Almanova – Jodi Meadows – Trilogia Incarnate – Livro Um.

Primeiro livro bem impressionante da Trilogia Incarnate. Desde o início do ano eu estava procurando um bom livro de ficção para ler e quando ouvi falar em Almanova fiquei bastante animada para começar a ler os livros. Mas como sempre, quando eu tive a oportunidade de ler a história acabei deixando para depois e depois sempre pegando outro livro no lugar. Até que anteontem peguei o livro para ler e não estou insatisfeita com a escolha.

image

Ana é uma almanova. Por milhares de anos, em Range, as almas reencarnaram em processo contínuo, evolutivo,conservando as memórias e experiência de vidas passadas. Quando Ana nasceu, porém, outra alma desapareceu, e isso se tornou um mistério…

SEM-ALMA

A própria mãe acredita que Ana é uma sem-alma, um presságio de que o pior está por vir, por isso, decidiu afastá-la do convívio social. Para escapar da reclusão e descobrir se reencarnará. Ana partirá em uma jornada até a cidade de Heart.

Contudo, os moradores temem sua presença e o que ela significa. Quando dragões e sílfides atacam a cidade, poderá Ana ser responsabilizada pelo infortúnio?
HEART

Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e importante. Quando ele passa a defendê-la, o relacionamento floresce. Mas será que Sam pode amar uma pessoa que viverá apenas uma vida? Será que os inimigos de Ana (seres humanos e criaturas mitológicas) permitirão que fiquem juntos? Ana precisa desvendar o erro que lhe deu a vida de outra pessoa, mas será que essa busca ameaçará a paz de Heart e destruirá a promessa de reencarnação para todos?

image

A leitura de Almanova foi fácil. Do tipo fluído e sem muita enrolação como acontece em vários livros. Sempre havia uma riqueza de detalhes que a autora conseguia expressar muito bem sobre os sentimentos de Ana. Gosto desse tipo de livro mais bem trabalhado na questão do que o personagem tem a dizer sobre o que sente no momento, mas senti um pouco de falta nos detalhes sobre as cenas: lugares e reações dos outros personagens. Isso dificulta um pouco, pelo menos para mim, eu me sentir dentro do livro e vendo a cena se desenrolar na minha frente.

Os personagens, em suma, são oito ou oitenta. Existe aqueles que você gosta de cara como Stef e outros que você detesta como Li. Mas cada um, a sua maneira, apresenta características que os fazem soar reais. Imperfeitos, em pequenos detalhes, que mesmo custando a serem percebidos acabam por dar a eles o toque verossímil tão importante para a construção da história.

Descrito de cabelos escuros, barba por fazer e braços fortes, Sam é um jovem adolescente de cinco mil anos que tem amor pela música e que acredita que Ana é muito mais que um erro ou uma sem-alma. Carismático, Sam não é do tipo que me faz suspirar por ser doce de mais, mas com certeza não fez ter um nojinho básico dele pela mesma razão, isto porque mesmo parecendo em excesso, existe muita verdade embaixo do que ele sente ou no que mostra sentir.

image

Ana é descrita como ruiva (porque sempre ruivas?), cheia de sardas e de corpo mignion, é uma das personagens mais impulsivas que já me deparei e exatamente por isso que não entendo muito por que gosto dela. Sempre fui mais fã de personagens que cauculam tudo a lá Sherlock Holmes, mas de alguma forma, Ana ser tão fechada e impulsiva a sua maneira de ver a vida, faz que não só eu goste dela como eu a entenda e internamente a incentive.

Ana é extremamente desconfiada por ter sido maltratada por sua mãe a vida inteira. Li não só a maltratava como lhe ridicularizava, fazendo com que sempre esteja com um pé atrás não em relação a se proteger fisicamente como se proteger mentalmente das pessoas. Sempre esperando que elas rissem ou zombassem dela.

