Jorgh Ancrath – O Príncipe Insano Da Trilogia Dos Espinhos

Oii gente. Estive pensando em uma série de coisas que mudam a vida dos leitores. Vários livros nos tocam de muitas maneiras pois cada um deles tem algo que nos faz sentir como especial. Uma dessas coisas são os personagens que fazem da nossa leitura especial pois nos fazem pensar no que viemos fazendo. E por esse motivo resolvi fazer uma série de post na categoria “Personagens Sensacionais”, para falar sobre essas magníficas personas criadas nos livros. Para inaugurar, escolhi um personagem afrontoso, cruel mas também lutador e sofrigo da Trilogia dos Espinhos. Jorg Honório Ancrath que nos mostra o que é crescer buscando vingança.

Quinze anos! Se estivesse com quinze anos não estaria devastando vilarejos!
Quando chegasse aos quinze anos já seria rei.
– Prince Of Thornes.

image

Para começar, se você acredita que todos os melhores personagens são bons e não tem distúrbios de personalidade para à quase psicopatia eu lhe afirmo que está redondamente enganado. Os melhores personagens são aqueles que nos fazem crer que são reais através defeitos e erros, mesmo, que às vezes pareçam tão hediondos que seu primeiro contato seja o de virar a cara. Pois esses, em grande maioria, pois possuem uma história maior que nos irá contar o os levou a serem assim.

Honório Jorg Ancrath é um desses personagens.

Em sua décima primavera, Jorg viu sua mãe e seu irmão serem brutalmente assassinados sem poder fazer absolutamente nada quanto a isso. Jogado aos arbustos de uma roseira-brava aos espinhos que lhe rasgavam a pele e inseriam o veneno, ouviu enquanto sua mãe era estuprada e seu irmão era em suas palavras “quebrado como um boneco”. Depois de uma dura recuperação, Jorg fugiu e anos mais tarde já estava liderando assassinos com um único objetivo de conseguir o que era seu por direito: o trono do império.

image

Sem um pingo de moralidade e piedade, Jorg faz aquilo que acha ser necessário e o que gosta para ter o respeito dos seus companheiros e conseguir os seus meios. Percebemos o quão claramente que Jorg não tem afeição à ninguém e que ele vê as pessoas a sua volta como um meio para chegar ao fim. Isto torna Jorg um inesperado personagem que afirma que categoricamente que não está procurando ser um herói. Ele fará de tudo pra conseguir o que quer.

Deixe um homem jogar xadrez e diga a ele que todos os peões são seus amigos. Diga que ambos os bispos são santos. Faça-o lembrar de dias felizes à sombra das torres. Deixe-o amar sua família e veja-o perder tudo.
– Prince Of Thornes.

O que mais me deixa impressionada com o Príncipe dos Espinhos é como ele realmente É tudo aquilo que diz ser depois que a vida e as roseiras bravas que lhe ensinou a trilhar esse caminho. Seus passos são guiados pelas sombras do passado e seu desejo de vingança é a maior causa de toda a escuridão que lhe torna tão insano. Jorg desitiu de acreditar em algo maior, para ele, sua família morreu e isso basta para saber que não existe nada maior que a justiça e lei dos homens.

Há algo frágil dentro de mim que se romperia antes de se curvar. Algo pontudo que perfura todas as palavras suaves que um dia eu possuí. Não creio que o Conde Renar tenha colocado uma arma dentro de mim no dia que mataram minha mãe – ele tão somente desambainhou a lâmina. Parte de mim ansiava por uma rendição, desejava aceitar o presente que Lundist me oferecia.
Eu decepei esse pedaço de minha alma que, por bem ou por mal, morreu naquele dia.
– Prince Of Thornes.

Mas apesar de toda a imperfeição que Jorg emana, existe um pingo, aquele 1% de humanidade no seu coração, que sera percebido com uma clareza maior em King Of Thornes. Na segunda obra da trilogia, Jorg está mais velho e consequentemente mais sábio. Ele se sente culpado, não pelas mortes que cometeu – a nescessidade e o prazer que retira delas é forte de mais para isso -, mas sim pelas pessoas que ao longo do caminho não conseguiu proteger como também pelas ações relacionadas ao império que teve que tomar.

Cada passo que Jorg da na jornada pela busca a se tornar imperador, é um passo a mais para a compreensão dos porquês do personagem. Jorg não tem medo, não tem dívidas ou dúvidas. Seu amadurecimento é a sua força e seu desejo de tornar supremo é sua espada. Jorg é um dos meus personagens favoritos, pois ele me mostra cada pedaço da humanidade, cada ferida, cada sentimento que nos torna quem somos e define quem queremos ser.

Eu não sou ele porque nós morremos um pouco todos os dias e gradualmente nascemos outra vez, homens diferentes, homens mais velhos com as mesmas roupas, com as mesmas cicatrizes.
– King Of Thornes.

Espero que tenham gostado.
Beijos
Jess.

Anúncios

9 comentários sobre “Jorgh Ancrath – O Príncipe Insano Da Trilogia Dos Espinhos

  1. Camila Mondaini disse:

    Oi Jess!
    Que livro forte é esse mulher?
    Fiquei bem curiosa para ver as imperfeições de Jorg e eu tenho a péssima mania de ver as coisas já imaginando o lado bom acontecendo e fiquei me perguntando quando seria que Jorg sairia da escuridão e deixaria a vingança de lado. Achei que a história tem um enredo bem interessante e mesmo estando lendo fantasias/distopias há pouco tempo, adoraria ter a chance de conhecer essa obra.

    beijinhos!

    http://leiturize-se.blogspot.com.br/

    Curtir

  2. Meirelle Almeida disse:

    Olá, Jess!
    Esse livro está na minha lista faz tempo. Também gosto de personagens assim, que não são bonzinhos, eles, realmente, nos parece mais real, palpável. Fico feliz em saber que Jorg é um desses, já vou ler o livro com mais vontade. Eles sempre têm um motivo pra agirem como ageme, geralmente, sempre acabam conquistando os leitores. Amei as fotos 😍😍😍
    Beijooos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s