Resenha | Muito mais que 5inco minutos – Kéfera Buckmann

 

Com apenas 22 anos, a curitibana Kéfera Buchmann já reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). São cinco milhões de assinantes só no seu canal no YouTube, “5inco minutos”, o quarto mais visto do Brasil. Ela recebe centenas de mensagens de fãs de todo o país diariamente e é sempre parada na rua. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como argumentam alguns estudiosos, hoje Kéfera equivale aos antigos astros globais. Com algumas diferenças, porém: enquanto aqueles atores e atrizes geralmente cultivavam um discurso de bons moços, Kéfera ficou conhecida por dizer o que pensa. E é daí, dessa sinceridade chocante e muitas vezes desbocada, que se alimenta o seu sucesso enorme. Muito mais que 5inco minutos traz essa Kéfera sem papas na língua, mas não é centrado na sua fase atual de youtubber popstar. O livro joga luz sobre uma Kéfera que nem todos os fãs conhecem, a Kéfera pré-fama. A menina super sensível que sofreu bullying em quase toda a infância e que, em vez de se dobrar, se tornando uma pessoa amargurada, se reinventou e ressurgiu como uma jovem forte e alegre que serve de exemplo para milhares de meninos e meninas. Kéfera fala desses momentos difíceis e também da sua relação tortuosa com a matemática, do seu primeiro beijo, de moda e de relacionamentos. Não faltam, claro, momentos hilários. E outros de deixar o coração apertado. Ou seja, Kéfera sendo mais Kéfera do que nunca.

image

    Bom, o que dizer desse livro? Já que ele é uma biografia, o que dizer da autora?

    Particularmente, eu não gosto muito do estilo da Kéfera Buckmann. (Tanto é que eu não sou inscrito em seu canal.)

    Admiro todo mundo que lê e escreve livros, mesmo que seja meio que moda hoje em dia Youtubers escrevem um, mas nao foi por isso que não gostei do livro dela.

    Bom,​ esse livro não me cativou de forma alguma, simplesmente por alguns motivos. Não curti a escrita dela. Me pareceu um tanto forçando demais. Algumas pessoas a admiram por ser autêntica e sincera (as vezes desbocada). Mas eu a achei forçada demais durante a narração. 

    Forçada a ser engraçada demais o tempo todo. Às vezes, durante a história, ela entra em contradição ou repetições, ao meu ver, desnecessárias. 

   O livro conta, em sua maior parte, a infância de Kéfera e seu problema com a matemática, o bullying dos colegas de classe, sua falta de autoestima e a briga com o espelho por estar muito acima do peso para a sua idade. Fala sobre os garotos que nunca olhavam para ela da forma que ela os olhava, e fala também sobre a “inveja” que ela tinha das outras garotas por serem o extremo oposto do que ela era: lindas, magras e loiras.

    Essa parte da garota feia que não se enturma com as pessoas da escola me parece meio clichê.

     O que eu mais gostei na história toda, foi o que ela fez para se aproximar do seu Crush. 

    Gente. Foi muito fofo aquilo. Muito mesmo. 

    Ela cria um perfil falso numa rede social e diz estar morando em outro país e o garoto se envolve com a personagem que ela cria. Mas chega a hora em que ela tem que contar a verdade a ele, e quando isso acontece, ele nao reage da melhor forma, depois conta tudo o que aconteceu aos colegas da escola e a zoação só piora.

    Nesse momento eu amei o livro. Ela foi muito delicada ao escrever essa parte. Mas não foram nem 7% do livro.  O resto me decepcionou. Como na parte em que ela conta sobre uma sessão de depilação em que uma fã pede para ficar com seus pelos da região íntima. Sinceramente, não achei nada interessante, e até mesmo desnecessário falar disso. 

image

    Quando chega aos 85% do livro, ela fala sobre a mudança na sua vida e como mudou seus hábitos alimentares e emagreceu. Fala também sobre sua autoestima e todo esse papo de se reinventar. 

    Eu super curto as pessoas se sobressaírem e mudarem para melhor, mas acho que ela não contou isso no livro da melhor forma, é como se ao terminar o parágrafo, você sentisse que faltava alguma coisa, sabe? Fica algo desconexo, uma ponta solta. 

    Aí, bem no fim, ela começa a contar, da forma mais resumida possível, o cemeço de sua carreira de sucesso no Youtube, mas para de repente, que é para criar um clima de curiosidade sobre o que vem a seguir.

Título: Muito mais que 5inco minutos

Autor: Kéfera Buckmann

Editora: Paralela

Ano de publicação: 2015

Avaliação: 🌟🌟


Anúncios

2 comentários sobre “Resenha | Muito mais que 5inco minutos – Kéfera Buckmann

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s