“Talvez me observar fosse como observar um gatinho recém-nascido, cego e miando, pedindo ajuda, comida e amor. Bonitinho, mas inútil. Pequenas vitórias, como encontrar o leite da mãe, recebiam elogios.”

image

Ana também tem medos e curiosidades sobre Heart relacionados não só as pessoas mas também a própria cidade. Coisas que ela não entende do porque, mas que estão lá mesmo que não haja examente uma explicação. Um exemplo disso é o templo no meio da cidade considerado por todos reconfortante, mas que dá a ela sensação de medo.

“Eu odiava o templo. Por causa do meu instinto, desde a primeira vez que o vi e senti que estava olhando para mim, e depois quando senti a pulsação através dos muros da cidade. Uma pedra não deveria ter um coração batendo.”

Almanova é um livro muito interessante e novo. Especialmente novo. Tenho certeza que para Almanegra e Infinita (próximos volumes da série) muitos segredos me aguardam. Livros que estou maluca para ler.

Título: Almanova.
Titulo original: Incarnate.
Autora: Jodi Meadows.
Editora: Valentina.
Ano: 2013
Tempo de leitura: Dois dias.
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

Anúncios

Pecados No Inverno – Lisa Kleypas – As Quatro Estações do Amor – Livro Três

image

Quatro jovens damas da sociedade londrina procuram um bom partido. Chega a vez de Evangeline Jenner, a mais tímida, mas também a mais rica, logo que cobre a sua herança. Para escapar às garras da família, Evie pede ajuda a Sebastian, Lorde St. Vincent, um conhecido libertino, fazendo-lhe uma proposta irrecusável: que se case com ela, trocando riqueza por proteção. Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite de núpcias, os dois não voltarão a encontrar-se na intimidade, pois Evie não quer ser mais um coração partido na longa lista de conquistas de Sebastian. A Sebastian resta esforçar-se mais para a seduzir… ou entregar finalmente o coração, em nome do verdadeiro amor.

Ainda estou apaixonada pela escrita de Lisa Kleypas e não sei porque diabos nunca tinha ouvido falar nessa moça antes. Os livros dela são fantásticos e embora eu ainda goste mais de Era Uma Vez No Outono do que deste último, o livro não foi ruim, mas maravilhoso.

Pecados No Inverno assim como os outros livros da serie é bem escrito e cheio de personalidade. Achei incrível o modo como as coisas foram se desenrolando no decorrer da história mesmo que não fosse algo exatamente incomum; um casamento por conveniência onde os noivos se apaixonaram. Mas o xis da questão é que eles não se odiavam no começo ou mesmo sentiam uma repulsa gigantesca um pelo outro e também não havia aquela atração desmensurada. Isso tudo, faz do livro que podia ser tão cliché se tornar uma coisa nova.

Evie é uma moça de personalidade que só é timida pelo modo como foi tratada a vida toda. Dona de uma beleza recatada e ao mesmo tempo sensual, a mulher tem fibra na hora de decidir o que quer. Evie seria o tipo de pessoa que eu odiaria de cara, mas nesse novo modo de fazer livro de Kleypas, tornou a timida moça em um exemplo de perseverança. Sua relação com Sebastian mostra que por mais que seja inocente no que diz respeito a paquera, também burra ou submissa a ele.
Sebastian é um homem que de início parece não valer o que come. Tendo figurado anteriormente em Era Uma Vez No Outono no rapto de Lillian Bowman, toma-se ele como um personagem sem escrúpulos e disposto a tudo por dinheiro (não sendo a toa que se casou por causa da herança de Evie). Mas no fim das contas, percebe-se uma evolução em Sebastian, desde o modo como via as pessoas a sua volta a vista sobre a esposa.

Livro incrível e cheio de rerivoltas, Pecados No Inverno é um romance digno de ser lido.

Título: Pecados No Inverno – As Quatro Estações do Amor.
Título Original: The Devil In Winter – The Wallflowers
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2006
Tempo de Leitura: Dois dias
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟

Primeira Tag – Liebster Award.

Oi gente! Feliz pela primeira tag que fui marcada aqui no blog pela Parabatai Books e estou muito feliz em fazê-la. Obrigado flor.

image

A tag consiste em:
*Escreva fatos sobre você.
*Responda ás perguntas de quem te indicou.
*Indique 11 a 20 blogs com menos de 200 seguidores.
*Faça 11 perguntas para quem indicar.
*Coloque a imagem do selo Liebster Award.
*Link de quem te indicou.

image

Fatos sobre mim.

