| Resenha | A Garota Que Você Deixou Para Trás – JoJo Moyes

Oii Corujinhas, espero que esteja tudo numa boa com cada um de vocês e que as o leituras estejam sendo maravilhosas. Recentemente, uma amiga da faculdade me indicou o livro A Garota Que Você Deixou Para Trás da JoJo Moyes afirmando que era o melhor livro da autora. Depois de ler Como Eu Era Antes de Você e O Som do Amor e ter abandonado A Última Carta de Amor da autora, não estava nos meus planos ler nada mais da autora tão cedo. Mas peguei o livro despretensiosamente em um sábado e quando o domingo chegou e finalizei a leitura. E tenho que dizer ão houve como não ficar mais do que satisfeita por ter dado uma chance à obra.

image

Título: A Garota Que Você Deixou Para Trás.
Título original: The Girl You Left Behind.
Autor: JoJo Moyes
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 384
Avaliação: 👑 👑 👑 👑 👑 ❤
Encontre: Skoob || Saraiva || Amazon

Sinopse: Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo a família, a reputação e a vida na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. Tecido com habilidade, A garota que você deixou para trás alterna momentos tristes e alegres, sem descuidar dos meandros das grandes histórias de amor e da delicadeza dos finais felizes.

Comecei a ler A Garota Que Você Deixou Para Trás por indicação de uma amiga da faculdade. Depois de tanto ouvir falar dela que este era o melhor livro da JoJo Moyes comecei a pensar: porque não? Dito isso, ao iniciar o livro possuía altas expectativas que estavam mescladas ao temor de acabar não gostando do livro mesmo assim. Mas a poética e emocionante história fez meu coração bater mais forte sem me deixar largar a leitura por um instante.

Primeiramente tenho que admitir que não consigo achar a escrita de Moyes fluente. Pelo contrário, acho-a exaustiva pois tenho a impressão que quanto mais eu leio, menos passo as páginas. Assim costumo demorar mais do que o usual para finalizar seus livros. Mas, graças ao deus dos livros, o “A Garota…” foi uma leitura bem rápida apesar de eu ter demorado para pegar o ritmo. Foi algo que me pegou desprevinida pela clareza com o qual os sentimentos foram expostos além de todo o mistério envolvendo a trama.

O mais legal de ler livros dos quais não sabemos quase nada sobre eles é o quão mais fácil você consegue se surpreender pela qualidade da história. JoJo Moyes criou uma obra que me deixou abismada e ao mesmo tempo extasiada com o que se passava. Em variados momentos eu me vi torcendo pelos personagens emocionada por sua trajetória. Neste livro, a escrita da JoJo Moyes bem como a maneira com o qual ela conduziu o enredo foram mais que suficientes: foram extraordinárias.

As personagens principais da trama são, com toda certeza o ponto mais alto do livro. É um eufemismo dizer o quão carismática suas duas mulheres foram fazendo parte da lista das personagens que mais me deixaram apegadas à sua trajetória. Em primeiro plano, Sophie foi uma mulher cheia de coragem, mas também de dúvidas. Consegui enxergar com clareza as atitudes que ela tomava e seu único desejo de rever seu marido, mesmo sempre que tentando manter sua família sã e salva. Já Liv, mesmo sentindo raiva dela por diversas vezes, me cativou pelo mesmo motivo que Sophie: vi verdade no que ela fazia mesmo que não concordasse com tudo.

Além de suas personagens principais, devo ressaltar o mistério muito bem construído proposto por JoJo que me deixou à ponto de arrancar os cabelos. Foi maravilhoso ver o mistério em torno do quadro, mas principalmente o ensinamento que o objeto deixou para trás. O ponto de união dessas duas histórias foi justamente esse ensinamento que fez com que tanto Sophie, quanto Liv percebessem que não eram mais “as garotas deixadas par trás” mas algo à mais que elas.

A Garota Que Você Deixou Para Trás é um livro que inspira coragem e amadurecimento. Apesar de não ter chorado, o livro me tocou pelas verdades de suas palavras. Vencer e ter não é o essencial, mas sim deixar ser levado pelas coisas boas que a vida pode nos trazer.

Anúncios

23 comentários em “| Resenha | A Garota Que Você Deixou Para Trás – JoJo Moyes”

  1. Até agora, da Jojo, só li Como eu era antes de você. Estou com o livro A Última Carta de Amor aqui na estante, mas agora fiquei com medo de ler e também não gostar, já que você disse que começou e abandonou. E sobre a resenha, adorei! Fiquei super curiosa em relação ao mistério envolvendo o quadro, e super curiosa também para conhecer mais sobre essas duas personagens que te agradaram tanto.

    Um beijo, Pri 😘

    Por Amor aos Livros

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oiee
    Da Jojo só li Como eu era antes de você e Depois de você, gostei bastante da escrita dela mas ainda não está nos meus planos ler outro livro dela tão cedo, dá a impressão de que todos são bem “deprê” kkk Nunca tinha parado pra ler sobre o que se trata esse livro e fiquei bem interessada, então pode ser que eu leia um dia. Sua resenha ficou maravilhosa viu!
    Bjos, Bia! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  3. Adorei sua resenha. Uma coisa que concordo com você é que quanto menos sabemos sobre um livro nos surpreendemos. Eu quando quero muito ler um, evito ler qualquer resenha falando sobre ele. As vezes a curiosidade bate e eu dou aquela conferida também. Sua resenha pra mim foi muito sincera, me passou o que realmente você achou e sentiu sobre a obra. Eu particularmente não tenho a minima vontade de conhecer os livros da autora, não sei pq, mas não me cativam.. Mas foi bom saber que esse é um dos melhores dela. E que bom que você gostou da leitura.

    beijos.

    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  4. Ei Jeh.
    Menina, eu só li Como eu era antes de você e depois de você (que ela cagou, diga-se de passagem kkkk). Não li mais nada dela. O fato é que eu sou fã de livros e não de autores, por isso quando eu amo muito um livro de determinado autor, quase nunca leio mais livros que esse autor lança. As vezes acho que muita gente alogia só porque é fã mesmo e não porque o livro é bom.

    Mas que bom que você gostou. Tenho vontade de dar mais chances a Jojo mas não sei pra qual livro. Talvez eu comece com esse mesmo.

    Beijos
    Literatura Estrangeira

    Curtido por 1 pessoa

  5. A história é sobre ser feliz ou ter razão? rsrs
    Adorei sua emoção e fico feliz que não tenha arrancado os cabelos hahah
    E vamos deixar as lágrimas rolarem amiga!!!
    Eu gosto muito de Depois de Vc e a escrita da autora não me incomoda não, então acho que vou gostar ainda mais desse livro 😀

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário. Ele será sempre bem vindo e respondido. Caso tenha um blog, deixe o link que assim que der eu irei visitar ;-)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.