A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard – A Rainha Vermelha 01

Uma sociedade definida pelo sangue. Um jogo definido pelo poder.
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?  Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.

image

A Rainha Vermelha, embora tenha sido um livro que me surpreendeu em alguns pontos não foi uma história que eu tenha gostado por ser muito parecida com algumas no caminho. Qualquer pessoa que tenha lido Jogos Vorazes, A Seleção e Sombra e Ossos sabe exatamente do que estou falando. Não que elas sejam iguais, mas que pontos importantes dos livros foram inseridos no contexto do livro.

Mare, a personagem principal também não caiu nas minhas graças. Eu a achei chata e as vezes muito ingênua onde tinha raiva da personagem a ponto de querer entrar no livro só para bater nela. Mas não posso negar que algumas das vezes eu ficava ou triste ou feliz pela personagem, e nas cenas contra Evangeline (sua grande rival) torcia por ela. Os poderes de Mare, seu controle de eletricidade, se mostraram crescentes e que com certeza virão a se tornar um dos mais fortes do seu mundo.

A característica mais marcante de A Rainha Vermelha é provavelmente a escrita rápida  e sem muita enrolação da autora. Alguns pontos ficaram maus desenvolvidos, mas acho que se um dia eu ler os próximos livros da série, eles deveram ser mais bem trabalhados. Mas algumas coisas foram bem chamativas durante a leitura, principalmente o sentimento de revolta que o mundo divido traz a nós e que como, infelizmente, ele remete ao nosso mundo de verdade.

A Rainha Vermelha foi um livro que me decepcionou pelo tanto que havia falado dele. Mas acredito que exista muita gente que vai gostar, afinal, gosto é relativo. Espero que todos que leiam tenham uma experiência melhor que a minha.

Titulo Original: The Red Queen
Autora: Victoria Aveyard
Ano: 2014
Editora: Seguinte
Avaliação: 🌟🌟

Anúncios

2 comentários sobre “A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard – A Rainha Vermelha 01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s