– Nasci de cabelos pretos mas fiquei loira.
– Moro em São Luís mas minha terra natal é Manaus.
– Sou do signo de touro.
– Quero estudar letras e ser editora.
– Sou apaixonada por música brasileira de todos os tipos.
– Gosto de animes, mas não vejo muito.
– Não coleciono marcadores.
– Leio mais em PDF.
– Gosto de jogos de tiro como C. S. e Leaf4Dead. 
– Tenho medo de altura.

As Perguntas da Parabatai Books.

1- Qual o seu animal favorito?
– Gato.

2- Qual o seu autor(a) favorito(a)?
– J. K. Rowling (Harry Potter)

3- O que você mais gosta de fazer (não vale dizer “ler”)?
Assistir filme.

4- O que te chama atenção em uma história?
Ela ser bem escrita e ter uma lógica muito boa.

5- Se você pudesse voltar ao passado o que iria fazer?
– Iria conhecer o Leonardo Da Vinci.

6- Qual livro você quer muito ler?
– Trono de Vidro – A Herdeira do Fogo.

7- Qual o seu maior sonho?
– Publicar meus livros.

8- O que você gosta de escutar?
Cazuza, Roberto Carlos e Legião Urbana.

9- Você coleciona alguma coisa (não vale livros)? O que?
Desenhos.

10- Qual o seu maior vício?
De fazer é ler, mas também amo escrever e café na medida.

11- Você assisti alguma série?
Big Bang – A Teoria.

Perguntas aos blogs que escolhi marcar.

1. Qual seu maior desejo?
2. Qual seu gênero favorito?
3. O que você odeia em um livro?
4. Maior passatempo quando você não está lendo?
5. Qual tipo de música você mais gosta?
6. Qual livro que todo mundo ama e você não?
7. Você faz coleção?
8. Qual sua comida favorita?
9. Se você pudesse entrevistar um auto qual seria?
10. Qual sua frase favorita?
11. Que personagem você mais gosta de uma série de TV?

Marco Os Blogs.

Ironia das Capas
Book On The Table
Perdida Nos Livros
Up Literário
Papo Com Livros
Livraison Livros
Livro Em Flores
Livros Cinema
Castelos Literários
Sentimento Literário
Deixa Que Eu Te Conto.
Faminta Por Leitura

Bem gente.
Marquei esses blogs na Tag.
Fiquem a vontade.
Keth, obrigado por me marcar mais uma vez.
Beijos pessoas.

Feitiço – Saga Encantadas – Livro Dois.

image

Feitiço – Cuidado com o que você deseja!

Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades. Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!
Palavra da editora: Nada é o que parece no segundo volume da saga encantadas! Em Feitiço, Cinderela, com seu desejo desmensurado de fazer parte da realeza, fará qualquer coisa para obter atenção do príncipe. Mas seria mesmo este um final feliz? – Mariana Rolier

No segundo livro da saga Encantadas de Sarah Pinborough nos deparamos com uma mimada e egoísta Cinderela de cabelos ruivos. Pois é. Ruivos.

Assim como Veneno, Feitiço vai nos contar a mesma história até certo ponto com personagens de caracteristicas diferentes. Mas então, teremos uma reviravolta que pode nos levar ou não ao destino que esperamos. Fiquei feliz com o desenvimento apresentado por Sarah. Não é aquele tipo de livro que faz você suar pincas ou se emocionar para caramba e nem acho que a autora queria que fosse, mas é o tipo de livro que te faz querer chegar lá no final para descobrir que fim vai levar tudo.

Sarah tem um jeito único de escrever. Não sendo um livro de muitos diálogos, a autora deixa um espaço para os sentimentos e pensamentos do personagem narrante. Um livro feito desse modo, soa para mim, muito mais bem construído e interessante. Poucas página em uma gama infinita de elementos.

