| RESENHA | Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven.

image

Com uma curiosidade sobre qual seria o dia bom para morrer, Theodore Finch começa o livro. Ele é um adolescente considerando problemático, estranho, talvez pelo o divórcio dos pais, o que arrasou sua mãe e desestruturou completamente sua família. Com uma péssima reputação de rebelde do colégio, abandonado pelo pai (que o espancava quando menor) e morando numa casa onde sua mãe nem sabe onde os filhos estão, Finch é uma bagunça porque vive uma bagunça. Mas, em meio a tudo isso, ele, em alguns momentos, consegue ser engraçado, espontâneo e, aparentemente, feliz. Isto quando não acontece o “apagão”: que é quando ele dorme por vários dias ininterruptos. (O ultimo, em especial, foi o pior, ele dormiu durante o Dia de Ação de Graças, Natal até depois do Ano Novo).

Então, no parapeito da torre de sua escola na pequena cidade onde vive, Finch, de braços abertos, especulando sobre o dia perfeito para morrer, tem um estranho encontro com Violet Markey, uma garota que seria, ao que parece, o extremo oposto de Finch; normal, estável e popular, aparência perfeita, vida perfeita, pais perfeitos, ex-namorado bonito jogador de futebol e popular na escola.

Violet Markante, como Finch a chama, sobreviveu a um acidente de carro que causou a morte de sua irmã, Eleanor, com quem, antes do acidente, escrevia uma revista on-line, eleanoreviolet.com. Desde então, Violet tem evitado estar dentro de um carro e seu talento para a escrita, algo em que se julgava boa, havia sumido. As coisas pareciam difíceis demais para ela e vivia se escondendo em frases como: “circunstâncias atenuantes” e/ou “ainda não estou pronta” e se culpava pela a morte se sua irmã. Ela já não era ela mesma, mas apenas uma casca do que havia sido. Ela estava mudada para sempre.

image

Nesse primeiro encontro no parapeito da torre da escola, Violet, assim como Finch, cogitava se lançar, ou pelo menos queria imaginar como seria se o fosse fazer. Depois disso, toda a escola passou a acreditar que ela, Violet Markey, a garota estável e normal, havia salvado a vida de Theodore, o “Aberração”. O que havia sido totalmente o contrário, por que, para os ouros, seria muito improvável que ela estivesse pensado em tirar sua própria vida. Depois deste episódio, numa aula de geografia, o professor propôs um trabalho em que os alunos tivessem que visitar lugares de Indiana em que nunca estiveram e relatar por que eles são incríveis, antes que fossem embora para faculdades em outros lugares. Finch não hesita em mostrar seu profundo interesse em fazer dupla com Violet e assim, durante suas andanças, Violet começa a perder seus medos e exorcizar seus demônios interiores, enquanto se desenrola um lindo e fofo romance entre os dois.

A história é regada de momentos alegres, bonitos, tristes e reflexivos. Tem uma narração dupla feita por Finch e Violet (tenho que confessar, eu amo histórias assim) e uma linguagem fácil, mas com diálogos profundos e inspiradores, quase poética, e, acima de tudo, um desfecho de partir corações e causar lágrimas em qualquer um. Esse, com certeza, foi um dos melhores livros que eu já li.

Título: Por Lugares Incríveis.
Título Original: All The Bright Places
Autor: Jennifer Niven.
Ano: 2016
Editora: Seguinte.
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Anúncios

8 comentários sobre “| RESENHA | Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven.

  1. One Nolasco disse:

    Ola, esse livro foi complicado pra mim, foi bem arrastado no inicio, eu sempre vi muitas resenhas positivas e fui com muita expectativa, durante a leitura recebi a resenha de uma das colaboradoras do blog com um grande spoiler… e eu quero continuar a leitura por contado spoiler, quero saber o pq acontece aquilo? Mas, não ta fluindo pra mim, e fico triste pq é um livro que todos amam!!!
    Com carinho
    One
    https://onebooksoficial.blogspot.com.br/

    Curtir

  2. Gabriela disse:

    Fico feliz que a leitura tenha sido tão boa, e também por ser um dos melhores livros que você já leu, isso com certeza é fantástico. Eu ainda não li Por Lugares Incríveis, mas já o comprei, me dei de presente de aniversário, mas tenho alguns livros que quero ler primeiro. Porém, depois de ler sua resenha (a primeira que eu leio sobre este livro) estou pensando seriamente em lê-lo primeiro.

    Magia é Sonhar

    Curtir

  3. Camila Mondaini disse:

    Olá!
    Tenho muita vontade de ler esse livro e já vi que vou gostar muito da história.
    Adorei a resenha e fiquei curiosa para saber como vai se desenrolar a relação de Violet com Finch. Também gosto de narrativas duplas.

    beijinhos!

    Curtir

  4. Mirelle disse:

    Parece ser um livro muito amor, apesar da vida sofrida do Finch e da amargura da Violet após a perda da irmã. Gostei muito da sua resenha, sucinta e bem escrita. Quero ler esse livro faz um tempão e agora fiquei ainda mais curiosas, haha.

    Beijão ^^)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s