( TAG ) Moda e Literatura BookTag

Oii gente. Hoje é dia de mais uma tag para vocês e esta eu vi no blog da Juh do Nuvem Literária. Como estava caçando algumas tags diferentes, achei esta super divertida e fiquei com vontade de responder. Como podem perceber a tag gira em torno de moda e de livros, duas coisas que amo. Espero que gostem.

Vamos começar?

 

transferir

1) Um “livro pretinho básico”
Um livro que em qualquer época, todo mundo leu/ tem e se não leu tem que ler.

Todo mundo que eu conheço parece ou ter, ou querer ou ter lido Orgulho e Preconceito de Jane Austen. Eu mesma realizei leitura no ano de 2014 e gostei apesar de não ser um dos meus clássicos da vida. Mas sim, é uma leitura que vale à pena pela força que a Elizabeth apresenta na trama e os desafios que ela e Darcy enfrentam para ficarem juntos. Uma das coisas que mais gostei no livro, foram esses desafios e as inverdades que surgiram no caminho deles.

 

transferir (1)

2. Um “livro alta-costura”
Um livro pelo qual vale pagar caro; pela qualidade literário e/ou editorial.

Eu não tenho (infelizmente) o livro Os Miseráveis, mas já tive contato com suas edições e francamente, elas são maravilhosas com M maiúsculo. Além disso, a história apesar da enormidade é linda e várias vezes durante sua leitura fiquei emocionada com a forma com o qual Victor Hugo conduz sua história. Quem não leu, eu indico. É uma obra sensacional.

 

 

Divergente

3. Um “livro Fast-fashion”
Leu quando estava todo mundo lendo e gostou; mas hoje já não leria.

Divergente foi uma das trilogias que mais amei na época que bombou no Brasil e que o gêneroe esta em alta, mas eu com certeza não entraria na leitura. Me decepcionei com o final arrastado e mal elaborado da autora, muito embora na época tenha achado razoável. Mas sabe como é? Você termina um livro, acha bom, fica pensando nele e no fim das contas percebe que não foi tão bom assim.

 

 

screenshot_2017-08-05-20-41-41-1.png

 

4. Um “livro calça jeans”
Um livro descontraído que agrada todos os estilos de leitores.

Simon Vs A Agenda do Homosapiens parece ser modinha, mas a realidade é que este é um livro encaixavel em qualquer situação. Mesmo quem não gosta de temas LGBTS, vai se identificar com a história pois Simon é antes de tudo um garoto apaixonado. Um dos motivos para eu gostar tanto deste livro é o fato que a autora não se prende ao esteriótipo ao homosexual, assim o livro é super descontraído.

 

transferir

5. Um “livro Scarpin bico fino”=
Um livro muito bom mas que foi difícil de ler. Pode ter te causado desconforto pela forma de escrita/narrativa ou por algum detalhe da historia. Mesmo assim, você leria outras vezes!

Não posso dizer que O Oceano No Fim do Caminho foi uma leitura super complicada, mas houve momentos que precisei parar para respirar. Assim como em Coraline, Neil Gaiman escreve para adultos através dos olhos inocentes de uma criança. Tal artifico faz um duplo sentido na narrativa de nós leitores enterdemos, o que as crianças não entendem. Assim é um livro complicado, pelo trato imaginário que o autor coloca em dualidade na obra.

 

Então amores. Essa foi a tag de hoje, espero que tenham gostado. Já leu algum desses livros?? Beijos.