Cinderela é uma das personagens mais antipáticas e cinicas que já conheci. Mas mesmo assim, sinto uma coisa por ela que não é… como eu posso dizer… ruim. Por mais que ela seja antipática tenho certa afeição pela personagem porque isso a torna próxima do humano. Personagens como Cinderela, por errarem feio ou serem gananciosas de mais simboliza o mesmo tipo de pessoas que você pode encontrar na esquina. O que me faz amar ainda mais esse livro. Essa capacidade de Sarah de tirar o que nós achamos que sabemos sobre um determinado personagem e transformar ele em outra completamente diferente.

Impressionante e bem estruturado, Feitiço de Sarah Pinborough é um livro engenhoso que todo mundo que tenha um pouco de luxuria e sagacidade deve ler.

Título: Feitiço – Encantadas – Livro 2.
Titulo Original: Charm – Enchanteds – Book 2.
Autora: Sarah Pinborough
Editora: Única
Ano: 2013
Tempo de Leitura: 4h
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟

Veneno – Sarah Pinborough – Saga Encantadas – Livro 01

image

“Sexy, sarcástico e de prender a respiração! Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos! Não existe “Felizes para sempre”! Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativam por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!”.

Realmente me fez repensar em meus vilões. “Veneno” da saga Encantadas de Sara Pinborough foi uma leitura fantástica. Repleta de reviravoltas e personagens bem diferentes do imaginado.

O livro de Pinborough é no mínino bem escrito. Um livro em que cada palavrinha, cada virgula, cada expressão que se encaixava perfeitamente no proposto pela autora. Não é um livro que tenha muitos diálogos em suas parginas. Ha mais daquele texto cru que procura mostras que as palavras ditas não são necessariamente as pensadas.

Lilith, a rainha má, é de longe a personagem que mais gostei. A descrição dela me lembra muito a da personagem de Charlize Theron em Branca de Neve e o Caçador, mas com toda certeza é só isso.

“Ela era linda. Seus cabelos eram como o gelo nas paredesíngremes dos Montes Ermos. Seus lábios em forma de coração eram como os botões de rosa dos ramos mais altos da roseira, e os olhos eram tão azuis e frios que doía só de olhar para eles.”

Mas o mais impressionante era que a megera não é exatamente uma megera. Mas sim uma jovem mulher infeliz que usa da beleza para conseguir poder e que fica aterrorizada com a ideia de que uma mais bela tenha mais desse poder que ela.

“Em menos de quinze minutos, Lilith, com toda sua grande beleza, tinha sido esquecida, e ela se retirou discretamente e aliviada, forçando-se amanter o passo firme em vez de começar a correr assim que atravessasse as portas”

Já a Branca de Neve não foi e ainda não é uma personagem que eu goste muito embora ela seja melhor do que as outras personagens que figuraram no cinema ou nos livros como ela ou levando seu apelido. Branca, aqui, é uma jovem cheia de vida e selvagem. Mas não é uma personagem no raiar da inocência. Dá para ver malícia em seus gesto. Tanto para o lado malvado da coisa quanto para a sensualidade envolvida na questão.

“Ele ainda não estava pronto para falar sobre ela, seu charme selvagem, sua habilidade sobreum cavalo, o jeito como nadava livre e nua no lago.”

Um livro surpreendente e sagaz, “Veneno” foi tudo aquelo que eu não esperava. Um clássico como Branca de Neve quando transformardo normalmente nos mostra a garotinha ingênua e indefesa que se transforma na heroína que vai ser a salvadora de geral. Mas quando Sarah escreveu esse livro provavelmente ela tinha em mente esse pressuposto. E então retirou de mim tudo que eu achava que sabia que acontecer e me deu um grande tapa na cara dizendo “OTÁRIA.”

Um livro inesquecivel que com toda certeza me deixou com um sabor irresistível de quero mais.

Título: Veneno – Encantadas – Livro Um.
Título Original: Pouison – Enchanteds – Book One.
Autora: Sarah Pinborough.
Ano: 2013
Editora: Única.
Tipo: Ficção.
Tempo de Leitura: 3h30 aproximadamente.
Avaliação: 🌟🌟🌟🌟🌟