. Caso tenha um blog, deixe o link que assim que der eu irei visitar ;-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.